ais

Erenumab

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Erenumab pertence a um grupo de medicamentos chamados anticorpos monoclonais.

Atua através do bloqueio da atividade da molécula CGRP, que foi relacionada com a enxaqueca (CGRP significa peptídeo relacionado com o gene da calcitonina).

É utilizado para prevenir a enxaqueca em adultos que têm pelo menos 4 dias de enxaqueca por mês.
Usos comuns
É indicado para o tratamento profilático da enxaqueca em adultos que têm pelo menos 4 dias de enxaqueca por mês.
Tipo
Biotecnologia.
História
Foi aprovado pelo FDA em maio de 2018.
Indicações
É indicado para o tratamento profilático da enxaqueca em adultos que têm pelo menos 4 dias de enxaqueca por mês.
Classificação CFT

N.D.

Mecanismo De Ação
O erenumab é um anticorpo monoclonal humano que se liga ao recetor do peptídeo relacionado com o gene da calcitonina (CGRP). O recetor CGRP está localizado em locais que são relevantes para a patofisiologia da enxaqueca, tais como o gânglio trigémio. Erenumab, compete potente e especificamente com a ligação do CGRP e inibe a sua função no recetor CGRP, e não tem atividade significativa contra outros membros da família dos recetores da calcitonina.

O CGRP é um neuropeptídeo que modula a sinalização nociceptiva e um vasodilatador que foi associado com a patofisiologia da enxaqueca. Em contraste com outros neuropeptídeos, foi demonstrado que os níveis de CGRP aumentam significantivamente durante a enxaqueca e regressam ao normal com o alívio da cefaleia. Em doentes, a perfusão intravenosa de CGRP induz cefaleia do tipo enxaqueca.

A inibição dos efeitos do CGRP poderá teoricamente atenuar a vasodilatação compensatória em condições relacionadas com isquémia. Um estudo avaliou o efeito de uma dose intravenosa única de 140 mg de Aimovig em doentes com angina estável sob condições controladas de exercício. Aimovig demonstrou uma duração similar de exercício em comparação com placebo e não agravou a isquemia miocárdica nestes doentes.
Posologia Orientativa
A dose recomendada é 70 mg de erenumab a cada 4 semanas.
Administração
Sua administração ocorre uma vez ao mês por via subcutânea.

O tratamento deve ser iniciado por médicos com experiência no diagnóstico e tratamento da enxaqueca.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Erenumab.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
A maioria destes efeitos secundários são ligeiros a moderados.

Frequentes: podem afetar até 1 em 10 pessoas
- prisão de ventre
- comichão
- espasmos musculares
- reações no local de injeção, tais como dor, vermelhidão e inchaço onde a injeção é administrada.

Erenumab poderá causar reações cutâneas tais como erupção na pele ou comichão que são habitualmente ligeiras.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Como medida de precaução, é preferível evitar a utilização durante a gravidez.
Aleitamento
Aleitamento:Poderá ser considerada a utilização de Erenumab na amamentação apenas se clinicamente necessário.
Precauções Gerais
Doentes com determinadas doenças cardiovasculares major foram excluídos dos estudos clínicos. Não existem dados de segurança disponíveis nestes doentes.
Cuidados com a Dieta
Não aplicável.
Terapêutica Interrompida
- Se se tiver esquecido de uma dose, tome-a assim que possível após ter percebido.
- Depois contacte o seu médico, que lhe dirá quando deve agendar a sua próxima toma. Siga o novo esquema exatamente como o seu médico lhe indicou.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Manter a(s) seringa(s) dentro da embalagem exterior para proteger da luz.
Conservar no frigorífico (2°C – 8°C). Não congelar.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Erenumab + Contracetivos orais

Observações: Não é esperado qualquer efeito na exposição de medicamentos coadministrados com base nas vias metabólicas de anticorpos monoclonais.
Interações: Não foram observadas quaisquer interações com contracetivos orais (etinilestradiol/norgestimato) ou sumatriptano nos estudos com volutários saudáveis.

Erenumab + Etinilestradiol + Norgestimato

Observações: Não é esperado qualquer efeito na exposição de medicamentos coadministrados com base nas vias metabólicas de anticorpos monoclonais.
Interações: Não foram observadas quaisquer interações com contracetivos orais (etinilestradiol/norgestimato) ou sumatriptano nos estudos com volutários saudáveis.

Erenumab + Sumatriptano

Observações: Não é esperado qualquer efeito na exposição de medicamentos coadministrados com base nas vias metabólicas de anticorpos monoclonais.
Interações: Não foram observadas quaisquer interações com contracetivos orais (etinilestradiol/norgestimato) ou sumatriptano nos estudos com volutários saudáveis.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Como medida de precaução, é preferível evitar a utilização durante a gravidez.

Poderá ser considerada a utilização de Erenumab na amamentação apenas se clinicamente necessário.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 15 de Janeiro de 2020