Nandrolona

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência no Dopping DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
Esteroides androgénicos anabolisantes exógenos.

Este medicamento pertence ao grupo dos medicamentos conhecidos por esteroides anabolizantes.

Estes medicamentos são usados para a reconstrução de tecidos que se tornaram fracos devido a doença continuada ou ferimento grave.

Dopping: Substância probida - Portaria n.º 411/2015, de 26 de novembro - Aprova a Lista de Substâncias e Métodos Proibidos para 2016 e revoga a Portaria n.º 270/2014, de 22 de dezembro.
Usos comuns
Este medicamento pode ser usado para aumentar a massa óssea em caso de osteoporose (perda de massa óssea) ou a massa corporal magra em caso de balanço de azotado negativo.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Está indicado no tratamento de 2ª linha da osteoporose e como adjuvante de terapêuticas específicas e medidas dietéticas em situações patológicas graves caracterizadas por um balanço negativo de azoto (como p. ex. caquexia associada ao HIV, DPOC e quimioterapia).
Classificação CFT
08.05.02     Androgénios e anabolizantes
Mecanismo De Ação
O éster decanoato permite que o medicamento tenha uma duração de ação de cerca de três semanas após a administração da injeção.
A nandrolona está quimicamente relacionada com a hormona masculina. Em comparação com a testosterona, possui uma atividade anabólica mais forte e uma atividade androgénica mais fraca. Estas ações foram demonstradas em estudos animais e explicadas por estudos de ligação aos recetores. A fraca androgenicidade da nandrolona está confirmada pela prática cínica.
No Homem, este medicamento mostrou influenciar positivamente o metabolismo do cálcio e aumentar a massa óssea na osteoporose. Para além disso, este medicamento tem uma ação poupadora de azoto. Este efeito sobre o metabolismo proteico foi estabelecido através de estudos metabólicos e é utilizado terapeuticamente em situações em que exista uma deficiência proteica tais como durante doenças crónicas debilitantes e após grandes cirurgias e grandes traumatismos. Nestas situações,
Este medicamento é usado como adjuvante de suporte de terapêuticas específicas e medidas dietéticas, assim como de nutrição parentérica.
Os efeitos androgénicos (p. ex. virilização) são relativamente raros nas doses recomendadas. A estrutura da nandrolona não possui o grupo C17alfa-alquil, ao qual está associado a ocorrência de insuficiência hepática e colestase.
Posologia Orientativa
A dose recomendada depende da gravidade do seu problema e da forma como está a reagir ao tratamento. O seu médico indicar-lhe-á a dose correta para o seu caso. De um modo geral, uma injeção de 3 em 3 semanas é suficiente.
Administração
Apenas deve ser administrado por um médico ou enfermeiro.
As injeções devem ser administradas profundamente no músculo (por exemplo nas nádegas, parte superior da perna ou braço).
Deverá ser administrado por via intramuscular.
Contraindicações
- Hipersensibilidade à Nandrolona.
- Gravidez.
- Presença ou suspeita de carcinoma da próstata ou da mama no homem.
- Crianças com menos de 18 anos ou em fase de crescimento.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
As doses elevadas, o tratamento a longo prazo ou as administrações demasiado frequentes podem provocar efeitos indesejáveis, tais como:
- retenção de líquidos nos tecidos, geralmente marcada por tornozelos ou pés inchados ou pressão arterial elevada (hipertensão).
- acne, erupção na pele;
- comichão (prurido);
- náuseas,
- aumento do número de glóbulos vermelhos no sangue e gorduras no sangue,
- alteração nas análises do fígado;
- alterações anatómicas do fígado;
- Nas mulheres:
rouquidão (pode ser o primeiro sinal de voz grave, que pode permanecer durante muito tempo ou tornar-se mesmo permanente);
● alteração da voz
● aumento dos pelos corporais ou na cara;
● aumento do desejo sexual;
● períodos menstruais irregulares (ou mesmo ausência completa);
● masculinização;
● aumento do clitóris;
- Nos homens:
● aumento do desejo sexual;
● perturbações na formação do esperma;
● ereção acompanhada de dor;
● aumento da dimensão da próstata com dificuldade em urinar;
● aumento do pénis
Estes são efeitos secundários ligeiros de Deca-Durabolin. Informe o seu médico se detetar alguma alteração na voz ou retenção de fluidos, ou se os efeitos secundários forem graves ou incomodativos.
Devido à natureza da Nandrolona, não se consegue uma rápida reversão dos efeitos secundários com a suspensão do tratamento. Os injetáveis, de um modo geral, podem causar uma reação no local da injeção.
Efeitos secundários adicionais em crianças e adolescentes:
Foram notificados os seguintes efeitos indesejáveis em crianças pré-pubertárias a utilizar androgénios:
- desenvolvimento sexual precoce;
rapazes: aumento da frequência de ereções e do tamanho do pénis;
raparigas: aumento crescimento dos pelos púbicos e do clitóris;
- aumento do tamanho do pénis;
- aumento na frequência de ereções;
- crescimento limitado (peso corporal limitado).
Advertências
Gravidez
Gravidez:Contra-indicado na gravidez. Ver Androgénios e anabolizantes (8.5.2). Evidência fetal em animais, mas a necessidade pode justificar o risco.
Aleitamento
Aleitamento:Contra-indicada.
Dopping
Dopping:Dopping: Esteróides androgénicos anabolisantes exógenos. Substância probida - Portaria n.º 411/2015, de 26 de novembro - Aprova a Lista de Substâncias e Métodos Proibidos para 2016 e revoga a Portaria n.º 270/2014, de 22 de dezembro.
Precauções Gerais
Se aparecerem sinais de virilização (p. ex. quando utilizado por mulheres durante longos períodos de tempo), deve considerar-se a suspensão da terapêutica, de preferência com o acordo do doente.
Este medicamento deve ser utilizado com precaução em doentes idosos do sexo masculino, pela frequência de hipertrofia benigna da próstata nesta população.
Recomenda-se a vigilância dos doentes em qualquer uma das seguintes situações:
- insuficiência cardíaca latente ou manifesta, disfunção renal, hipertensão ou enxaqueca (ou antecedentes destas doenças), uma vez que os esteroides anabolizantes podem, ocasionalmente, provocar retenção hídrica;
- crescimento incompleto, uma vez que os esteroides anabolizantes em doses elevadas podem acelerar o encerramento das cartilagens de conjugação;
- metástases esqueléticas de carcinoma da mama. Nestes doentes, pode surgir hipercalcémia, quer espontaneamente, quer como resultado da terapêutica anabolizante. Neste último caso, esta situação pode ser indicativa de uma resposta positiva do tumor ao tratamento hormonal. No entanto, dever-se-á, em primeiro lugar, tratar a hipercalcemia e, só após a recuperação dos níveis normais do cálcio, retomar a terapêutica hormonal.
- insuficiência hepática e renal
A utilização de esteroides anabolizantes para aumentar as capacidades atléticas pode trazer graves riscos para a saúde e deve portanto ser desencorajada.
Cuidados com a Dieta
Este medicamento pode ser administrado por via intramuscular sem ter em consideração as refeições.
De forma a que este medicamento atue adequadamente para restabelecer os tecidos enfraquecidos por ferimentos ou doenças, é importante que siga rigorosamente todas as medidas dietéticas recomendadas pelo seu médico ou dietista.
Terapêutica Interrompida
Este medicamento ser-lhe-á administrado por um médico ou enfermeiro. Caso se esqueça de uma das injeções programadas fale de imediato com o seu médico ou enfermeiro. Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar. Caso tenha tomado uma dose menor do que deveria, fale com o seu médico.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Conservar a temperatura inferior a 30°C.
Não refrigerar ou congelar.
Conservar na embalagem de origem e manter a ampola dentro da embalagem exterior.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Nandrolona + Insulinas

Observações: N.D.
Interações: Nos diabéticos, os esteroides anabolizantes podem aumentar a tolerância à glucose e diminuir a necessidade de insulina ou de outros medicamentos antidiabéticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Nandrolona + Antidiabéticos Orais

Observações: N.D.
Interações: Nos diabéticos, os esteroides anabolizantes podem aumentar a tolerância à glucose e diminuir a necessidade de insulina ou de outros medicamentos antidiabéticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Nandrolona + Anticoagulantes orais (Derivados da Cumarina)

Observações: N.D.
Interações: Nos diabéticos, os esteroides anabolizantes podem aumentar a tolerância à glucose e diminuir a necessidade de insulina ou de outros medicamentos antidiabéticos. Doses elevadas de Nandrolona podem potenciar o efeito anticoagulante dos anticoagulantes de estrutura cumarínica, permitindo uma redução da dose destes agentes.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Nandrolona + Corticosteroides

Observações: N.D.
Interações: A administração de androgénios (anabolizantes) com ACTH ou corticosteroides pode potenciar a formação de edemas e deverá ser administrado com cautela, especialmente em doentes com doença cardíaca ou hepática.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Nandrolona + Hormona adrenocorticotrófica (ACTH)

Observações: N.D.
Interações: A administração de androgénios (anabolizantes) com ACTH ou corticosteroides pode potenciar a formação de edemas e deverá ser administrado com cautela, especialmente em doentes com doença cardíaca ou hepática.
 Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Insulina zinco protamina + Nandrolona

Observações: A insulina não afeta outros medicamentos. No entanto, é importante estar ciente de que muitos medicamentos podem afetar os níveis de glicose no sangue e pode, portanto, alterar as suas necessidades de insulina. Por esta razão, as pessoas com diabetes devem sempre procurar o conselho de seu médico ou farmacêutico antes de tomar quaisquer novos medicamentos ou interromper as já existentes.
Interações: Os seguintes medicamentos podem diminuir os níveis de açúcar no sangue. Esteróides anabolizantes, por exemplo, de testosterona, nandrolona, ​​estanozolol
 Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Este medicamento está contraindicado durante a gravidez devido à possibilidade de masculinização do feto.

No homem, o tratamento pode levar a perturbações da fertilidade devido à inibição da formação do esperma.

Na mulher, o tratamento pode levar a um ciclo menstrual irregular ou ausente. Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Dopping: Esteróides androgénicos anabolisantes exógenos. Substância probida - Portaria n.º 411/2015, de 26 de novembro - Aprova a Lista de Substâncias e Métodos Proibidos para 2016 e revoga a Portaria n.º 270/2014, de 22 de dezembro.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017