Potássio

O que é
O potássio é o principal catião (ião positivo) dentro das células animais, enquanto que o sódio é o maior catião fora das células animais. As diferenças de concentração destas partículas carregadas causam uma diferença no potencial elétrico entre o interior e o exterior das células, conhecido como potencial de membrana. O equilíbrio entre potássio e sódio é mantido por bombas de íons na membrana celular. O potencial da membrana celular criado por íons potássio e sódio permite que a célula gere um potencial de ação - um "pico" de descarga elétrica. A capacidade das células de produzir descarga elétrica é crítica para funções corporais, tais como neurotransmissão, contração muscular e função cardíaca. O potássio é também um mineral essencial necessário para regular o balanço hídrico, a pressão arterial e os níveis de acidez.
Usos comuns
O potássio é usado para regular a hipocalemia como uma condição primária ou secundária a outras condições médicas.
Tipo
Molécula pequena.
História
Sem informação.
Indicações
O potássio é usado para regular a hipocalemia como uma condição primária ou secundária a outras condições médicas.
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
O potássio é o principal catião (ião positivo) dentro das células animais, enquanto que o sódio é o maior catião fora das células animais. As diferenças de concentração destas partículas carregadas causam uma diferença no potencial elétrico entre o interior e o exterior das células, conhecido como potencial de membrana. O equilíbrio entre potássio e sódio é mantido por bombas de íons na membrana celular. O potencial da membrana celular criado pelos íons potássio e sódio permite que a célula gere um potencial de ação - um "pico" de descarga elétrica. A capacidade das células de produzir descarga elétrica é crítica para funções corporais, tais como neurotransmissão, contração muscular e função cardíaca. O potássio é também um mineral essencial necessário para regular o balanço hídrico, a pressão arterial e os níveis de acidez.
Posologia Orientativa
Sem informação.
Administração
Contraindicações
Sem informação.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Sem informação.
Advertências
Precauções Gerais
Sem informação.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Sem informação.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Quinapril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Fármacos que aumentam o potássio sérico: O quinapril como inibidor da enzima de conversão da Angiotensina tende a baixar os valores da aldosterona, o que por sua vez, pode resultar numa retenção de potássio. O tratamento concomitante com quinapril e diuréticos poupadores de potássio, com suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, deve ser efectuado com a maior precaução e monitorização adequada dos níveis de potássio sérico, especialmente em doentes com insuficiência renal, dado que devido a uma redução da produção de aldosterona, o quinapril causa frequentemente um aumento do potássio sérico.

Azilsartan medoxomil + Clorotalidona + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Precaução necessária com a utilização concomitante: Suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio e outras substâncias que podem aumentar os níveis de potássio: Com base na experiência do uso de outros medicamentos que afetam o SRAA, a utilização de Azilsartan medoxomil / Clortalidona com suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio ou outros medicamentos que podem aumentar os níveis de potássio (por ex. heparina) pode originar aumentos do potássio sérico em doentes hipertensos.

Cilazapril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Interações relacionadas principalmente com o CILAZAPRIL: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio: Embora o potássio sérico permaneça geralmente dentro dos limites normais, pode ocorrer hipercaliemia em alguns doentes tratados com cilazapril. Os diuréticos poupadores de potássio (por ex. espironolactona, amilorida ou triamtereno), suplementos de potássio ou os substitutos do sal contendo potássio podem levar a aumentos significativos do potássio sérico. Por conseguinte, a associação de cilazapril com os fármacos acima mencionados não é recomendada. Caso a utilização concomitante seja indicada devido a hipocaliemia observada, estes devem ser administrados com precaução e o potássio sérico deve ser monitorizado frequentemente.
 Multiplos efeitos Terapêuticos/Tóxicos

Neomicina + Potássio

Observações: N.D.
Interações: A Neomicina diminui a absorção e, por vezes, aumenta a excreção de diversos nutrientes, a exemplo de hidratos de carbono (sobretudo lactose, sacarose), gorduras (por lesão da mucosa do intestino delgado, com diarreia e, se for prolongada, com menor absorção de vitaminas lipossolúveis), cálcio, ferro, magnésio, potássio, sódio, azoto, ácido fólico e vitaminas A, B6, B12, D, E e K. A Neomicina destrói parte da flora bacteriana normal, levando a diarreia, micoses oportunistas, inclusive vaginais. A suplementação com flora bacteriana normal (Lactobacillus acidophilus, Bifidobacterium bifidus, Bifidobacterium longum, e Lactobacillus casei, Saccharomyces boulardi, Saccharomyces cerevesiae), na dose de um bilião de organismos por dia, bem como a vitamina K são aconselhadas.

Captopril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: CAPTOPRIL: Diuréticos poupadores de potássio ou suplementos de potássio: Os inibidores ECA atenuam a perda de potássio induzida por diuréticos. Os diuréticos poupadores de potássio (por exemplo espironolactona, triantereno ou amiloride), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem conduzir a aumentos significativos do potássio sérico. Se a utilização concomitante estiver indicada devido a hipocaliemia demonstrada, devem ser utilizados com precaução e com monitorização frequente do potássio sérico.

Tacrolímus + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Outras interações que originaram efeitos clínicos prejudiciais: Como o tratamento com tacrolímus pode estar associado com hipercaliémia, ou aumentar a hipercaliemia pré-existente, deve evitar-se a administração de doses elevadas de potássio, ou de diuréticos poupadores de potássio (por exemplo, amilorida, triamtereno e espironolactona).
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Lisinopril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio ou substitutos do sal contendo potássio: Embora nos ensaios clínicos o potássio sérico permaneça geralmente dentro dos limites normais, registou-se hipercaliemia nalguns doentes. Os factores de risco para o desenvolvimento de hipercaliemia incluem insuficiência renal, diabetes mellitus e o uso concomitante de diuréticos poupadores de potássio (por ex. espironolactona, triamtereno ou amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal que contenham potássio. O uso de suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio ou substitutos do sal que contenham potássio, particularmente em doentes com comprometimento da função renal, pode levar a um aumento significativo do potássio sérico. Se lisinopril for administrado com um diurético espoliador de potássio, a hipocaliemia induzida pelo diurético pode ser minimizada.

Perindopril + Indapamida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Ligadas ao PERINDOPRIL: Uso concomitante não recomendado: Diuréticos poupadores de potássio (espironolactona, triamtereno, em monoterapia ou associados), potássio (sais de): Os IECAs atenuam a perda de potássio induzida por diuréticos. Diuréticos poupadores de potássio: Tais como espironolactona, triantereno ou amilorida, suplementos de potássio ou potássio contendo sais substitutos podem provocar aumentos significativos do potássio sérico (potencialmente fatal). Se o uso concomitante for indicado devido a uma hipocaliemia documentada deve ser usado com precaução e com frequente monitorização do potássio sérico e por ECG.

Telmisartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Medicamentos que podem aumentar os níveis de potássio ou induzir hipercaliemia (como, por exemplo, IECAs, diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, ciclosporina ou outros medicamentos como a heparina de sódio): Se estes medicamentos forem prescritos com a associação telmisartan / hidroclorotiazida, recomenda-se a monitorização dos níveis plasmáticos de potássio. Com base na experiência obtida com outros medicamentos que bloqueiam o sistema renina-angiotensina, o uso concomitante dos medicamentos acima mencionados pode conduzir a um aumento do potássio sérico pelo que, não é recomendado.

Aliscireno + Potássio

Observações: O aliscireno não inibe as isoenzimas CYP450 (CYP1A2, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 2E1 e 3A). O aliscireno não induz a CYP3A4. Assim não se espera que o aliscireno afete a exposição sistémica de substâncias que inibam, induzam ou sejam metabolizadas por estas enzimas. O aliscireno é pouco metabolizado pelas enzimas do citocromo P450. Assim, não são de esperar interações devidas a inibição ou indução das isoenzimas do citocromo CYP450.
Interações: O uso concomitante de outros agentes que afetam o SRAA, de AINE ou de agentes que aumentam os níveis de potássio sérico (p. ex.: diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, heparina) podem levar a aumentos da caliemia. Aconselha-se prudência, caso a comedicação com um agente que afete o nível de potássio sérico seja considerada necessária.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Eprosartan + Potássio

Observações: Foi demonstrado in vitro que o eprosartan não inibe as isoenzimas CYP1A, 2A6, 2C9/8, 2C19, 2D6, 2E e 3A do citocromo P450 humano.
Interações: Considerando que nos estudos clínicos controlados por placebo foram observadas concentrações elevadas de potássio sérico de modo significativo e, com base na experiência de utilização de outros fármacos que afetam o sistema renina-angiotensina aldosterona, o uso concomitante com diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio e outros fármacos que possam aumentar os níveis de potássio sérico (p. ex. heparina) pode originar um aumento do potássio sérico.

Amlodipina + Valsartan + Potássio

Observações: Não foram realizados estudos de interação medicamentosa com Amlodipina / Valsartan e outros medicamentos.
Interações: Interações associadas ao VALSARTAN: Utilização concomitante não recomendada: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio e outras substâncias que possam aumentar os níveis de potássio: Se um medicamento que afete os níveis de potássio for prescrito em associação ao valsartan é aconselhável a monitorização dos níveis plasmáticos de potássio.

Lisinopril + Amlodipina + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Interações relacionadas com o LISINOPRIL: Suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio ou substitutos do sal contendo potássio: Embora nos ensaios clínicos o potássio sérico tenha permanecido geralmente dentro dos limites normais, ocorreu hipercaliemia em alguns doentes. Os fatores de risco para o desenvolvimento de hipercaliemia incluem insuficiência renal, diabetes mellitus e utilização concomitante de diuréticos poupadores de potássio (p. ex., espironolactona, triamtereno ou amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio. A utilização de suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, especialmente em doentes com alteração da função renal, pode causar um aumento significativo do potássio sérico. Se o lisinopril for administrado com um diurético expoliador de potássio, a hipocaliemia induzida pelo diurético pode ser atenuada.

Quinapril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Agentes promotores do potássio sérico: O quinapril como Inibidor da Enzima de Conversão da Angiotensina tende a baixar os valores da aldosterona, que por sua vez, resulta numa retenção de potássio. Devido a este facto, estando indicado o tratamento concomitante de quinapril e suplementos de potássio ou substitutos do sal que contenham potássio, recomenda-se precaução no seu uso e monitorização adequada do potássio sérico. Como Quinapril / Hidroclorotiazida contém um diurético, não se aconselha a adjunção de diuréticos poupadores de potássio.

Azilsartan medoxomilo + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Precaução necessária com a utilização concomitante: A utilização concomitante de diuréticos poupadores do potássio, suplementos do potássio, substitutos de sal contendo potássio ou outros medicamentos (por exemplo, heparina) pode aumentar os níveis séricos do potássio. A monitorização do potássio sérico deve ser efectuada conforme necessário.

Eprosartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Interações potenciais relacionadas com o EPROSARTAN: Administração concomitante não recomendada: Medicamentos que afetam os níveis de potássio: De acordo com a experiência com outros medicamentos que afetam o sistema renina- angiotensina, a utilização concomitante de diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio ou outros medicamentos que possam aumentar os níveis de potássio sérico (tais como heparina ou inibidores ECA) pode conduzir a aumentos do potássio sérico. É recomendada a monitorização dos níveis de potássio sérico quando são prescritos medicamentos que afetam os níveis de potássio sérico em combinação com o Eprosartan / Hidroclorotiazida. Os dados de ensaios clínicos têm demonstrado que o duplo bloqueio do sistema renina- angiotensina-aldosterona (SRAA) através do uso combinado de inibidores da ECA, antagonistas dos recetores da angiotensina II ou aliscireno está associado a uma maior frequência de acontecimentos adversos, tais como hipotensão, hipercaliemia e função renal diminuída (incluindo insuficiência renal aguda) em comparação com o uso de um único fármaco com ação no SRAA.

Amlodipina + Valsartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Utilização concomitante NÃO RECOMENDADA: VALSARTAN: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio e outras substâncias que possam aumentar os níveis de potássio: Se um medicamento que afete os níveis de potássio for considerado necessário em associação ao valsartan é aconselhável a monitorização frequente dos níveis plasmáticos de potássio.

Electrólitos + Hidroxietilamido + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Medicamentos que provocam retenção de potássio ou sódio: Deve ser ponderada a administração concomitante de medicamentos que possam provocar retenção de potássio ou sódio.

Aliscireno + Amlodipina + Potássio

Observações: Não foram realizados estudos de interação de Aliscireno + Amlodipina com outros medicamentos. Apresenta-se a informação conhecida sobre interações com outros medicamentos para as substâncias ativas individualmente. A administração conjunta de aliscireno e amlodipina não provoca alterações significativas na exposição farmacocinética no estado estacionário (AUC) e na concentração máxima (Cmax) de ambos os componentes em voluntários saudáveis.
Interações: O uso concomitante de outros agentes que afectam o SRAA, de AINE ou de agentes que aumentam os níveis de potássio sérico (p. ex.: diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, heparina) podem levar a aumentos da caliemia. Aconselha-se prudência, caso a comedicação com um agente que afete o nível de potássio sérico seja considerada necessária.

Sacubitril + Valsartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Interações que requerem precauções: Potássio: O uso concomitante de diuréticos poupadores de potássio (triamtereno, amilorida), antagonistas mineralocorticoides (p. ex. espironolactona, eplerenona), suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio ou outros fármacos (tais como heparina) podem levar a aumentos do potássio sérico, e ao aumento da creatinina sérica. É recomendada a monitorização do potássio sérico se Sacubitril / Valsartan for coadministrado com estes fármacos.
 Sem significado Clínico

Amlodipina + Candesartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: A utilização concomitante de diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio ou outros medicamentos (por ex., heparina) pode aumentar os níveis de potássio. A monitorização do potássio deve ser realizada quando apropriado. As substâncias ativas investigadas nos estudos de farmacocinética clínica incluem a hidroclorotiazida, varfarina, digoxina, contracetivos orais (i.e., etinilestradiol/levonorgestrel), glibenclamida, nifedipina e enalapril. Não foram identificadas interações farmacocinéticas clinicamente significativas com estes medicamentos.

Trandolapril + Verapamilo + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Associações não recomendadas: Diuréticos poupadores de potássio ou suplementos de potássio: Os inibidores ECA atenuam a perda de potássio induzida pelos diuréticos. Diuréticos poupadores de potássio, como a espironolactona, triamtereno ou amilorida, suplementos de potássio ou substitutos do sódio contendo potássio podem levar a aumentos significativos dos níveis séricos de potássio, particularmente na presença de uma insuficiência renal. Se, devido a uma hipocaliemia comprovada, o uso concomitante desses medicamentos estiver indicado, devem ser usados com precaução e com vigilância frequente dos níveis séricos de potássio.

Zofenopril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Associações não recomendadas: Diuréticos poupadores de potássio ou suplementos de potássio: Os inibidores da ECA atenuam a perda de potássio induzida pelos diuréticos. Os diuréticos poupadores de potássio, como a espironolactona, Triamtereno ou amilorida, suplementos de potássio ou substitutos de sais contendo potássio, podem conduzir a aumentos significativos do potássio sérico. Se o uso concomitante estiver indicado, devido a hipocaliémia descrita, devem ser usados com cuidado e com monitorização frequente do potássio sérico.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Perindopril + Indapamida + Amlodipina + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Medicamentos indutores de hipercaliemia: Alguns medicamentos ou classes terapêuticas podem aumentar a ocorrência de hipercaliemia: aliscireno, substitutos do sal contendo potássio, diuréticos poupadores de potássio, IECAs, antagonistas dos recetores da angiotensina II, AINS, heparinas, fármacos imunossupressores como a ciclosporina ou tacrolimus, trimetroprim. A combinação destes três medicamentos aumenta o risco de hipercaliemia.

Benazepril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio ou substitutos de sal contendo potássio (por exemplo: espironolactona, triamtereno, amilorida, eplerenona): Aumento significativo do potássio sérico, especialmente em doente com insuficiência renal.

Lisinopril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Suplementos de potássio, diuréticos poupadores de potássio e substitutos do sal que contêm potássio: Os efeitos depletores de potássio dos diuréticos tiazídicos são normalmente atenuados pelo efeito poupador de potássio do lisinopril. A utilização de suplementos de potássio, agentes poupadores de potássio ou substitutos de sal contendo potássio, pode levar a um aumento significativo do potássio sérico, particularmente em doentes com comprometimento da função renal ou diabetes mellitus. Se é necessária a utilização concomitante de Lisinopril / Hidroclorotiazida e qualquer um destes agentes, estes devem ser utilizados com precaução e com monitorização frequente do potássio sérico.

Aliscireno + Amlodipina + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: A análise farmacocinética populacional de doentes com hipertensão não revelou quaisquer alterações clinicamente relevantes durante a exposição no estado de equilíbrio (AUC) e Cmax de aliscireno, amlodipina e hidroclorotiazida comparativamente com as terapêuticas duplas correspondentes.
Interações: Medicamentos que afetam os níveis de potássio sérico: O efeito de depleção de potássio da hidroclorotiazida é atenuado pelo efeito poupador de potássio do aliscireno. No entanto, seria de esperar que este efeito da hidroclorotiazida sobre o potássio sérico fosse potenciado por outros medicamentos associados a perdas de potássio e hipocaliemia (p. ex. outros diuréticos caliuréticos, corticosteroides, laxantes, hormona adrenocorticotrófica (ACTH), anfotericina, carbenoxolona, penicilina G, derivados de ácido salicílico). Por outro lado, o uso concomitante de outros agentes que afetam o SRAA, de AINE ou de agentes que aumentam os níveis de potássio sérico (p. ex.: diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, heparina) podem levar a aumentos da caliemia. Aconselha-se prudência, caso a comedicação com um agente que afete o nível de potássio sérico seja considerada necessária. O uso concomitante de aliscireno com ARA ou IECA é contraindicado em doentes com diabetes mellitus ou compromisso renal (TFG <60 ml/min/1,73 m2) e não é recomendado noutros doentes. Precaução necessária com uso concomitante: Medicamentos que afetam os níveis de potássio sérico: O uso concomitante de outros agentes que afetam o SRAA, de AINE ou de agentes que aumentam os níveis de potássio sérico (p. ex.: de diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, heparina) podem levar a aumentos da caliemia. Aconselha-se prudência, caso a comedicação com um agente que afete o nível de potássio sérico seja considerada necessária. O uso concomitante de aliscireno com ARA ou IECA é contraindicado em doentes com diabetes mellitus ou compromisso renal (TFG <60 ml/min/1,73 m2) e não é recomendado noutros doentes.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Candesartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: A utilização concomitante com diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio ou outros medicamentos (por exemplo., heparina) pode aumentar os níveis de potássio. A monitorização do potássio deve ser realizada quando apropriado.

Losartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Tal como outros medicamentos que bloqueiam a angiotensina II ou os seu efeitos, a utilização concomitante de outros medicamentos que retêm o potássio (por ex. diuréticos poupadores de potássio: amilorida, triamtereno, espironolactona) ou que podem aumentar os níveis de potássio (por ex. heparina), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, podem conduzir a aumentos do potássio sérico. A co-medicação não é aconselhável.

Cloreto de potássio + Potássio

Observações: N.D.
Interações: O uso excessivo de substitutos do sal contendo potássio, ou a administração concomitante de suplementos de potássio, pode igualmente produzir hipercaliémia, especialmente em insuficientes renais.

Imidapril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Diuréticos poupadores de potássio isolados ou em associação ou suplementos de potássio: Imidapril, assim como outros inibidores da ECA, pode atenuar a perda de potássio induzida por diuréticos. Diuréticos poupadores de potássio, por exemplo espironolactona, triamtereno ou amilorida, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem levar a aumentos significativos do potássio sérico (potencialmente letal), especialmente em associação com disfunção renal (efeitos hipercaliémicos aditivos). Os inibidores ECA não devem ser associados a substâncias hipercaliémicas, excepto em caso de hipocaliemia. Se o uso concomitante é indicado devido a hipocaliemia demonstrada, devem ser usados com precaução e com frequente monitorização do potássio sérico.

Amlodipina + Olmesartan medoxomilo + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Interações potenciais relacionadas com OLMESARTAN MEDOXOMILO: Uso concomitante não recomendado: Medicamentos que alteram os níveis de potássio: A utilização concomitante de diuréticos poupadores de potássio, de suplementos de potássio, de substitutos do sal que contenham potássio ou de outros medicamentos que possam aumentar os níveis séricos de potássio (por exemplo, heparina, inibidores da ECA) pode causar aumento do potássio sérico. Se forem prescritos concomitantemente com Amlodipina / Olmesartan medoxomilo / Hidroclorotiazida medicamentos que afetam o potássio, recomenda-se uma monitorização do potássio sérico.

Cloreto de potássio + Cloreto de sódio + Potássio

Observações: N.D.
Interações: As soluções contendo potássio devem ser usadas com precaução em doentes tratados com medicamentos que aumentem as concentrações plasmáticas de potássio (por exemplo, diuréticos poupadores de potássio, inibidores ECA (IECA), antagonistas dos recetores de angiotensina II, ciclosporina, tacrolímus, e medicamentos que contenham potássio).
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Benazepril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Potássio, diuréticos poupadores de potássio (como espironolactona, amilorida, triamtereno), bem como outros medicamentos que tenham tendência para aumentar a concentração sérica de potássio (por exemplo a heparina): Exacerbação do aumento da concentração sérica de potássio pelo componente inibidor da ECA.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Candesartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: O uso concomitante de Candesartan / Hidroclorotiazida e de diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio ou substitutos do sal ou outros medicamentos que podem aumentar os níveis de potássio sérico (ex., a heparina sódica) pode levar a aumentos dos níveis de potássio sérico. A monitorização do potássio dever ser realizada quando apropriado.

Losartan + Amlodipina + Potássio

Observações: Não foram realizados estudos de interação medicamentosa com o Losartan / Amlodipina e outros medicamentos. Não foram realizados estudos de interação medicamentosa na população pediátrica.
Interações: Interações relacionadas com o losartan Tal como outros medicamentos que bloqueiam a angiotensina II ou os seus efeitos, a utilização concomitante de outros medicamentos que retêm o potássio (por ex. diuréticos poupadores de potássio: amilorida, triamtereno e espironolactona), ou que podem aumentar os níveis de potássio (por ex. heparina), suplementos de potássio ou substitutos de sal contendo potássio, podem conduzir a aumentos do potássio sérico. A coadministração não é aconselhável.

Ramipril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Precauções de utilização: Sais de potássio, heparina, diuréticos poupadores de potássio e outras substâncias ativas que aumentam o potássio plasmático (incluindo antagonistas da Angiotensina II, trimetoprim, tacrolimus, ciclosporina): Pode ocorrer hipercaliemia, consequentemente é necessário efetuar uma monitorização cuidadosa dos níveis de potássio séricos.

Espironolactona + Potássio

Observações: N.D.
Interações: A utilização concomitante de espironolactona com outros diuréticos poupadores de potássio, inibidores da ECA, antagonista da angiotensina II, bloqueadores da aldosterona, heparina, heparina de baixo peso molecular, suplementos de potássio, dieta rica em potássio ou substitutos do sal que contenham potássio podem levar a hipercaliemia grave.

Losartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: LOSARTAN: Tal como outros fármacos que bloqueiam a angiotensina II ou os seus efeitos, a utilização concomitante de fármacos poupadores de potássio (por ex. espironolactona, triamtereno, amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, podem conduzir a aumentos do potássio sérico. A co-medicação não é aconselhada.

Rosuvastatina + Valsartan + Potássio

Observações: Não foram efetuados estudos de interação com Rosuvastatina / Valsartan e outros medicamentos. Os estudos de interação só foram realizados em adultos. A extensão das interações na população pediátrica não é conhecida.
Interações: Uso concomitante não recomendado: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos de sal contendo potássio e outras substâncias que podem aumentar os níveis de potássio: Se se considerar necessário utilizar um medicamento que afeta os níveis de potássio em associação com valsartan, aconselha-se a monitorização dos níveis de potássio.

Enalapril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Diuréticos poupadores de potássio ou suplementos de potássio: Os inibidores da ECA atenuam a perda de potássio induzida por diuréticos. Diuréticos poupadores de potássio (por exemplo espironolactona, eplerenona, triamtereno ou amilorida), suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem levar a aumentos significativos no potássio sérico. Se for indicada a sua utilização concomitante devido a hipocaliemia demonstrada, devem ser utilizados com precaução e com monitorização frequente do potássio sérico.

Aliscireno + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Medicamentos que afectam os níveis de potássio sérico: O efeito de depleção de potássio da hidroclorotiazida é atenuado pelo efeito poupador de potássio do aliscireno. No entanto, seria de esperar que este efeito da hidroclorotiazida sobre o potássio sérico fosse potenciado por outros medicamentos associados a perdas de potássio e hipocaliemia (ex. outros diuréticos caliuréticos, corticosteróides, laxantes, hormona adrenocorticotrófica (ACTH), anfotericina, carbenoxolona, penicilina G, derivados de ácido salicílico). Por outro lado, o uso concomitante de outros agentes que afectam o SRAA, de AINE ou de agentes que aumentam os níveis de potássio sérico (p. ex.: diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos do sal contendo potássio, heparina) podem levar a aumentos da caliemia. Aconselha-se prudência, caso a co-medicação com um agente que afecte o nível de potássio sérico seja considerada necessária. O uso concomitante de aliscireno com ARA ou IECA é contra-indicado em doentes com diabetes mellitus ou compromisso renal (TFG <60 ml/min/1,73 m2) e não é recomendado noutros doentes.

Cloreto de potássio + Glucose + Potássio

Observações: Não são conhecidas outras interações medicamentosas farmacológicas clinicamente relevantes.
Interações: Deve ter-se cuidado com a utilização concomitante de fármacos que contenham potássio e fármacos com o potencial para induzir uma hipercaliémia, tais como: - diuréticos poupadores de potássio, p.ex. espironolactona, triamtereno - inibidores da ECA antagonistas dos recetores da angiotensina II - tacrolímus - ciclosporina - suxametónio
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Enalapril + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: N.D.
Interações: O efeito expoliador de potássio dos diuréticos tiazídicos é normalmente atenuado pelo enalapril. A caliémia mantém-se geralmente dentro dos limites normais. A utilização de suplementos de potássio, agentes poupadores de potássio ou substitutos do sal contendo potássio, particularmente em doentes com insuficiência renal, pode provocar aumentos significativos do potássio sérico.

Olmesartan medoxomilo + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Interações potenciais relacionadas com OLMESARTAN MEDOXOMILO: Uso concomitante não recomendado: Medicamentos que afetam os níveis de potássio: Com base na experiência com a utilização de outros medicamentos que afetam o sistema renina-angiotensina, a utilização concomitante de diuréticos poupadores de potássio, de suplementos de potássio, de substitutos do sal que contenham potássio ou de outros fármacos que possam aumentar os níveis do potássio sérico (por exemplo, heparina, inibidores da ECA) pode causar aumento do potássio sérico. Se forem prescritos concomitantemente com Olmesartan / Hidroclorotiazida medicamentos que afetam os níveis de potássio, recomenda-se uma monitorização dos níveis plasmáticos de potássio.

Valsartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Não é recomendada utilização concomitante: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos de sal contendo potássio e outras substâncias que podem aumentar os níveis de potássio: Se se considerar necessário utilizar um medicamento que afeta os níveis de potássio em associação com valsartan, aconselha-se a monitorização dos níveis de potássio.

Amlodipina + Telmisartan + Potássio

Observações: Os efeitos hipotensores da amlodipina são aditivos a efeitos de outros medicamentos com propriedades hipotensoras
Interações: Tal como outros produtos medicinais que atuam no sistema renina-angiotensina-aldosterona, o telmisartan pode provocar hipercaliemia. O risco pode aumentar no caso de tratamento em combinação com outros produtos medicinais que também podem provocar hipercaliemia (substitutos do sal contendo potássio, diuréticos poupadores de potássio, inibidores da ECA, antagonistas dos recetores da angiotensina II, produtos medicinais anti-inflamatórios não esteroides (AINEs, incluindo inibidores seletivos da COX-2), heparina, imunossupressores (ciclosporina ou tacrolimus), e trimetoprim). A ocorrência de hipercaliemia depende de fatores de risco associados. O risco é mais elevado no caso das combinações de tratamento acima indicadas. O risco é particularmente elevado em combinação com diuréticos poupadores de potássio, e quando combinados com substitutos do sal contendo potássio. Por exemplo, a combinação com inibidores da ECA ou AINEs, apresenta um risco menor caso as precauções de utilização sejam estritamente seguidas. Utilizações concomitantes não recomendadas: Os antagonistas do recetor da angiotensina II, tais como o telmisartan atenuam a perda de potássio induzida pelos diuréticos. Os diuréticos poupadores de potássio, como por exemplo, a espironolactona, a eplerenona, o triamtereno, ou a amilorida, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem levar a um aumento significativo do potássio sérico. Se a administração concomitante é indicada devido a hipocaliemia documentada, estes fármacos deverão ser utilizados com precaução e o potássio sérico frequentemente monitorizado.

Perindopril + Amlodipina + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Ligadas ao PERINDOPRIL: Uso concomitante não recomendado: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio: Apesar de habitualmente o potássio sérico permanecer dentro dos limites normais, pode ocorrer hipercaliemia em alguns doentes tratados com perindopril. Diuréticos poupadores de potássio (tais como espironolactona, triamtereno ou amilorida), suplementos de potássio, ou substitutos do sal contendo potássio podem provocar aumentos significativos do potássio sérico. Por isso, a combinação de perindopril com os medicamentos acima mencionados não é recomendada. Se o uso concomitante for indicado devido a uma hipocaliemia demonstrada, a utilização destes medicamentos deve ser realizada com precaução e com frequente monitorização do potássico sérico.

Cilazapril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio: Embora o potássio sérico permaneça geralmente dentro dos limites normais, pode ocorrer hipercaliemia em alguns doentes tratados com cilazapril. Os diuréticos poupadores de potássio (por ex. espironolactona, amilorida, triamtereno), suplementos de potássio ou os substitutos do sal contendo potássio podem levar a aumentos significativos do potássio sérico. Por conseguinte, a associação de cilazapril com os fármacos acima mencionados não é recomendada. Caso a utilização concomitante seja indicada devido a hipocaliemia observada, estes devem ser administrados com precaução e o potássio sérico deve ser monitorizado frequentemente.

Telmisartan + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Digoxina: Quando o telmisartan foi coadministrado com digoxina, foram observados aumentos médios no pico de concentração plasmática (49%) e na concentração mínima (20%) de digoxina. Ao iniciar, ajustar e suspender o telmisartan, devem ser monitorizados os níveis de digoxina de modo a manter os níveis dentro da janela terapêutica. Tal como com outros medicamentos que atuam no sistema renina-angiotensina-aldosterona, o telmisartan pode induzir hipercaliemia. O risco pode aumentar em caso de associação com outros fármacos que possam também induzir hipercaliemia (substitutos do sal contendo potássio, diuréticos poupadores de potássio, inibidores da enzima de conversão da angiotensina (IECAs), antagonistas do recetor da angiotensina II, fármacos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs, incluindo os inibidores seletivos da COX-2), heparina, imunossupressores (ciclosporina ou tacrolimus) e trimetropim). A ocorrência de hipercaliemia vai depender dos fatores de risco associados. O risco encontra-se aumentado no caso das associações terapêuticas acima mencionadas. O risco é particularmente elevado na associação com diuréticos poupadores de potássio e quando associado com substitutos do sal contendo potássio. Uma associação com inibidores da enzima de conversão da angiotensina (IECAs) ou fármacos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), por exemplo, acarreta um risco menor, desde que as precauções de uso sejam rigorosamente seguidas. Utilizações concomitantes não recomendadas: Diuréticos poupadores de potássio ou suplementos de potássio: Os antagonistas do recetor da angiotensina II, tais como o telmisartan, atenuam a perda de potássio induzida pelos diuréticos. Os diuréticos poupadores de potássio, como por exemplo, a espironolactona, a eplerenona, o triamterene, ou o amiloride, suplementos de potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem levar a um aumento significativo do potássio sérico. Se a administração concomitante é indicada devido a hipocaliemia documentada, estes fármacos deverão ser utilizados com precaução e o potássio sérico frequentemente monitorizado.

Captopril + Potássio

Observações: N.D.
Interações: Os inibidores da ECA atenuam a perda de potássio induzida por diuréticos. Os diuréticos poupadores de potássio (e.g. espironolactona, triamtereno ou amilorida), suplementos do potássio ou substitutos do sal contendo potássio podem conduzir a aumentos significantes do potássio sérico. Se a utilização concomitante estiver indicada devido a hipocaliemia demonstrada, devem ser utilizados com precaução e com monitorização frequente do potássio sérico.

Valsartan + Hidroclorotiazida + Potássio

Observações: n.d.
Interações: Interações relacionadas com VALSARTAN: Utilização concomitante não recomendada: Diuréticos poupadores de potássio, suplementos de potássio, substitutos de sal contendo potássio e outras substâncias podem aumentar os níveis de potássio: Se se considerar necessário utilizar um medicamento que afecta os níveis de potássio em associação com valsartan, aconselha-se a monitorização dos níveis de potássio.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017