Hélio

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Este gás medicinal é apenas para uso em diagnóstico.

O hélio (em grego: Ήλιος; transl.: Helios) é um elemento químico de símbolo He e que possui massa atómica igual a 4 u, apresentando número atômico 2 (2 prótons e 2 elétrons). À temperatura ambiente, o hélio encontra-se no estado gasoso.

Apesar da sua configuração eletrónica ser 1s2, o hélio não figura na tabela periódica dos elementos junto com o hidrogênio no blocos, está colocado no grupo 18 (VIIIA ou 0) do bloco p, já que apresenta nível de energia completo, apresentando as propriedades de um gás nobre.

Originalmente, um gás nobre era considerado incapaz de formar quaisquer compostos químicos, ou seja, inerte (não reage) como os demais elementos. Mas se submeter a grande pressão o elemento, ele formará um composto químico.
O composto, chamado helida de sódio ou Na2He, é estável em alta pressão, e suas ligações são fortes.

É um gás monoatómico, incolor e inodoro.
O hélio tem o menor ponto de evaporação de todos os elementos químicos, e só pode ser solidificado sob pressões muito grandes.
É o segundo elemento químico em abundância no universo, atrás do hidrogênio, mas na atmosfera terrestre encontram-se apenas traços, provenientes da desintegração de alguns elementos.
Em alguns depósitos naturais de gas é encontrado em quantidade suficiente para a sua exploração; usado para o enchimento de balões e dirigíveis, como líquido refrigerante de materiais supercondutores criogênicos e como gás engarrafado utilizado em mergulhos de grande profundidade.
Usos comuns
Este gás medicinal destina-se apenas para fins de diagnóstico.

É usado durante exames com hélio de fôlego múltiplo à função pulmonar e é usado para medir os volumes pulmonares.
Tipo
Sem informação.
História
O hélio foi descoberto de forma independente pelo francês Pierre Janssen e pelo inglês Norman Lockyer, em 18 de agosto de 1868, ao analisarem o cromosfera solar durante um eclipse solar ocorrido naquele ano, encontrando uma linha de emissão de um elemento desconhecido. Edward Frankland confirmou os resultados de Janssen e propôs o nome helium para o novo elemento, em honra ao deus grego do sol (Hélio) com o sufixo -ium.
Nenhuma análise química foi possível na época, porém posteriormente constatou-se que o Hélio era um gás nobre.

Em 1895 Sir William Ramsay isolou o hélio a partir do aquecimento da cleveíta, descobrindo que não era metálico, entretanto o nome original foi conservado.
Os químicos suecos Abraham Langlet e Per Teodor Cleve conseguiram também, na mesma época, isolar o elemento.

Em 1907 Ernest Rutherford e Thomas Royds demonstraram que as partículas alfa são núcleos de hélio.

Em 1908 o físico holandês Heike Kamerlingh Onnes produziu hélio líquido esfriando o gás até 0,9 K, o que lhe rendeu o prêmio Nobel.
Em 1926 seu discípulo Willem Hendrik Keesom conseguiu pela primeira vez solidificar o hélio.
Indicações
É usado para a determinação dos volumes pulmonares durante o exame de diagnóstico com hélio de fôlego múltiplo à função pulmonar.
Classificação CFT
20.04     Gases medicinais
Mecanismo De Ação
Devido à sua menor densidade, o hélio atinge um fluxo de gás mais efetivo devido à menor resistência ao fluxo de gás dentro das vias aéreas e reduz o trabalho de respiração diminuindo o gradiente de pressão necessário para alcançar um fluxo turbulento [A19136].

O hélio possui um maior coeficiente de difusão do dióxido de carbono em relação ao oxigénio, promovendo a exalação do dióxido de carbono preso.

Isso reduz a hipercapnia e normaliza o pH.

O hélio aumenta a circulação colateral coronária e melhora os efeitos vasodilatadores do óxido nítrico inalado em vasos pulmonares.

Sugere-se possuir propriedades neuroprotetoras.

Os efeitos cardioprotetores contra a isquemia são mediados por pré-condicionamento precoce e tardio, expondo os tecidos miocárdicos a episódios isquémicos curtos.

Estudos mostram que o hélio está associado à ativação de cinases de sinalização pró-sobrevivência e à inibição da abertura do poro de transição de permeabilidade mitocondrial (mPTP).
Posologia Orientativa
O gás medicinal destina-se apenas à inalação, em conjunto com exames de diagnóstico à função pulmonar.
Deve ser usado de acordo com as instruções de utilização do equipamento de diagnóstico pulmonar.

As medições de diagnóstico devem ser realizadas por pessoal médico qualificado com competências na realização de exames à função pulmonar.

Deve ser fornecido oxigénio adicional ao espirómetro para manter um nível de 25-30% desde o início do exame.
Administração
Destina-se apenas à inalação.

As medições de diagnóstico devem ser realizadas por pessoal médico qualificado com competências na realização de exames à função pulmonar.
Contraindicações
Hemoptise Pneumotórax
Aneurismas torácicos, abdominais (> 5 cm) ou cerebrais
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Não são conhecidos quaisquer efeitos indesejáveis no uso do gás medicinal em diagnósticos.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não estão previstos efeitos durante a gravidez. O Hélio pode ser usado durante a gravide
Aleitamento
Aleitamento:Não estão previstos efeitos para o recém-nascido/criança em amamentação. O Hélio pode ser usado durante a amamentação.
Precauções Gerais
Estado cardiovascular instável:
– Enfarte do miocárdio recente: a recomendação do tempo de espera para realizar o teste é de 1 semana.
– Angina de peito: recomenda-se a administração de nitroglicerina por via sublingual antes do exame.

Cirurgia ocular recente: a recomendação do tempo de espera para realizar o exame é de 2 a 3 semanas, mas podem ser apropriados tempos de espera mais longos, dependendo do tipo de cirurgia ocular. Antes de realizar exames de diagnóstico à função pulmonar, deve procurar-se aconselhamento junto do especialista relevante e os riscos de qualquer exame devem ser compensados pelos benefícios alcançados.
A presença de uma doença ou sintoma agudo que possa interferir com o exame.

Cirurgia torácica ou abdominal recente: a recomendação do tempo de espera para realizar o teste é de 4 semanas.

Incapacidade do doente em seguir as instruções para o exame específico comunicadas pelo técnico devido a doença mental ou física, ou devido à idade.

Grande refeição ou exercício físico vigoroso imediatamente antes do exame.

A obesidade mórbida pode ser uma condição em que o resultado do exame não pode ser interpretado devidamente (o VC lento é normalmente reduzido). A pletismografia corporal é a alternativa adequada.
Cuidados com a Dieta
Não fazer uma grande refeição imediatamente antes do exame.
Terapêutica Interrompida
Não utilizar uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Este medicamento deve ser mantido fora da vista e do alcance das crianças.

Os cilindros deverão ser armazenados sob uma cobertura, protegidos de condições climatéricas adversas.
Se existir um risco de incêndio, mude-os para um local seguro.
Manuseie com cuidado.
Devem ser devolvidos com uma pressão residual mínima.
Os cilindros devem ser armazenados e transportados com as válvulas fechadas.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Sem Resultados
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Informe o seu médico se estiver grávida ou a amamentar, se pensar estar grávida ou se planear ter um bebé, antes de inalar este gás medicinal.

Não estão previstos efeitos durante a gravidez.
O Hélio pode ser usado durante a gravidez.

Não estão previstos efeitos para o recém-nascido/criança em amamentação.
O Hélio pode ser usado durante a amamentação.

Este gás medicinal tem muito pouca ou nenhuma influência na capacidade de condução e operação de máquinas.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 14 de Maio de 2018