Hedera helix

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
A Hera (Hedera helix) é uma planta trepadeira do género Hedera, família Araliaceae.

É nativa da Europa Central e Ocidental.

As folhas secas dessa planta possuem propriedades fitoterápicas ao serem utilizadas por infusão, sendo indicadas para o tratamento sintomático de bronquites, graças ao seu efeito mucolitico, expectorante e broncodilatador facilitando a expectoração e melhorando a respiração.

Entretanto, o contato com a seiva da folha causa dermatite alérgica com formação de edema local, dor e eritema com lesões vesiculosas.

Além disso, as próprias folhas ou frutos quando ingeridos causam náuseas, vómitos, salivação excessiva, dor abdominal, diarréia, problemas respiratórios e neurológicos.
Usos comuns
Medicamento à base de plantas usado como expetorante no caso de tosse produtiva.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Medicamento à base de plantas usado como expetorante no caso de tosse produtiva.
Classificação CFT
05.02.02     Expetorantes
Mecanismo De Ação
O mecanismo de ação é desconhecido.
Posologia Orientativa
Comprimidos efervescentes:
Adultos e adolescentes com mais de 12 anos de idade:
1 comprimido efervescente de manhã e ½ comprimido efervescente à noite (correspondente a 97,5 mg de extrato seco de folhas de hera por dia).
Crianças entre os 6-12 anos de idade:
½ comprimido efervescente duas vezes ao dia (correspondente a 65 mg de extrato seco de folhas de hera por dia).

Solução oral:
Adultos e adolescentes com mais de 12 anos de idade:
1 saqueta (5ml), 3 vezes ao dia, que corresponde a 105 mg de extrato seco de folhas de hera.
Crianças entre 6-12 anos de idade:
1 saqueta (5ml), 2 vezes ao dia, que corresponde a 70 mg de extrato seco de folhas de hera.

Xarope:
Crianças entre 2-6 anos de idade:
2,5 ml de xarope, 2 vezes ao dia (correspondente a uma dose média diária de 35 mg de extrato seco de folhas de hera ou a 17,5 mg de extrato seco de folhas de hera por dose).
Crianças entre 6-12 anos de idade:
5 ml de xarope, 2 vezes ao dia (correspondente a uma dose média diária de 70 mg de extrato seco de folhas de hera ou a 35 mg de extrato seco de folhas de hera por dose).
Adolescentes, adultos e idosos:
5 ml de xarope, 3 vezes ao dia (correspondente a uma dose média diária de 105 mg de extrato seco de folhas de hera ou a 35 mg de extrato seco de folhas de hera por dose).
Administração
Via oral
O comprimido pode ser dividido em metades iguais.
Os comprimidos devem ser dissolvidos num copo de água (aproximadamente 100-200 ml) e tomados de manhã e à noite. Tanto pode ser usada água morna como fria para dissolver os comprimidos.

Agite suavemente a saqueta antes de tomar.
Deve tomar a saqueta, sem diluir, de manhã (ao almoço) e à noite

Tomar o xarope com o copo medida contido na embalagem.
Agitar bem o frasco antes de cada utilização.
O xarope deve ser tomado de manhã (ao almoço) e à noite

Não deve ser usado por períodos superiores a 4-5 dias sem recomendação médica.
Contraindicações
Hipersensibilidade à Hedera helix, hera, plantas da família Araliaceae
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Frequentes – Reações gastrointestinais (náuseas, vómitos, diarreia) foram reportadas.
Pouco frequentes – Reações alérgicas (urticária, rash cutâneo, tuberoses, dispneia) podem ocorrer.
Não exceder a dose diária recomendada. A ingestão de doses significativamente elevadas (mais de três vezes a dose diária) pode causar náuseas, vómitos, diarreia e agitação.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Aleitamento
Aleitamento:Este medicamento não deve ser usado durante o aleitamento.
Precauções Gerais
Não se recomenda a utilização dos comprimidos efervescentes em crianças com menos de 6 anos de idade.

Dado que as saquetas contêm 5 ml de solução oral, a administração da solução oral não está indicada em crianças com idade inferior a 6 anos.

Tosse persistente ou recorrente em crianças entre os 2-4 anos de idade requer um diagnóstico médico antes do tratamento.

Poderá haver risco para a saúde em doentes com intolerância congénita à frutose. Doentes com problemas hereditários raros de intolerância à frutose não devem tomar este medicamento.

Não usar em associação com antitússicos, tais como a codeína ou o dextrometorfano, sem recomendação médica.

Recomenda-se precaução em doentes com gastrite ou úlcera gástrica.

Se ocorrer dispneia, febre ou expectoração purulenta deverá consultar o médico.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Continue a tomar este medicamento como prescrito pelo seu médico.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Não são conhecidas interações com outros medicamentos. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

Este medicamento não deve ser usado durante a gravidez e o aleitamento, por não existirem estudos suficientes realizados em mulheres grávidas ou a amamentar.

Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 10 de Março de 2016