Hesperidina + Ruscus aculeatus + Ácido ascórbico

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Aparelho Cardiovascular - Venotrópicos.
Usos comuns
Conjunto de 3 substâncias que ajudam na circulação do sangue nas veias.

É utilizado no tratamento de sintomas como pernas pesadas e dolorosas, cãibras, formigueiros e sensação de picadas (parestesias) que estão relacionadas com este problema.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Tratamento dos sintomas relacionados com insuficiência venolinfática: pernas pesadas e dolorosas, cãibras, formigueiros, parestesias.
Classificação CFT
03.06     Venotrópicos
Mecanismo De Ação
O efeito venotónico do Ruscus aculeatus exerce-se por um mecanismo do tipo adrenérgico a dois níveis:
- efeito direto como agonista dos recetores alfa-adrenérgicos pós-sinápticos da célula lisa da parede vascular,
- efeito indireto por libertação da noradrenalina armazenada nas terminações nervosas dos recetores pré-sinápticos.


A intensidade da ação do Ruscus aculeatus é proporcional à temperatura.


No homem esta ação foi confirmada pelo método de Aellig (avaliação pelo estereomicroscópio da compliance venosa apreciada numa veia dorsal da mão).


Foram igualmente colocadas em evidência as relações dose-efeito em administração única e o papel respetivo de cada constituinte do Cyclo 3 no tono venoso.


Ação sobre a circulação linfática
- o débito linfático, avaliado no canal torácico do cão, aumentou de maneira importante e duradoura.


Ações vasculoprotectoras
- redução da permeabilidade capilar evidenciada no homem pela prova de Landis
- no homem saudável, aumento da resistência capilar evidenciado pelo método de Kramar, (formação, com o auxílio de uma ventosa, de uma depressão responsável pelo aparecimento de petéquias): aumento significativo da resistência capilar a partir da 1ª hora de administração.


O essencial desta atividade pode atribuir-se à vitamina C e à Hesperidina metil chalcona.



Posologia Orientativa
A dose habitual é de 3 cápsulas por dia, por via oral.
Administração
Via oral.

As cápsulas devem ser tomadas com um pouco de água.
Contraindicações
Hipersensibilidade à Hesperidina ao Ruscus aculeatus e ao Ácido ascórbico.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Perturbações digestivas:
- diarreia, por vezes grave (associada a um risco de emagrecimento e de perturbações hidroelectrolíticas se ocorrer continuação do tratamento) mas rapidamente reversíveis com a paragem do tratamento.

Em certos casos foi identificada colite microscópica, essencialmente linfocitária e reversível.


- náuseas e gastralgias.



Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Aleitamento
Aleitamento:Evite a utilização durante o aleitamento, uma vez que este medicamento poderá passar para o leite materno.
Precauções Gerais
Em caso de náuseas ou gastralgias, aconselha-se a administração do medicamento no início das refeições.

O aparecimento de diarreias impõe a interrupção do tratamento.

Devido à presença do ácido ascórbico, deve-se evitar tomar depois das 16 horas.



Cuidados com a Dieta
As cápsulas devem ser tomadas com um pouco de água.
Terapêutica Interrompida
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 30ºC.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Este medicamento não deverá ser utilizado durante a gravidez a menos que tal seja considerado estritamente necessário pelo seu médico.

Evite a utilização durante o aleitamento, uma vez que este medicamento poderá passar para o leite materno.

Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 10 de Março de 2016