Dutasterida + Tansulosina

DCI com Advertência na Gravidez
Fórmula Estrutural
Nome IUPAC (1S,3aS,3bS,5aR,9aR,9bS,11aS)-N-[2,5-bis(trifluoromethyl)phenyl]-9a,11a-dimethyl-7-oxo-1,2,3,3a,3b,4,5,5a,6,9b,10,11-dodecahydroindeno[5,4-f]quinoline-1-carboxamide;5-[(2R)-2-[2-(2-ethoxyphenoxy)ethylamino]propyl]-2-methoxybenzenesulfonamide
Número CAS Sem informação.
PubChem 11679580
ChemSpider Sem informação.
Código ATC | G04CA | G04 |
DCB Sem informação.
Fórmula química C47H58F6N4O7S
Massa molar 937.041439
SMILES CCOC1=CC=CC=C1OCCNC (C) CC2=CC (=C (C=C2) OC) S (=O) (=O) N.CC12CCC3C (C1CCC2C (=O) NC4=C (C=CC (=C4) C (F) (F) F) C (F) (F) F) CCC5C3 (C=CC (=O) N5) C
InChI 1S/C27H30F6N2O2. C20H28N2O5S/c1-24-11-9-17-15 (4-8-21-25 (17, 2) 12-10-22 (36) 35-21) 16 (24) 6-7-19 (24) 23 (37) 34-20-13-14 (26 (28, 29) 30) 3-5-18 (20) 27 (31, 32) 33;1-4-26-17-7-5-6-8-18 (17) 27-12-11-22-15 (2) 13-16-9-10-19 (25-3) 20 (14- 16) 28 (21, 23) 24/h3, 5, 10, 12-13, 15-17, 19, 21H, 4, 6-9, 11H2, 1-2H3, (H, 34, 37) (H, 35, 36); 5-10, 14-15, 22H, 4, 11-13H2, 1-3H3, (H2, 21, 23, 24) /t15-, 16-, 17-, 19+, 21+, 24-, 25+;15-/m01/s1
Key SHHCJPKACHSWFP-NMXGMQNUSA-N
Ponto de fusão Sem informação.
Ponto de ebulição Sem informação.
Solubilidade Sem informação.
Biodisponibilidade Dutasterida: A biodisponibilidade absoluta é aproximadamente 60%.
Tansulosina: é absorvida ao nível do intestino e é quase completamente biodisponível.
Metabolismo Dutasterida: é extensamente metabolizada in vivo. A dutasterida é metabolizada in vitro pelo citocromo P450 3A4 e 3A5 em três metabolitos monohidroxilados e um metabolito dihidroxilado.
Tansulosina: tem um efeito de primeira passagem reduzido, sendo metabolizado lentamente. O fármaco é metabolizado no fígado.
Semivida Dutasterida: Doses únicas
Ligação plasmática Dutasterida: elevada ligação às proteínas plasmáticas (>99,5%).
Tansulosina: liga-se em cerca de 99% às proteínas plasmáticas
Excreção Dutasterida: Após administração oral de 0,5 mg/dia de dutasterida até ao estado estacionário, 1,0% a 15,4% (5,4% de valor médio) da dose administrada é excretada como dutasterida inalterada nas fezes. O restante é excretado nas fezes na forma de 4 metabolitos principais, compreendendo cada um 39%, 21%, 7% e 7% de material relacionado com o fármaco e 6 metabolitos secundários (menos de 5% cada). Apenas vestígios de dutasterida inalterada (menos de 0,1% da dose) são detetados na urina humana.
Tansulosina: A tansulosina e os seus metabolitos são excretados principalmente através da urina, cerca de 9% da dose administrada é detectada na urina sob a forma de substância activa inalterada.
Classificação legal Sem informação.
Nome Comercial de Referência Combodart, Juteo
Licença Sem informação.
Cat. Gravidez Categoria X - nocivo para o feto; o risco ultrapassa o benefício e, portanto, está contra-indicado na gravidez.
Estado Legal MSRM
Via de Adm. Oral
Notas, Referências & Links Externos

PubChem

Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 31 de Outubro de 2019