Permetrina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Um inseticida piretróide vulgarmente utilizado no tratamento de infestações de piolhos e sarna.

É um líquido viscoso de baixa fusão, amarelo a laranja acastanhado claro.
Usos comuns
Idicado no tratamento de infestações por piolho capilar (Pediculus Humanus var. capitis)
Tipo
pequena molécula
História
Sem informação.
Indicações
Para o tratamento de infestação com Sarcoptes scabiei (sarna).
Classificação CFT
13.01.05     Antiparasitários
Mecanismo De Ação
Permetrina atua sobre a membrana da célula nervosa para interromper a corrente do canal de sódio, através da qual a polarização da membrana é regulada.

Repolarização retardada e a paralisia das pragas são as consequências dessa perturbação.
Posologia Orientativa
Permetrina deve ser aplicada depois de lavar o cabelo com um champô suave e de o secar com uma toalha.

O frasco deve ser bem agitado antes de aplicar o medicamento por forma a cobrir o cabelo e o couro cabeludo.

As áreas atrás das orelhas e a nuca não devem ser descuradas.

Se quiser, após o enxaguamento final e enquanto o cabelo ainda estiver molhado, pentear o cabelo com um pente de dentes finos para remover os piolhos mortos e as lêndeas.
Administração
Pediculose capitis: após lavar o cabelo, aplicar a loção, creme ou champô em todo o couro cabelo, incluindo a nuca e atrás das orelhas; deixar agir por 10 minutos e, então, enxaguar com água. Remover as lêndeas com pente fino.

O tratamento pode ser repetido em 1 semana se ainda persistirem lêndeas ou piolhos.
Em casos resistentes, usar da mesma forma, mas deixar agir por 8-14 h com uma touca de banho.

Escabiose: aplicar creme ou loção 5% no corpo todo (da cabeça para baixo) e deixar por 8-14 h e, após, remover com um banho.

O tratamento pode ser repetido em 1 semana se persistirem os sintomas.
Contraindicações
Hipersensibilidade à permetrina e a outros piretróides ou piretrins ou a qualquer dos excipientes.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Descreveu-se em alguns casos eritema, erupções cutâneas e/ou irritação (ardor/picadas ou comichão)
Advertências
Gravidez
Gravidez:Evitar. Risco fetal desconhecido, por falta de estudos alargados.
Aleitamento
Aleitamento:Contra-indicada.
Precauções Gerais
Permetrina não é irritante para os olhos, embora se aconselhe a tomada de alguns cuidados na sua aplicação. Na eventualidade de qualquer contacto acidental com os olhos, estes devem ser imediatamente lavados com água abundante.
Cuidados com a Dieta
Não aplicável.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de aplicar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Conservar a temperatura inferior a 25°C. Proteger da luz.
Não utilize após o prazo de validade impresso no frasco.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Permetrina + Cloro

Observações: N.D.
Interações: Estudos in vitro demonstraram que os níveis de permetrina no cabelo não são afectados pelo cloro presente nas concentrações utilizadas em piscinas.
Permetrina pode ser utilizada normalmente por asmáticos, desde que não tenham tido problemas com a sua aplicação.

O uso de luvas para evitar qualquer possível irritação nas mãos pode ser útil ao pessoal de enfermagem que aplica Permetrina em creme com alguma frequência.

O efeito de permetrina sobre os produtos artificiais de pintura e ondulação do cabelo ainda não foi formalmente estudado.

Apesar de as queixas serem extremamente raras, aconselha-se a aplicação inicial de permetrina numa madeixa do cabelo (por exemplo, nas pontas de alguns fios de cabelo) antes de ser aplicado sobre todo o cabelo e couro cabeludo.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017