Latanoprost + Timolol

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Condução DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
O Latanoprost + Timolol são dois fármacos diferentes em que ambos contribuem, mas de forma diferente, para a diminuição da pressão ocular.

O timolol pertence a um grupo de medicamentos designado por bloqueadores beta e diminui a pressão no olho pela diminuição da formação de fluido no olho.

O latanoprost diminui a pressão pelo aumento da drenagem natural do fluido do interior do olho para a corrente sanguínea.
Usos comuns
O (Latanoprost + Timolol) é utilizado para reduzir a pressão no seu olho (denominada de hipertensão ocular) e para o tratamento de glaucoma.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Redução da pressão intra-ocular (PIO) em doentes com glaucoma de ângulo aberto e hipertensão ocular que apresentam resposta insuficiente a beta-bloqueantes tópicos ou análogos de prostaglandinas.
Classificação CFT
15.04.03     Bloqueadores beta 15.04.05     Outros
Mecanismo De Ação
O latanoprost e o maleato de timolol reduzem a pressão intra-ocular (PIO) elevada por diferentes mecanismos de acção, sendo que a combinação dos efeitos origina redução adicional da pressão intra-ocular, comparativamente à administração dos componentes isoladamente.


O latanoprost, um análogo da prostaglandina F2alfa, é um agonista selectivo dos receptores prostanóides FP, que reduz a PIO por aumento da drenagem do humor aquoso.


O principal mecanismo de acção é o aumento da drenagem uveo-escleral.


Adicionalmente, no ser humano observou-se algum aumento na facilidade de drenagem (diminuição da resistência à drenagem trabecular).

O latanoprost não apresenta efeito significativo sobre a produção de humor aquoso, barreira sangue/humor aquoso ou circulação sanguínea intra-ocular.

O tratamento crónico com latanoprost nos olhos do macaco submetidos a extracção extracapsular do cristalino, não afectou os vasos sanguíneos da retina, como avaliado por angiografia fluoresceínica.

O latanoprost não induziu a dispersão da fluoresceína no segmento posterior do olho humano pseudofáquico, durante o tratamento de curta duração.


O timolol é um agente bloqueador dos receptores adrenérgicos beta-1 e beta-2 (não selectivo), que não apresenta efeito simpaticomimético intrínseco significativo, efeito depressor directo do miocárdio ou actividade estabilizante da membrana.

O timolol reduz a PIO por diminuição da formação de humor aquoso no epitélio ciliar.


Não está claramente estabelecido o mecanismo de acção, contudo é provável que seja por inibição do aumento da síntese de AMP cíclico, causada por estimulação adrenérgica beta endógena.

O timolol não demonstrou ter efeito significativo sobre a permeabilidade da barreira sangue/humor aquoso nas proteínas plasmáticas.

No coelho, após tratamento crónico, o timolol não teve efeito sobre o fluxo sanguíneo ocular local.
Posologia Orientativa
A dose habitual é de uma gota no(s) olho(s) afectado(s), uma vez por dia.
Administração
As lentes de contacto devem ser removidas antes da instilação do colírio e poderão ser de novo colocadas após 15 minutos.


Se for utilizado mais do que um medicamento oftálmico por via tópica, os medicamentos devem ser administrados com um intervalo de pelo menos cinco minutos entre eles.
Contraindicações
Latanoprost + Timolol está contra-indicado em doentes com:
- Doença reactiva das vias respiratórias, incluindo asma brônquica ou história de asma brônquica, doença pulmonar obstrutiva crónica grave.


- Bradicardia sinusal, bloqueio auriculoventricular de segundo ou terceiro grau, insuficiência cardíaca instalada, choque cardiogénico.


- Hipersensibilidade ao Latanoprost e ao Timolol
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Doenças do sistema nervoso:
Pouco frequentes: cefaleias.

Afecções oculares:
Muito frequentes: aumento da pigmentação da íris.
Frequentes: Irritação ocular (incluindo sensação de picada, ardor e prurido), dor ocular.
Pouco frequentes: hiperemia ocular, conjuntivite, visão turva, aumento do lacrimejar, blefarite, afecções da córnea.

Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneos:
Pouco frequentes: erupção cutânea, prurido.
Adicionalmente têm sido notificados acontecimentos adversos específicos da utilização dos componentes individuais de Latanoprost + Timolol Actavis, seja nos estudos clínicos, nas notificações espontâneas ou na literatura disponível.

Para o latanoprost, são os seguintes:

Doenças do sistema nervoso:
Tonturas.

Afecções oculares:
Alterações das pestanas e dos pêlos (aumento do comprimento, espessura, pigmentação e do número), erosões epiteliais punctiformes, edema periorbital, irite/uveíte, edema macular (em doentes afáquicos, pseudofáquicos com a cápsula do cristalino posterior lesada ou em doentes com factores de risco conhecidos para edema macular), secura ocular, queratite, edema e erosões da córnea, desordenamento das pestanas que, por vezes, resulta em irritação ocular, quisto na íris.

Cardiopatias:
Agravamento da angina em doentes com doença pré-existente, palpitações.

Doenças respiratórias, torácicas e do mediastino
Asma, agravamento da asma, dispneia.

Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneos:
Escurecimento da pele da pálpebra.

Afecções musculoesqueléticas e dos tecidos conjuntivos
Dor articular, dor muscular.

Perturbações gerais e alterações no local de administração:
Dor no peito.
Para o timolol, são os seguintes:

Doenças do sistema imunitário:
Sinais e sintomas de reacções alérgicas sistémicas incluindo angioedema, urticária e erupção localizada e generalizada.

Perturbações do foro psiquiátrico:
Depressão, perda de memória, diminuição da líbido, insónia, pesadelos.

Doenças do sistema nervoso:
Tonturas, parestesia, isquémia cerebral, acidente cerebrovascular, aumento dos sinais e sintomas de miastenia gravis, síncope.

Afecções oculares
Sinais e sintomas de irritação ocular incluindo queratite, diminuição da sensibilidade da córnea e secura ocular, perturbações visuais incluindo alterações refractárias (em alguns casos devido a interrupção do tratamento miótico), diplopia, ptose, descolamento da coróide (após cirurgia de filtração).

Afecções do ouvido e do labirinto:
Zumbidos.

Cardiopatias:
Palpitações, arritmia, bradicardia, paragem cardíaca, bloqueio cardíaco, insuficiência cardíaca congestiva.

Vasculopatias:
Hipotensão, fenómeno de Raynaud, mãos e pés frios.

Doenças respiratórias, torácicas e do mediastino:
Broncoespasmo (predominantemente em doentes com doença broncoespástica pré-existente), dispneia, tosse.

Doenças gastrointestinais:
Náuseas, diarreia, dispepsia, xerostomia.

Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneas:
Alopécia, erupção psoriasiforme ou exacerbação da psoríase.

Perturbações gerais e alterações no local de administração:
Astenia/fadiga, dor no peito, edema.
Advertências
Conducao
Conducao:Pode alterar a capacidade de condução. A aplicação do colírio pode causar visão turva transitória.
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Aleitamento
Aleitamento:Não deve ser utilizado na mulher a amamentar.
Precauções Gerais
Efeitos sistémicos
Tal como para outros fármacos oftálmicos aplicados por via tópica, o Latanoprost + Timolol pode ser absorvido sistemicamente.
Devido ao timolol, componente adrenérgico beta, pode ocorrer o mesmo tipo de reacções adversas cardiovasculares e pulmonares que as observadas com beta-bloqueantes sistémicos.
Os doentes com insuficiência cardíaca devem ser controlados adequadamente antes de iniciarem a terapêutica com timolol.
Os doentes com antecedentes de doença cardíaca grave devem ser avaliados para sinais de insuficiência cardíaca e as suas pulsações medidas.
Após administração de timolol foram notificadas reacções respiratórias e cardíacas, incluindo morte devido a broncospasmo em doentes asmáticos e, raramente, morte associada a insuficiências cardíacas.
Os beta-bloqueantes devem ser administrados com precaução em doentes sujeitos a hipoglicemia espontânea ou em doentes com diabetes insulino-dependente lábil, uma vez que os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas de hipoglicemia aguda.
Os betabloqueantes podem igualmente mascarar os sinais de hipertiroidismo e provocar o agravamento da angina de Prinzmetal, doença circulatória periférica e central graves e hipotensão.


Reacções anafilácticas
Durante a administração de beta-bloqueantes, os doentes com história de atopia ou história de reacções anafilácticas graves a diferentes alergenos, podem não responder às doses habituais de adrenalina utilizadas no tratamento das reacções anafilácticas.


Tratamento concomitante
O timolol pode interagir com outros fármacos.

Quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes já a tomar fármacos beta-bloqueantes por via oral, o efeito sobre a pressão intra-ocular ou os efeitos conhecidos dos beta-bloqueantes sistémicos podem ser potenciados.
A utilização de dois beta-bloqueantes locais ou de duas prostaglandinas locais não é recomendada.


Efeitos oculares
O latanoprost pode alterar gradualmente a cor do olho por aumento da quantidade de pigmento castanho na íris.
À semelhança da experiência com o colírio contendo latanoprost, foi observado aumento da pigmentação da íris em 16-20% da totalidade de doentes tratados até um ano com Latanoprost + Timolol (com base em fotografias).
Esta alteração observa-se predominantemente nos doentes com íris de cor mista, i.e. verde-castanho, amarelo-castanho ou azul/cinzento-castanho, sendo devida a um aumento no teor de melanina nos melanócitos do estroma da íris.
Tipicamente, a pigmentação castanha em torno da pupila espalha-se concentricamente em direcção à periferia do olho afectado, embora a totalidade ou partes da íris possam ficar mais castanhas.
Nos doentes com olhos homogeneamente azuis, cinzentos, verdes ou castanhos, a alteração só raramente foi observada, durante dois anos de tratamento em ensaios clínicos com latanoprost.

A alteração na cor da íris ocorre lentamente, podendo não ser perceptível durante vários meses ou anos e não foi associada a quaisquer sintomas ou alterações patológicas.

Após a interrupção do tratamento não se observou aumento da pigmentação castanha da íris, embora a alteração da coloração resultante possa ser permanente.

Os nevos e as sardas da íris não foram afectados pelo tratamento.

Não foi observada acumulação da pigmentação na rede trabecular ou noutro local da câmara anterior, contudo os doentes devem ser examinados regularmente e, dependendo da situação clínica, o tratamento pode ter de ser interrompido se ocorrer acumulação de pigmentação na íris.

Antes do tratamento ser instituído, os doentes devem ser informados da possibilidade de alteração da cor do olho.
O tratamento unilateral pode resultar em heterocromia permanente.

Não existe experiência documentada com latanoprost nas situações de glaucoma inflamatório, neovascular, de ângulo fechado crónico ou congénito, no glaucoma de ângulo aberto em doentes pseudofáquicos e no glaucoma pigmentar.
O latanoprost não tem efeitos, ou apresenta um efeito reduzido, sobre a pupila, não havendo experiência documentada em termos de ataques agudos de glaucoma de ângulo fechado.
Por conseguinte, recomenda-se precaução na utilização de Latanoprost + Timolol nestas situações, até obtenção de maior experiência.

Durante o tratamento com latanoprost foram notificados casos de edema macular, incluindo edema macular cistóide.
Estes casos ocorreram principalmente em doentes afáquicos, doentes pseudofáquicos com a cápsula do cristalino posterior lesada ou em doentes com factores de risco conhecidos para edema macular.
Nestes doentes, o Latanoprost + Timolol deve ser utilizado com precaução.

Foi notificado descolamento da coróide na administração de tratamento supressor aquoso (e.g. timolol, acetazolamida), após procedimentos de filtração.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
No caso de haver esquecimento de uma dose, o tratamento deve continuar com a administração da dose seguinte como planeada.

A dose administrada não deve exceder uma gota no(s) olho(s) afectado(s) por dia.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Antes da primeira abertura de (Latanoprost + Timolol) o frasco deverá ser conservado e transportado em ambiente refrigerado (entre 2ºC e 8ºC).


Uma vez que o frasco seja aberto (Latanoprost + Timolol) pode ser mantido à temperatura ambiente (abaixo dos 25ºC) até 28 dias.

Conserve o frasco na embalagem exterior para proteger da luz.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Latanoprost + Timolol + Prostaglandinas

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas.

Latanoprost + Timolol + Bloqueadores beta-adrenérgicos

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada.

Latanoprost + Timolol + Adrenalina

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Bloqueadores da entrada de cálcio (antagonistas de cálcio)

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Guanetidina

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Antiarrítmicos

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Glicósideos digitálicos

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Clonidina

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Antidiabéticos Orais

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Latanoprost + Timolol + Parassimpatomiméticos (ou parassimpaticomiméticos) (PSNS)

Observações: Não foram realizados estudos de interacção medicamentosa específicos com Latanoprost + Timolol. Têm sido notificadas elevações paradoxais da pressão intraocular após a administração oftálmica concomitante de dois análogos de prostaglandinas. Como tal, não está recomendada a utilização de duas ou mais prostaglandinas, análogos de prostaglandinas ou derivados de prostaglandinas. O efeito na pressão intraocular ou os efeitos conhecidos do bloqueio beta sistémico podem ser potenciados quando o Latanoprost + Timolol é administrado a doentes que já estão a receber um bloqueante beta-adrenérgico oral e a utilização de dois ou mais agentes bloqueantes beta-adrenérgicos tópicos não está recomendada. Tem sido ocasionalmente notificada midríase, quando o timolol é administrado com epinefrina. Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos. As reacções de hipertensão devido à interrupção repentina de clonidina podem ser potenciadas quando se administram beta-bloqueantes. Os beta-bloqueantes podem aumentar o efeito hipoglicemiante dos fármacos antidiabéticos. Os beta-bloqueantes podem mascarar os sinais e sintomas da hipoglicémia.
Interações: Existe um potencial para efeitos aditivos resultando em hipotensão e/ou bradicardia acentuada quando são administrados colírios contendo timolol concomitantemente com bloqueadores dos canais de cálcio orais, guanetidina ou fármacos beta-bloqueantes, antiarrítmicos, glicosídeos digitálicos ou parassimpaticomiméticos.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Latanoprost + Timolol não deve ser utilizado durante a gravidez.

Latanoprost + Timolol não deve ser utilizado na mulher a amamentar.

A aplicação do colírio pode causar visão turva transitória.

Enquanto este efeito se verificar, os doentes não deverão conduzir ou utilizar máquinas.





Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017