Pembrolizumab

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Condução
O que é
O pembrolizumab é um anticorpo monoclonal humanizado, antirrecetorda proteína de morte programada-1 (PD-1)(isótopo IgG4/kappa com uma alteração de sequência estabilizadora na região Fc) produzido em células de ovário de hamster chinês por tecnologia de ADN recombinante.
Usos comuns
É um anticorpo bloqueador do receptor de morte celular programada-1 (PD-1) indicado para o tratamento de pacientes com melanoma irressecável ou metastático e progressão da doença após ipilimumab e, se positivo para a mutação BRAF V600, um inibidor de BRAF.

Esta indicação foi aprovada sob homologação acelerada com base na taxa de resposta tumoral e durabilidade da resposta.

Ainda não foi estabelecida uma melhoria na sobrevivência ou nos sintomas relacionados com a doença.

A continuação da aprovação para esta indicação pode depender da verificação e descrição do benefício clínico nos ensaios confirmatórios.
Tipo
Biotecnologia.
História
A 04 de setembro de 2014, a Food and Drug Administration (FDA) nos EUA aprovou o Pembrolizumab como uma terapia inovadora.

Está aprovado para utilização após o tratamento com ipilimumab, ou após o tratamento com um inibidor de ipilimumab e BRAF em pacientes que apresentam uma mutação de BRAF.
Indicações
Tratamento do melanoma metastático.
Classificação CFT

16.03 : IMUNOMODULADORES

Mecanismo De Ação
A ligação dos TP-ligantes, PD-L1 e PD-L2, com o receptor de PD-1 que se encontra nas células T, inibe a proliferação de células T e a produção de citoquinas.

A sobre-regulação de ligantes PD-1 ocorre em alguns tumores e a sinalização através desta via pode contribuir para a inibição de células T activas vigilância imunológica de tumores.

Pembrolizumab é um anticorpo monoclonal que se liga ao receptor PD-1 e bloqueia a sua interacção com PD-L1 e PD-L2, libertando PD-1 via inibição mediada pela resposta imunitária, incluindo a resposta imune antitumoral.

Nos modelos de ratos tumor singénicos, o bloqueio da actividade de DP-1 resultou na redução do crescimento do tumor.
Posologia Orientativa
Administrar 2 mg/kg como infusão intravenosa durante 30 minutos a cada três semanas.

Reconstituir e diluir antes da infusão intravenosa.
Administração
Via intravenosa.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Pembrolizumab.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
As reacções adversas mais comuns (relatados em ≥ 20% dos doentes) incluem fadiga, tosse, náuseas, prurido, erupção cutânea, diminuição do apetite, obstipação, artralgia e diarreia.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Precauções Gerais
Colite imunomediada: Suspender ou descontinuar permanentemente no caso de colite moderada ou grave que implique risco de vida.

Hepatite imunomediada: Monitorizar para mudanças na função hepática.

Com base na gravidade do aumento das enzimas hepáticas, suspender ou interromper.

Hipofisite imunomediada: Suspender no caso de moderada, suspender ou descontinuar no caso de grave, e descontinuar permanentemente no caso de hipofisite que implique risco de vida.

Nefrite imunomediada: Monitorizar para mudanças na função renal.

Suspender no caso de moderada, e descontinuar permanentemente em caso de nefrite que implique risco de vida.

Hipertiroidismo e hipotiroidismo imunomediado: Monitorizar para alterações na função da tiróide.

Suspender no caso de grave e descontinuar permanentemente em caso de hipertiroidismo que implique risco de vida.

Toxicidade embriofetal: pode causar dano fetal.

Aconselhar as mulheres com potencial reprodutivo do risco potencial para o feto.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Fale com o médico imediatamente para reagendar a sua consulta.
É muito importante que não falhe nenhuma dose deste medicamento.
Cuidados no Armazenamento
Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Se está grávida não pode utilizar Pembrolizumab a não ser que o seu médico o tenha especificamente recomendado.
Pembrolizumab pode causar danos ou morte ao seu feto.
Se é uma mulher com potencial para engravidar, tem de utilizar métodos contraceptivos eficazes durante o tratamento com Pembrolizumab e durante pelo menos 4 meses após a última dose.

Se está a amamentar, informe o médico. Não amamente enquanto lhe estiver a ser administrado Pembrolizumab.
Não se sabe se o Pembrolizumab passa para o leite materno.

Pembrolizumab tem um efeito reduzido na sua capacidade de conduzir ou utilizar máquinas. Sentir tonturas, cansaço ou fraqueza são efeitos secundários possíveis de Pembrolizumab. Não conduza ou utilize máquinas após lhe ter sido administrado Pembrolizumab a menos que tenha certeza que se está a sentir bem.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 09 de Julho de 2021