Enxofre

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Talvez possa afirmar-se ser o enxofre, o produto desde sempre mais utilizado na terapêutica dermatológica.

Com efeito, o enxofre tem muitas acções farmacológicas, que podem ser preciosas quando a sua concentração é adequada à situacção clínica e quando utilizado apropriadamente em cada caso.

O enxofre é um queratolítico, anti-séptico moderado e parasiticida, largamente utilizado no tratamento do acne, caspa e seborreia.
Usos comuns
Acne ligeiro a moderado.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Acne ligeiro a moderado.
Classificação CFT

13.04.02.01 : De aplicação tópica

Mecanismo De Acção
O enxofre tem sido utilizado em preparações para o acne, com concentrações que variam entre os 2% e os 10%, e embora os motivos para a sua utilização sejam a presunção das suas acções queratolítica e antibacteriana, o seu mecanismo de acção contínua desconhecido.

Pensa-se, no entanto, que aquelas possam resultar da sua conversão em ácido pentatiónico nas células da epiderme, ou através da acção de certos micro-organismos à superfície da pele.

Segundo Strackosch, E.A. a acção queratolítica do enxofre, deve-se à sua transformação em sulfato de hidrogénio, quando em contacto com a pele.

O grau de conversão é desconhecido e não existem mais dados sobre este assunto.

Scott, A., assinalou que o enxofre radioactivo era absorvido pela pele normal em 8 horas e desaparecia da sua superfície em 24 horas (a extensão d absorção e a formulação não eram comentadas).

Em doentes com acne, a taxa de penetração através da epiderme era a mesma que na pele normal, no entanto, a acumulação de enxofre radioactivo no conteúdo das glândulas sebáceas, era 10 vezes superior à da pele normal e mantinha-se em concentrações elevadas pelo menos durante três semanas.

Um estudo mostrou que o enxofre poderia ter efeitos comedogénicos.

Mills, O.H. e Kligman, A.M. foram capazes de induzir o aparecimento de comedões em coelhos, após a aplicação de enxofre 2 - 8%, no canal auricular externo.

O mesmo resultado foi obtido em humanos, mas com concentrações de 2,5 – 5%.

Strauss, J.S. et al., no entanto, foram incapazes de reproduzir estes resultados, usando métodos idênticos em 52 doentes tratados com enxofre a 5% em dois veículos diferentes.

A conclusão obtida, é de que apenas um dos veículos foi associado à produção de comedões.

Avaliação da potencial comedogeneicidade do enxofre
Este estudo destinou-se a reavaliar a questão da eventual comedogenecidade do enxofre quando aplicado topicamente.

Os estudos foram feitos por dois investigadores diferentes, em duas instituições separadas, com grupos de 12 e 40 sujeitos respectivamente.

Amostras (biópsias) foram retiradas dos locais testados, antes e depois de um tratamento de seis semanas.

Cada sujeito recebeu um produto teste de 5% de enxofre em triton x-100 ou em carbopol 934p como veículos e um de dois controlos constituídos por veículo triton x-100 e “dry patch test”.

A conclusão foi de que nenhuma ligação ou correlação foi notada entre a presença ou ausência de enxofre nas formulações e o aparecimento de comedões.

O veículo trton x-100, por si só, parece ser comedogénico nas condições de experimentação testadas.
Posologia Orientativa
Aplicar 2 a 3 vezes por dia, uma quantidade suficiente para cobrir, com uma fina camada, as zonas afectadas.

Espalhar suavemente.

Se a pele secar demasiado, reduzir para 1 ou 2 aplicações diárias.
Administração
Via cutânea.
Limpar cuidadosamente a pele antes de utilizar
Contra-Indicações
Pele seca e escamosa.
Hipersensibilidade ao Enxofre.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Prurido, dermatite, enrubescimento e esfoliação da pele.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:O enxofre tópico só deve ser administrado durante a gravidez, quando os benefícios superam os riscos.
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:Não existem dados sobre a excreção de enxofre tópico no leite humano.
Precauções Gerais
Usar apenas nas áreas afectadas.
Evitar o contacto com os olhos.
Não usar em grandes áreas do corpo.
Não existem estudos que permitam a sua utilização com segurança na gravidez, lactação.
O uso de outros medicamentos tópicos antiacne e produtos cosméticos adstringentes, simultânea ou imediatamente após o uso de deste medicamento, pode produzir secura excessiva e irritação da pele, pelo que deve ser evitado.

O enxofre pode interagir com abrasivos ou sabonetes ou loções de limpeza medicinais, preparações antiacneicas ou preparações que contenham agentes esfoliantes, tais como: peróxido de benzoíla, resorcinol, ácido salicílico, tretinoína, preparações tópicas que contenham álcool como loções pós-barba, adstringentes, produtos de higiene perfumados, loções ou cremes para a barba, cosméticos ou sabonetes com forte efeito adstringente, isotretinoína, cosméticos ou maquiagem medicinais, compostos tópicos de mercúrio.
Cuidados com a Dieta
Não aplicável.
Terapêutica Interrompida
Reiniciar o tratamento da forma habitual.
Cuidados no Armazenamento
Conservar a temperatura inferior a 25ºC.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Não recomendado/Evitar

Enxofre Medicamentos/Produtos de aplicação tópica

Observações: n.d.
Interacções: O uso de outros medicamentos tópicos anti-acne e outros produtos cosméticos adstringentes, em simultâneo, ou imediatamente após o uso de Enxofre, pode produzir secura excessiva e irritação da pele, pelo que deve ser evitado. - Medicamentos/Produtos de aplicação tópica
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções do Enxofre
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

O enxofre tópico só deve ser administrado durante a gravidez, quando os benefícios superam os riscos.

Não existem dados sobre a excreção de enxofre tópico no leite humano.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021