Prednisolona + Neomicina + Sulfacetamida

DCI com Advertência na Gravidez DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
Antibacterianos.
Usos comuns
Afeções oculares que apresentem um carácter infecioso e inflamatório, tais como:
- conjuntivites microbianas,
- conjuntivites alérgicas infetadas,
- querato-conjuntivites,
- uveites,
- esclerites,
- episclerites,
- blefarites.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
A neomicina isolada está recomendada no tratamento de queratites causadas por Acanthamoeba.

Porém, a associação de antibacterianos a corticosteroides é uma prática que deve ser desencorajada e limitada a situações bem identificadas e acompanhada por oftalmologista.
Classificação CFT
15.01.01     Antibacterianos
Mecanismo De Ação
A neomicina é um antibiótico cujo espetro antibacteriano habitual abrange as enterobactérias, o staphylococcus aureus, meningococcus, gonococcus, citrobacter, shigella, salmonelas, klebsiellas, yersinias, campylobacter, brucella, hemophyllus, bordatella, pasteurella saptica, francisella tularensis, listeria, corynebacterium diphteriae, bacillus abthracis.

O mecanismo de ação deste antibiótico baseia-se na inibição da síntese das proteínas bacterianas, resultando no aparecimento de proteínas anormais que não são funcionais.

A prednisolona é um glucocorticoide, com ação anti–inflamatória esteroide.

Os efeitos biológicos da ação anti-inflamatória traduzem-se essencialmente na inibição da permeabilidade vascular que permite uma chamada dos glóbulos brancos para o local da inflamação e numa inibição dos fenómenos moleculares relacionados com a ativação dos glóbulos brancos e a sua adesão às células endoteliais.

A sulfacetamida tem uma ação bacteriostática e antissética.

Atua por antagonismo competitivo do ácido para-aminobenzóico, impedindo a incorporação do mesmo no ácido fólico.
Posologia Orientativa
A posologia deve ser instituída pelo médico especialista de acordo com as necessidades de cada caso.
Contudo, a posologia média aconselhada é a de se aplicar uma pequena porção 2 a 3 vezes ao dia, no saco conjuntival (espaço entre o olho e a pálpebra).
Administração
Sem informação.
Contraindicações
Hipersensibilidade às substâncias ativas.
Queratite herpética ou micósica, tuberculose ocular e antecedentes pessoais ou familiares de glaucomatosos.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
O aparecimento de eventuais reações alérgicas de hipersensibilidade às substâncias ativas ou a algum dos componentes pode acontecer, pelo que se recomenda, nestes casos, a suspensão da terapêutica.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez.
Precauções Gerais
Como em todas as preparações oftálmicas contendo corticosteroides, o seu uso prolongado deve ser seguido pelo médico.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
Aplique apenas uma única dose assim que se lembrar e retome em seguida o esquema habitual de acordo com a posologia prescrita pelo médico.

Não aplique uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de aplicar.
Cuidados no Armazenamento
Não conservar acima de 25°C.Manter a bisnaga bem fechada dentro da embalagem exterior para proteger da luz e da humidade.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Utilizar sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 10 de Março de 2016