Ledipasvir + Sofosbuvir

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Condução
O que é
A combinação ledispavir/sofosbuvir é um agente antiviral directo que interfere com a replicação do vírus da hepatite C e pode ser usada para o tratamento de pacientes com os genótipos 1a ou 1b sem interferão pegilado ou ribavirina.
Usos comuns
É indicado para o tratamento da hepatite C crónica (HCC) em adultos.
Tipo
Sem informação.
História
Em outubro de 2014, a Food and Drug Administration (FDA) aprovou uma combinação de ledipasvir 90mg/sofosbuvir 400g denominada Harvoni.

Ledipasvir / sofosbuvir foi aprovado para uso médico nos Estados Unidos, na União Europeia e no Canadá em 2014.
Está na lista de medicamentos essenciais da Organização Mundial de Saúde.
Indicações
É indicado para o tratamento da hepatite C crónica (HCC) em adultos.
Em relação à actividade específica, para os genótipos do vírus da hepatite C (VHC).
Classificação CFT

01.03.02 : Outros antivíricos

Mecanismo De Acção
O Ledipasvir é um inibidor do VHC dirigido à proteína NS5A do VHC, que é essencial para a replicação do ARN e para a agregação de viriões do VHC.

A confirmação bioquímica da inibição da NS5A pelo Ledipasvir não é actualmente possível, dado que a NS5A não tem função enzimática.

Estudos in vitro de seleção de resistência e de resistência cruzada indicam que o modo de acção do Ledipasvir tem como alvo a NS5A.

O Sofosbuvir é um inibidor pan-genotípico da ARN polimerase do VHC, ARN-dependente, NS5B, que é essencial para a replicação viral.

O Sofosbuvir é um profármaco nucleótido que é sujeito a metabolismo intracelular para formar o análogo farmacologicamente activo da uridina trifosfato (GS-461203), que pode ser incorporado no ARN VHC pela polimerase NS5B e actua como terminador de cadeia.

O GS-461203 (o metabólito activo do Sofosbuvir) não é um inibidor das ADN e ARN polimerases humanas, nem é um inibidor da ARN polimerase mitocondrial.
Posologia Orientativa
A dose recomendada é de um comprimido uma vez por dia.
Administração
Engula o comprimido inteiro com ou sem alimentos.
Não mastigue, esmague ou divida o comprimido porque este tem um sabor muito amargo. Fale com o médico ou farmacêutico se tiver dificuldades em engolir comprimidos.

Se estiver a tomar um antiácido, tome-o pelo menos 4 horas antes ou 4 horas depois deste medicamento.

Se estiver a tomar um inibidor da bomba de protões, tome-o na mesma altura que este medicamento. Não o tome antes deste medicamento.

Se vomitar após tomar este medicamento, pode afectar a quantidade de deste fármaco no sangue.

Se vomitar menos de 5 horas após a toma deste medicamento, tome outro comprimido.

Se vomitar mais de 5 horas após tomar este medicamento, não necessita tomar outro comprimido até à hora prevista para tomar o próximo.
Contra-Indicações
Hipersensibilidade às substâncias activas.

Coadministração com rosuvastatina ou com hipericão (Hypericum perforatum).
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Efeitos secundários muito frequentes (podem afectar mais do que 1 em cada 10 pessoas)
– dores de cabeça
– sensação de cansaço.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Não tome este medicamento durante a gravidez.
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:Não tome este medicamento durante a amamentação.
Condução
Condução
Condução:Não conduza caso se sinta cansado após tomar o seu medicamento.
Precauções Gerais
– Outros problemas de fígado além da hepatite C, por exemplo
– Se estiver em lista de espera para um transplante de fígado;
– Se tem hepatite B;
– Problemas de rins, porque este medicamento não foi completamente estudado em doentes com problemas renais graves;
– Tratamento em curso para uma infecção pelo VIH.

Não administre este medicamento a crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anos.

Outros medicamentos e este medicamento
Informe o médico ou Farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos. Estes incluem medicamentos à base de plantas e medicamentos obtidos sem receita médica.

Alguns medicamentos não devem ser tomados com este medicamento.
– Não tome nenhum outro medicamento que contenha Sofosbuvir.

Não tome nenhum destes medicamentos com este medicamento:
– rifampicina, rifapentina, rifabutina (antibióticos utilizados para tratar infecções, incluindo a tuberculose);
– carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, oxcarbazepina (medicamentos utilizados para tratar a epilepsia e evitar convulsões);
– pravastatina (um medicamento utilizado para tratar o colesterol elevado);
– simeprevir (um medicamento utilizado para tratar a infecção pelo vírus da hepatite C);
– tipranavir (utilizado para tratar a infecção pelo VIH).

A toma desta substãncia com qualquer um destes medicamentos pode impedir que os medicamentos atuem correctamente ou pode agravar quaisquer efeitos secundários.
– tenofovir disoproxil fumarato ou qualquer medicamento contendo tenofovir disoproxil fumarato, utilizado para tratar a infecção pelo VIH;
– digoxina utilizada para tratar doenças cardíacas;
– dabigatrano utilizado para tornar o sangue mais fluido.
– antiácidos (tais como hidróxido de alumínio/hidróxido de magnésio ou carbonato de cálcio). Estes devem ser tomados pelo menos 4 horas antes ou 4 horas depois deste medicamento;
– inibidores da bomba de protões (tais como omeprazol, lansoprazol, rabeprazol, pantoprazol e esomeprazol). Estes devem ser tomados na mesma altura que este medicamento. Não tome inibidores da bomba de protões antes deste medicamento.

Estes medicamentos podem diminuir a quantidade de ledipasvir no sangue.
– antagonistas dos receptores H2 (tais como famotidina, cimetidina, nizatidina ou ranitidina).
Cuidados com a Dieta
Pode tomar com ou sem alimentos.
Terapêutica Interrompida
É importante que não se esqueça de tomar nenhuma dose deste medicamento.

Caso se esqueça de tomar uma dose, tente lembrar-se quanto tempo decorreu desde que tomou pela última vez:
– Se se aperceber nas 18 horas após a hora a que habitualmente toma este medicamento, deve tomar o comprimido logo que lhe for possível. Depois tome a dose seguinte à hora habitual.

– Se passarem 18 horas ou mais após a hora a que habitualmente toma este medicamento, aguarde e tome a dose seguinte à hora habitual. Não tome uma dose a dobrar (duas doses muito próximas).
Cuidados no Armazenamento
O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Informação não disponível.
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Substratos do BCRP (proteína de resistência do cancro da mama)

Observações: Quaisquer interações que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de Ledipasvir/sofosbuvir para afectar outros medicamentos: O ledipasvir é um inibidor in vitro do transportador de fármacos P-gp e da proteína de resistência ao cancro da mama (BCRP, breast cancer resistance protein) e pode aumentar a absorção intestinal de substratos destes transportadores administrados concomitantemente. Dados in vitro indicam que o ledipasvir pode ser um indutor fraco de enzimas metabolizadoras como a CYP3A4, a CYP2C e a UGT1A1. Os compostos que são substratos destas enzimas podem ter concentrações plasmáticas diminuídas quando são co-administrados com ledipasvir/sofosbuvir. O ledipasvir in vitro inibe a CYP3A4 e a UGT1A1 intestinais. Os medicamentos que têm um intervalo terapêutico estreito e que são metabolizados por estas isoenzimas devem ser utilizados com precaução e monitorizados cuidadosamente. - Substratos do BCRP (proteína de resistência do cancro da mama)
Sem significado Clínico

Tenofovir alafenamida Ledipasvir + Sofosbuvir

Observações: Os estudos de interacção só foram realizados em adultos. O tenofovir alafenamida é um substrato do OATP1B1 e do OATP1B3 in vitro. A distribuição do tenofovir alafenamida no organismo pode ser afetada pela atividade do OATP1B1 e/ou do OATP1B3. O tenofovir alafenamida não é um inibidor do CYP1A2, CYP2B6, CYP2C8, CYP2C9, CYP2C19 ou CYP2D6 in vitro. Não é inibidor do CYP3A in vivo. O tenofovir alafenamida não é um inibidor da uridina difosfato glucuronosiltransferase (UGT) 1A1 humana in vitro. Não se sabe se o tenofovir alafenamida é inibidor de outras enzimas UGT.
Interacções: Ledipasvir/sofosbuvir (90 mg/400 mg por via oral, q.d.): Não são necessários ajustes posológicos de Tenofovir alafenamida ou de ledipasvir/sofosbuvir. - Ledipasvir + Sofosbuvir
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Substratos do CYP3A4

Observações: Quaisquer interações que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de Ledipasvir/sofosbuvir para afectar outros medicamentos: O ledipasvir é um inibidor in vitro do transportador de fármacos P-gp e da proteína de resistência ao cancro da mama (BCRP, breast cancer resistance protein) e pode aumentar a absorção intestinal de substratos destes transportadores administrados concomitantemente. Dados in vitro indicam que o ledipasvir pode ser um indutor fraco de enzimas metabolizadoras como a CYP3A4, a CYP2C e a UGT1A1. Os compostos que são substratos destas enzimas podem ter concentrações plasmáticas diminuídas quando são co-administrados com ledipasvir/sofosbuvir. O ledipasvir in vitro inibe a CYP3A4 e a UGT1A1 intestinais. Os medicamentos que têm um intervalo terapêutico estreito e que são metabolizados por estas isoenzimas devem ser utilizados com precaução e monitorizados cuidadosamente. - Substratos do CYP3A4
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Substratos do UGT1A1

Observações: Quaisquer interações que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de Ledipasvir/sofosbuvir para afectar outros medicamentos: O ledipasvir é um inibidor in vitro do transportador de fármacos P-gp e da proteína de resistência ao cancro da mama (BCRP, breast cancer resistance protein) e pode aumentar a absorção intestinal de substratos destes transportadores administrados concomitantemente. Dados in vitro indicam que o ledipasvir pode ser um indutor fraco de enzimas metabolizadoras como a CYP3A4, a CYP2C e a UGT1A1. Os compostos que são substratos destas enzimas podem ter concentrações plasmáticas diminuídas quando são co-administrados com ledipasvir/sofosbuvir. O ledipasvir in vitro inibe a CYP3A4 e a UGT1A1 intestinais. Os medicamentos que têm um intervalo terapêutico estreito e que são metabolizados por estas isoenzimas devem ser utilizados com precaução e monitorizados cuidadosamente. - Substratos do UGT1A1
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Rifampicina (rifampina)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. Os medicamentos que são indutores moderados da P-gp no intestino (p. ex., oxcarbazepina) podem diminuir as concentrações plasmáticas do ledipasvir e do sofosbuvir levando à redução do efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. A co-administração destes medicamentos com Ledipasvir/sofosbuvir não é recomendada. A co-administração com medicamentos que inibem a P-gp e/ou a BCRP pode aumentar as concentrações plasmáticas de ledipasvir e sofosbuvir, sem aumentar a concentração plasmática do GS-331007; Ledipasvir/sofosbuvir pode ser co-administrado com inibidores da P-gp e/ou da BCRP. Não são de prever interacções medicamentosas clinicamente significativas com ledipasvir/sofosbuvir mediadas pelas enzimas CYP450 ou UGT1A1. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIMICOBACTERIANOS Rifampicina (600 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (dose única de 90 mg) Rifampicina (600 mg uma vez por dia)/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com a rifampicina, um indutor potente da P-gp no intestino. - Rifampicina (rifampina)
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Rifabutina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. Os medicamentos que são indutores moderados da P-gp no intestino (p. ex., oxcarbazepina) podem diminuir as concentrações plasmáticas do ledipasvir e do sofosbuvir levando à redução do efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. A co-administração destes medicamentos com Ledipasvir/sofosbuvir não é recomendada. A co-administração com medicamentos que inibem a P-gp e/ou a BCRP pode aumentar as concentrações plasmáticas de ledipasvir e sofosbuvir, sem aumentar a concentração plasmática do GS-331007; Ledipasvir/sofosbuvir pode ser co-administrado com inibidores da P-gp e/ou da BCRP. Não são de prever interacções medicamentosas clinicamente significativas com ledipasvir/sofosbuvir mediadas pelas enzimas CYP450 ou UGT1A1. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIMICOBACTERIANOS Rifabutina Rifapentina Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com a rifabutina, um indutor potente da P-gp no intestino. Prevê-se que a co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com rifapentina diminua a concentração de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. Esta co-administração não é recomendada. - Rifabutina
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Hipericão (Erva de S. João; Hypericum perforatum)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos SUPLEMENTOS À BASE DE PLANTAS Hipericão Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com hipericão, um indutor potente da P-gp no intestino. - Hipericão (Erva de S. João; Hypericum perforatum)
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Carbamazepina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICONVULSIVANTES Carbamazepina Fenobarbital Fenitoína Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com carbamazepina, fenobarbital e fenitoína, indutores potentes da P-gp no intestino - Carbamazepina
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Fenitoína

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICONVULSIVANTES Carbamazepina Fenobarbital Fenitoína Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com carbamazepina, fenobarbital e fenitoína, indutores potentes da P-gp no intestino - Fenitoína
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Fenobarbital

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores potentes da P-gp (rifampicina, rifabutina, hipericão, carbamazepina, fenobarbital e fenitoína) podem diminuir significativamente as concentrações plasmáticas de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de ledipasvir/sofosbuvir e, portanto, são contra-indicados com Ledipasvir/sofosbuvir. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICONVULSIVANTES Carbamazepina Fenobarbital Fenitoína Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com carbamazepina, fenobarbital e fenitoína, indutores potentes da P-gp no intestino - Fenobarbital
Não recomendado/Evitar

Ledipasvir + Sofosbuvir Oxcarbazepina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. Os medicamentos que são indutores moderados da P-gp no intestino (p. ex., oxcarbazepina) podem diminuir as concentrações plasmáticas do ledipasvir e do sofosbuvir levando à redução do efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. A co-administração destes medicamentos com Ledipasvir/sofosbuvir não é recomendada. interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICONVULSIVANTES Oxcarbazepina Prevê-se que a co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com oxcarbazepina diminua a concentração de ledipasvir e de sofosbuvir, levando a uma redução do efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. Esta co-administração não é recomendada. - Oxcarbazepina
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Inibidores da glicoproteína-P (Gp-P)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. A co-administração com medicamentos que inibem a P-gp e/ou a BCRP pode aumentar as concentrações plasmáticas de ledipasvir e sofosbuvir, sem aumentar a concentração plasmática do GS-331007; Ledipasvir/sofosbuvir pode ser co-administrado com inibidores da P-gp e/ou da BCRP. Não são de prever interacções medicamentosas clinicamente significativas com ledipasvir/sofosbuvir mediadas pelas enzimas CYP450 ou UGT1A1. - Inibidores da glicoproteína-P (Gp-P)
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Inibidores do BCRP (proteína de resistência do cancro da mama)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Potencial de outros medicamentos para afectar Ledipasvir/sofosbuvir: O ledipasvir e o sofosbuvir são substratos do transportador de fármacos P-gp e da BCRP, enquanto o GS-331007 não é. A co-administração com medicamentos que inibem a P-gp e/ou a BCRP pode aumentar as concentrações plasmáticas de ledipasvir e sofosbuvir, sem aumentar a concentração plasmática do GS-331007; Ledipasvir/sofosbuvir pode ser co-administrado com inibidores da P-gp e/ou da BCRP. Não são de prever interacções medicamentosas clinicamente significativas com ledipasvir/sofosbuvir mediadas pelas enzimas CYP450 ou UGT1A1. - Inibidores do BCRP (proteína de resistência do cancro da mama)
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Antagonistas da vitamina K

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: Doentes tratados com antagonistas da vitamina K: Dado que a função hepática se pode alterar durante o tratamento com Ledipasvir/sofosbuvir, é recomendada uma monitorização atenta dos valores da relação normalizada internacional (INR, International Normalised Ratio). interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICOAGULANTES Antagonistas da vitamina K Recomenda-se a monitorização clínica, à procura de sinais de hemorragia e anemia, quando o etexilato de dabigatrano é co-administrado com Ledipasvir/sofosbuvir. Um teste de coagulação ajuda a identificar os doentes com um maior risco de hemorragia devido ao aumento da exposição ao dabigatrano. - Antagonistas da vitamina K
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Antiácidos

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antiácidos p. ex., Hidróxido de alumínio ou hidróxido de magnésio; carbonato de cálcio A solubilidade de ledipasvir diminui com o aumento do pH. Prevê-se que os medicamentos que aumentam o pH gástrico diminuam a concentração de ledipasvir. Recomenda-se separar a administração do antiácido e de Ledipasvir/sofosbuvir em pelo menos 4 horas. - Antiácidos
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Hidróxido de Alumínio

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antiácidos p. ex., Hidróxido de alumínio ou hidróxido de magnésio; carbonato de cálcio A solubilidade de ledipasvir diminui com o aumento do pH. Prevê-se que os medicamentos que aumentam o pH gástrico diminuam a concentração de ledipasvir. Recomenda-se separar a administração do antiácido e de Ledipasvir/sofosbuvir em pelo menos 4 horas. - Hidróxido de Alumínio
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Hidróxido de magnésio

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antiácidos p. ex., Hidróxido de alumínio ou hidróxido de magnésio; carbonato de cálcio A solubilidade de ledipasvir diminui com o aumento do pH. Prevê-se que os medicamentos que aumentam o pH gástrico diminuam a concentração de ledipasvir. Recomenda-se separar a administração do antiácido e de Ledipasvir/sofosbuvir em pelo menos 4 horas. - Hidróxido de magnésio
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Carbonato de cálcio

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antiácidos p. ex., Hidróxido de alumínio ou hidróxido de magnésio; carbonato de cálcio A solubilidade de ledipasvir diminui com o aumento do pH. Prevê-se que os medicamentos que aumentam o pH gástrico diminuam a concentração de ledipasvir. Recomenda-se separar a administração do antiácido e de Ledipasvir/sofosbuvir em pelo menos 4 horas. - Carbonato de cálcio
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Antagonistas dos Receptores H2 da Histamina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antagonistas dos receptores H2 Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Cimetidina Nizatidina Ranitidina Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada 12 horas antes de Ledipasvir/sofosbuvir Os antagonistas dos receptores H2 podem ser administrados simultaneamente ou alternados com Ledipasvir/sofosbuvir numa dose que não exceda doses comparáveis a 40 mg de famotidina duas vezes por dia. - Antagonistas dos Receptores H2 da Histamina
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Famotidina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antagonistas dos receptores H2 Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Cimetidina Nizatidina Ranitidina Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada 12 horas antes de Ledipasvir/sofosbuvir Os antagonistas dos receptores H2 podem ser administrados simultaneamente ou alternados com Ledipasvir/sofosbuvir numa dose que não exceda doses comparáveis a 40 mg de famotidina duas vezes por dia. - Famotidina
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Cimetidina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antagonistas dos receptores H2 Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Cimetidina Nizatidina Ranitidina Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada 12 horas antes de Ledipasvir/sofosbuvir Os antagonistas dos receptores H2 podem ser administrados simultaneamente ou alternados com Ledipasvir/sofosbuvir numa dose que não exceda doses comparáveis a 40 mg de famotidina duas vezes por dia. - Cimetidina
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Nizatidina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antagonistas dos receptores H2 Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Cimetidina Nizatidina Ranitidina Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada 12 horas antes de Ledipasvir/sofosbuvir Os antagonistas dos receptores H2 podem ser administrados simultaneamente ou alternados com Ledipasvir/sofosbuvir numa dose que não exceda doses comparáveis a 40 mg de famotidina duas vezes por dia. - Nizatidina
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Ranitidina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Antagonistas dos receptores H2 Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Cimetidina Nizatidina Ranitidina Famotidina (dose única de 40 mg)/ledipasvir (dose única de90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Famotidina administrada 12 horas antes de Ledipasvir/sofosbuvir Os antagonistas dos receptores H2 podem ser administrados simultaneamente ou alternados com Ledipasvir/sofosbuvir numa dose que não exceda doses comparáveis a 40 mg de famotidina duas vezes por dia. - Ranitidina
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Inibidores da Bomba de Protões (IBP)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Inibidores da Bomba de Protões (IBP)
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Omeprazol

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Omeprazol
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Esomeprazol

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Esomeprazol
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Lansoprazol

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Lansoprazol
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Pantoprazol

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Pantoprazol
Sem significado Clínico

Ledipasvir + Sofosbuvir Rabeprazol

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos AGENTES REDUTORES DE ÁCIDO Inibidores da bomba de protões Omeprazol (20 mg uma vez por dia)/ledipasvir (dose única de 90 mg)c/ sofosbuvir (dose única de 400 mg) Omeprazol administrado simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir Lansoprazol Rabeprazol Pantoprazol Esomeprazol As doses de inibidores da bomba de protões comparáveis a 20 mg de omeprazol podem ser administradas simultaneamente com Ledipasvir/sofosbuvir. Os inibidores da bomba de protões não devem ser tomados antes de Ledipasvir/sofosbuvir. - Rabeprazol
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Amiodarona

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIARRÍTMICOS Amiodarona A utilizar apenas se não existir outra alternativa disponível. Recomenda-se uma monitorização atenta no caso de este medicamento ser administrado com Ledipasvir/sofosbuvir. - Amiodarona
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Digoxina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIARRÍTMICOS Digoxina A co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com digoxina pode aumentar a concentração de digoxina. É necessária precaução e recomenda-se a monitorização das concentrações terapêuticas de digoxina quando esta é coadministrada com Ledipasvir/sofosbuvir. - Digoxina
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Dabigatrano etexilato

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICOAGULANTES Etexilato de dabigatrano Recomenda-se a monitorização clínica, à procura de sinais de hemorragia e anemia, quando o etexilato de dabigatrano é co-administrado com Ledipasvir/sofosbuvir. Um teste de coagulação ajuda a identificar os doentes com um maior risco de hemorragia devido ao aumento da exposição ao dabigatrano. - Dabigatrano etexilato
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Indutores da glicoproteína-P (Gp-P)

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTICONVULSIVANTES Carbamazepina Fenobarbital Fenitoína Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com carbamazepina, fenobarbital e fenitoína, indutores potentes da P-gp no intestino - Indutores da glicoproteína-P (Gp-P)
Não recomendado/Evitar

Ledipasvir + Sofosbuvir Rifapentina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIMICOBACTERIANOS Rifabutina Rifapentina Ledipasvir/sofosbuvir é contra-indicado com a rifabutina, um indutor potente da P-gp no intestino. Prevê-se que a co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com rifapentina diminua a concentração de ledipasvir e de sofosbuvir, reduzindo o efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. Esta co-administração não é recomendada. - Rifapentina
Não recomendado/Evitar

Ledipasvir + Sofosbuvir Simeprevir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos MEDICAMENTOS ANTI-VHC Simeprevir (150 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (30 mg uma vez por dia) Simeprevir As concentrações de ledipasvir, sofosbuvir e simeprevir aumentam quando o simeprevir é co-administrado com Ledipasvir/sofosbuvir. Esta co-administração não é recomendada. - Simeprevir
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Efavirenz + Emtricitabina + Tenofovir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA TRANSCRIPTASE REVERSA Efavirenz/ emtricitabina/tenofovir disoproxil fumarato (600 mg/ 200 mg/ 300 mg/uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de efavirenz/ emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato. - Efavirenz + Emtricitabina + Tenofovir
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Emtricitabina + Rilpivirina + Tenofovir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA TRANSCRIPTASE REVERSA Emtricitabina/ rilpivirina/tenofovir disoproxil fumarato (200 mg/ 25 mg/ 300 mg/ uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de emtricitabina/ rilpivirina/ tenofovir disoproxil fumarato. - Emtricitabina + Rilpivirina + Tenofovir
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Abacavir + Lamivudina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA TRANSCRIPTASE REVERSA Abacavir/ lamivudina (600 mg/ 300 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de abacavir/ lamivudina. - Abacavir + Lamivudina
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Atazanavir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA PROTEASE DO VIH Atazanavir potenciado com ritonavir (300 mg/ 100 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de atazanavir (potenciado com ritonavir). No que respeita à associação de tenofovir/emtricitabina + atazanavir/ritonavir. Atazanavir potenciado com ritonavir (300 mg/ 100 mg uma vez por dia) + emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato (200 mg/ 300 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Administrados simultaneamente. Quando administrado com tenofovir disoproxil fumarato utilizado juntamente com atazanavir/ritonavir, Ledipasvir/sofosbuvir aumentou a concentração de tenofovir. A segurança de tenofovir disoproxil fumarato no contexto terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir e de um intensificador farmacocinético (p. ex., ritonavir ou cobicistate) não foi estabelecida. A associação deve ser utilizada com precaução com monitorização renal frequente, se não estiverem disponíveis outras alternativas. As concentrações de atazanavir também aumentam, com o risco de um aumento dos níveis de bilirrubina/de icterícia. Este risco é ainda mais elevado se a ribavirina for utilizada como parte do tratamento para o VHC. - Atazanavir
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Darunavir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA PROTEASE DO VIH Darunavir potenciado com ritonavir (800 mg/ 100 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia) Darunavir potenciado com ritonavir (800 mg/ 100 mg uma vez por dia)/ sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de darunavir (potenciado com ritonavir). Darunavir potenciado com ritonavir (800 mg/ 100 mg uma vez por dia) + emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato (200 mg/ 300 mg uma vez por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/ sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Administrados simultaneamente Quando administrado com darunavir/ritonavir utilizado juntamente com tenofovir disoproxil fumarato, Ledipasvir/sofosbuvir aumentou a concentração de tenofovir. A segurança de tenofovir disoproxil fumarato no contexto terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir e de um intensificador farmacocinético (p. ex., ritonavir ou cobicistate) não foi estabelecida. A associação deve ser utilizada com precaução com monitorização renal frequente, se não estiverem disponíveis outras alternativas. - Darunavir
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Lopinavir + Ritonavir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA PROTEASE DO VIH Lopinavir potenciado com ritonavir + emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato Quando administrado com lopinavir/ritonavir utilizado juntamente com tenofovir disoproxil fumarato, prevê-se que Ledipasvir/sofosbuvir aumente a concentração de tenofovir. A segurança de tenofovir disoproxil fumarato no contexto terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir e de um intensificador farmacocinético (p. ex., ritonavir ou cobicistate) não foi estabelecida. A associação deve ser utilizada com precaução com monitorização renal frequente, se não estiverem disponíveis outras alternativas. - Lopinavir + Ritonavir
Não recomendado/Evitar

Ledipasvir + Sofosbuvir Tipranavir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA PROTEASE DO VIH Tipranavir potenciado com ritonavir Prevê-se que a co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com tipranavir (potenciado com ritonavir) diminua a concentração de ledipasvir, reduzindo o efeito terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir. Esta co-administração não é recomendada. - Tipranavir
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Raltegravir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA INTEGRASE Raltegravir (400 mg duas vezes por dia)/ ledipasvir (90 mg uma vez por dia) Raltegravir (400 mg duas vezes por dia)/ sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de raltegravir. - Raltegravir
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Elvitegravir + Cobicistate + Emtricitabina + Tenofovir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA INTEGRASE Elvitegravir/ cobicistate/emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato (150 mg/ 150 mg/ 200 mg/300 mg uma vez por dia)/ledipasvir (90 mg uma vez por dia)/ sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Quando administrado com elvitegravir/ cobicistate/emtricitabina/ tenofovir disoproxil fumarato, prevê-se que Ledipasvir/sofosbuvir aumente a concentração de tenofovir. A segurança de tenofovir disoproxil fumarato no contexto terapêutico de Ledipasvir/sofosbuvir e de um intensificador farmacocinético (p. ex., ritonavir ou cobicistate) não foi estabelecida. A associação deve ser utilizada com precaução com monitorização renal frequente, se não estiverem disponíveis outras alternativas. - Elvitegravir + Cobicistate + Emtricitabina + Tenofovir
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Dolutegravir

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANTIVIRICOS ANTI-VIH: INIBIDORES DA INTEGRASE Dolutegravir Não são necessários ajustes da dose. - Dolutegravir
Contraindicado

Ledipasvir + Sofosbuvir Rosuvastatina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos INIBIDORES DA HMG-COA REDUTASE Rosuvastatina A co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com rosuvastatina pode aumentar significativamente a concentração de rosuvastatina (aumento de várias vezes da AUC), o que está associado a um aumento do risco de miopatia, incluindo rabdomiólise. A co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com rosuvastatina é contra-indicada. - Rosuvastatina
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Pravastatina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos INIBIDORES DA HMG-COA REDUTASE Pravastatina A co-administração de Ledipasvir/sofosbuvir com pravastatina pode aumentar significativamente a concentração da pravastatina, o que está associado a um aumento do risco de miopatia. Recomenda-se o controlo clínico e bioquímico nestes doentes, podendo ser necessário um ajuste da dose. - Pravastatina
Usar com precaução

Ledipasvir + Sofosbuvir Estatinas

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos INIBIDORES DA HMG-COA REDUTASE Outras estatinas Não se podem excluir interacções com outros inibidores da HMG-CoA redutase. Quando coadministradas com Ledipasvir/sofosbuvir, deve ser considerada uma dose menor de estatinas e deve ser efetuada uma monitorização cuidadosa de reacções adversas relacionadas às mesmas. - Estatinas
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Metadona

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos ANALGÉSICOS NARCÓTICOS Metadona Metadona (terapêutica de manutenção com metadona [30 a 130 mg/dia]/ sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de metadona. - Metadona
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Ciclosporina

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos IMUNOSSUPRESSORES Ciclosporina Ciclosporina (dose única de 600 mg)/sofosbuvir (dose única de 400 mg) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de ciclosporina. - Ciclosporina
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Tacrolímus

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos IMUNOSSUPRESSORES Tacrolímus Tacrolímus (dose única de 5 mg)/sofosbuvir (dose única de 400 mg) Não são necessários ajustes da dose de Ledipasvir/sofosbuvir ou de tacrolímus. - Tacrolímus
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Etinilestradiol + Norgestimato

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos contraceptivoS ORAIS Norgestimato/ etinilestradiol (norgestimato 0,180 mg/0,215 mg/ 0,25 mg/etinilestradiol 0,025 mg)/ledipasvir (90 mg uma vez por dia) Norgestimato/ etinilestradiol (norgestimato 0,180 mg/0,215 mg/ 0,25 mg/etinilestradiol 0,025 mg)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose dos Contraceptivos orais. - Etinilestradiol + Norgestimato
Sem efeito descrito

Ledipasvir + Sofosbuvir Contraceptivos orais

Observações: Quaisquer interacções que tenham sido identificadas com cada uma destas substâncias ativas individualmente podem ocorrer com a associação de Ledipasvir/Sofosbuvir.
Interacções: interacções entre Ledipasvir/sofosbuvir e outros medicamentos contraceptivoS ORAIS Norgestimato/ etinilestradiol (norgestimato 0,180 mg/0,215 mg/ 0,25 mg/etinilestradiol 0,025 mg)/ledipasvir (90 mg uma vez por dia) Norgestimato/ etinilestradiol (norgestimato 0,180 mg/0,215 mg/ 0,25 mg/etinilestradiol 0,025 mg)/sofosbuvir (400 mg uma vez por dia) Não são necessários ajustes da dose dos Contraceptivos orais. - Contraceptivos orais
Sem efeito descrito

Dolutegravir + Rilpivirina Ledipasvir + Sofosbuvir

Observações: n.d.
Interacções: Substâncias activas antivíricas Ledipasvir/Sofosbuvir/Dolutegravir: Não é necessário ajuste de dose. Ledipasvir/Sofosbuvir/Rilpivirina: Não é necessário ajuste de dose. - Ledipasvir + Sofosbuvir
Sem efeito descrito

Bictegravir + Emtricitabina + Tenofovir alafenamida Ledipasvir + Sofosbuvir

Observações: Os estudos de interacção só foram realizados em adultos.
Interacções: Ledipasvir/Sofosbuvir (90 mg/400 mg uma vez por dia), Bictegravir/Emtricitabina/Tenofovir alafenamida Não é necessário ajuste posológico com a co-administração. - Ledipasvir + Sofosbuvir
Usar com precaução

Doravirina + Lamivudina + Tenofovir Ledipasvir + Sofosbuvir

Observações: Os estudos de interacção só foram realizados em adultos.
Interacções: Agentes Antivíricos para a Hepatite C Ledipasvir + sofosbuvir (90 mg de ledipasvir DU + 400 mg de sofosbuvir DU, doravirina 100 mg DU): Doentes que recebem doravirina/lamivudina/tenofovir disoproxil concomitantemente com ledipasvir/sofosbuvir devem ser monitorizados quanto a reacções adversas associadas ao tenofovir disoproxil. - Ledipasvir + Sofosbuvir
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções do Ledipasvir + Sofosbuvir
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Não tome este medicamento durante a gravidez e amamentação.

Não conduza nem utilize máquinas caso se sinta cansado após tomar o seu medicamento.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021