Deferasirox

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
Desferrasirox ou Deferasirox

O Deferasirox é um quelante de ferro oral.

O seu principal uso é reduzir a sobrecarga de ferro crónica em Pacientes que estão a receber transfusões de sangue a longo prazo para doenças como a betatalassemia e outras anemias crónicas.
Usos comuns
O Deferasirox é utilizado para tratar a sobrecarga de ferro causada por transfusões de sangue em adultos e crianças, pelo menos, com 2 anos de idade.

O Deferasirox é também usado para tratar a síndrome de sobrecarga de ferro crónica causada por uma doença genética do sangue em adultos e crianças que tenham pelo menos 10 anos de idade.
Tipo
Molécula pequena.
História
Sem informação.
Indicações
Deferasirox é um quelante do ferro que é um medicamento usado para remover do seu corpo o excesso de ferro (também chamado sobrecarga de ferro).

As transfusões de sangue repetidas podem ser necessárias em doentes com vários tipos de anemia (por exemplo, talassemia, doença das células falciformes ou síndromas mielodisplásticos).

No entanto, as transfusões de sangue repetidas podem causar uma acumulação de excesso de ferro.

Isto acontece porque o sangue contém ferro e o organismo não tem uma forma natural de remover o ferro em excesso que recebe com as transfusões sanguíneas.

Em doentes com síndromes talassémicas não dependentes de transfusão, pode também, com o tempo, desenvolver-se sobrecarga de ferro, sobretudo devido ao aumento da absorção do ferro proveniente dos alimentos em resposta a valores baixos de células sanguíneas.

Ao longo do tempo, o excesso de ferro pode danificar órgãos importantes tais como o fígado e o coração.

Os medicamentos chamados quelantes do ferro são usados para remover o excesso de ferro e reduzir o risco de causar danos nos órgãos.

Deferasirox é usado no tratamento da sobrecarga crónica de ferro causada por transfusões de sangue frequentes em doentes com beta talassemia major com 6 anos de idade ou mais.

Deferasirox também é utilizado no tratamento da sobrecarga crónica de ferro quando o tratamento com a deferoxamina está contraindicado ou é inadequado em doentes com beta talassemia major com sobrecarga de ferro causada por transfusões de sangue pouco frequentes, em doentes com outros tipos de anemias, e em crianças com 2 a 5 anos de idade.

Deferasirox é também utilizado quando a terapêutica com desferroxamina é contraindicada ou inadequada para tratar doentes com idade igual ou superior a 10 anos com sobrecarga de ferro associada a síndromes de talassemia, mas que não sejam dependentes de transfusão.

Deferasirox agrega e remove o excesso de ferro que é depois excretado, principalmente nas fezes.
Classificação CFT

17 : MEDICAMENTOS USADOS NO TRATAMENTO DE INTOXICAÇÕES

Mecanismo De Ação
O deferasirox é um quelante oralmente ativo que é altamente seletivo para o ferro (III).

É um ligando tridentado que liga-se ao ferro com uma elevada a finidade numa razão de 2:1.

O deferasirox promove a excreção do ferro, primariamente nas fezes.

O deferasirox tem uma baixa afinidade para o zinco e o cobre e não provoca concentrações séricas baixas constantes destes metais.
Posologia Orientativa
A dose de Deferasirox será diferente para diferentes Pacientes.

Seguir as instruções do Médico assistente ou as instruções na embalagem. As informações a seguir contemplam apenas as doses médias de Deferasirox.

Se a dose do Paciente é diferente, não a alterar a não ser que o Médico assistente o indique. A quantidade de medicamento a tomar depende da sua dosagem.

Além disso, o número de doses a tomar diariamente, o intervalo entre estas, e a duração do tratamento, dependem do problema Médico para o qual o Doente está a usar o medicamento.

Dosagem oral (comprimido de suspensão):
Para sobrecarga crónica de ferro após transfusões de sangue:
– Adultos e crianças com 2 anos de idade e mais velhos – A dose é baseada no peso corporal e deve ser determinada pelo Médico.

A dose inicial é geralmente de 20 miligramas (mg) por quilograma (kg) de peso corporal por dia.

O Médico pode ajustar a dose conforme necessário. No entanto, a dose geralmente não é superior a 40 mg por kg, por dia.

– Crianças com menos de 2 anos de idade, uso e dose devem ser determinados pelo Médico assistente.

Para a sobrecarga crónica de ferro em síndrome de talassemia não-dependente de transfusão:
– Adultos e crianças com 10 anos de idade e mais velhas – A dose é baseada no peso corporal e deve ser determinada pelo Médico.

A dose inicial é geralmente de 10 miligramas (mg) por quilograma (kg) de peso corporal por dia. O Médico assistente pode ajustar a dose conforme necessário. No entanto, a dose geralmente não é mais do que 20 mg por kg, por dia.

– Crianças com menos de 10 anos de idade – o uso e dose devem ser determinados pelo Médico.
Administração
Via oral.

O tratamento com Deferasirox deve ser iniciado e mantido por médicos experientes no tratamento de sobrecarga crónica de ferro.

Tome Deferasirox uma vez por dia, todos os dias, aproximadamente à mesma hora cada dia.

- Tome os comprimidos com o estômago vazio.

- Depois, aguarde 30 minutos antes de ingerir quaisquer alimentos.

Tomar Deferasirox à mesma hora todos os dias irá também ajudá-lo a lembrar-se de quando tomar os comprimidos.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Deferasirox.

A associação com outras terapêuticas quelantes de ferro, uma vez que a segurança de tais associações não foi estabelecida.

Os doentes com a depuração da creatinina estimada <60 ml/min.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Alguns efeitos secundários podem ser graves e requerem atenção médica imediata.

Estes efeitos secundários são pouco frequentes ou raros.

- Se tiver erupção cutânea grave, ou dificuldade em respirar e tonturas ou inchaço, principalmente na face e na garganta (sinais de reação alérgica grave),

- Se tiver erupção cutânea grave, vermelhidão da pele, bolhas nos lábios, olhos ou boca, descamação da pele, dor de garganta (sina is de reação cutânea grave),

- e notar uma diminuição marcada do volume da sua urina (sinal de problemas nos rins),

- Se sentir uma combinação de sonolência, dor abdominal na parte superior direita, amarelecimento, ou amarelecimento aumentado da sua pele ou olhos, e urina escura (sinal de problemas no fígado),

- Se vomitar sangue e/ou tiver fezes negras,

- Se sentir frequentemente dor abdominal, particularmente após a refeição ou após a toma de Deferasirox,

- Se sentir frequentemente azia,

- Se sentir perda parcial da visão, Pare de tomar este medicamento e informe imediatamente o seu médico.

Alguns efeitos secundários podem tornar-se graves.

Estes efeitos secundários são pouco frequentes, ou seja, podem afetar até 1 em 100 pessoas.

- Se sentir a visão turva ou enevoada,
- Se sentir perda de audição, informe o seu médico logo que possível.

Alguns efeitos secundários são muito frequentes.

Estes efeitos secundários podem afetar mais de 1 em 10 pessoas.

- Alterações nos testes da função renal.

Alguns efeitos secundários são frequentes.

Estes efeitos secundários podem afetar até 1 em 10 pessoas.

- Perturbações gastrointestinais, tais como náuseas, vómitos, dor no abdómen, enfartamento, prisão de ventre, indigestão
- Erupção cutânea
- Dores de cabeça
- Alteração dos testes que avaliam o func ionamento do fígado
- Comichão
- Alteração da análise de urina (proteínas na urina) Se algum deste s efeitos o afectar gravemente, informe o seu médico.

Outros efeitos secundários são pouco frequentes.

Estes efeitos secundários podem afetar até 1 em 100 pessoas.

- Tonturas
- Febre
- Dor de garganta
- Inchaço dos braços ou das pernas
- Alterações da cor da pele
- Ansiedade
- Perturbação do sono
- Fadiga Se algum destes efeitos o afectar gravemente, informe o seu médico.

Frequência desconhecida (não pode ser estimada a partir do s dados disponíveis).

- Diminuição do número de células envolvidas na coagulação sanguínea (trombocitopenia), do número de glóbulos vermelhos ( agravamento da anemia), no número de glóbulos brancos (neutropenia) ou do número de todos os tipos de células sanguíneas (pancitopenia)
- Queda de cabelo
- Pedras nos rins
- Diminuição do volume de urina
- Perfuração do estômago ou do intestino
- Nível anormal de ácido no sangue
Advertências

Sem informação.

Precauções Gerais
É muito importante que o médico verifique o seu progresso em visitas regulares. Assim o médico verá se o medicamento está funcionando corretamente e se deverá continuar a tomá-lo. Podem ser necessários exames de sangue e urina para verificar se há efeitos indesejáveis.

O Deferasirox pode levar algumas pessoas a ter problemas de audição e de visão dentro de algumas semanas depois de começar a tomá-lo. Se perceber qualquer problema com a audição ou visão, como visão turva, dificuldade de visão noturna, ou dificuldade em ver as cores, consulte o médico assim que possível.

O Deferasirox pode causar um tipo grave de reação alérgica chamada de anafilaxia. A Anafilaxia pode ser fatal e exige atenção médica imediata. Chame o médico imediatamente se tiver uma erupção cutânea, comichão, rouquidão, dificuldade em respirar, em engolir, ou qualquer inchaço das mãos, rosto ou na boca, enquanto estiver a tomar Deferasirox.

O Deferasirox vai reduzir o número de alguns tipos de células do sangue em seu corpo. Devido a isso, podem sangrar ou ter infeções mais facilmente. Para ajudar com esses problemas, evite estar perto de pessoas que estão doentes ou têm infeções. Lave as mãos com frequência. Fique longe de desportos exigentes ou outras situações de onde poderia sair magoado, com cortes ou feridas.

Escove os dentes e use o fio dentário suavemente. Tenha cuidado ao usar objetos cortantes, incluindo lâminas de barbear e corta-unhas.

Fale com o médico imediatamente se sente agitação, confusão, diminuição da diurese, letargia, espasmos musculares, ganho rápido de peso, convulsões, ou inchaço da face, tornozelos, ou nas mãos. Podem ser sintomas de um problema grave nos rins.

Fale com o médico imediatamente se tem dor na parte superior do estômago, fezes claras, urina escura, perda de apetite, náuseas, cansaço anormal, ou os olhos ou pele amarelecida. Podem ser sintomas de um problema grave de fígado.

Fale com o médico imediatamente se tiver dor abdominal ou de estômago, cólicas, ardor, fezes pretas, obstipação, diarréia, azia, indigestão, náuseas ou vómitos de sangue ou material semelhante a borras de café. Estes podem ser sintomas de um problema grave de estômago ou intestino.

Reações cutâneas graves podem ocorrer com Deferasirox. Suspenda o uso de Deferasirox e fale com o médico imediatamente se tiver bolhas, descamação ou afrouxamento da pele, lesões avermelhadas na pele, feridas ou úlceras dermatológicas, ou febre ou calafrios, enquanto está a tomar Deferasirox.

Se tem diarreia ou vómitos, beber bastante água ou líquidos para manter o corpo hidratado. Deferasirox pode levar alguns pacientes a ficarem com toturas. Não conduzir, utilizar máquinas, ou executar tarefas que possam ser perigosas até saber como Deferasirox o afecta.

Não tome outros medicamentos que não tenham sido discutidas com o médico, incluindo medicamentos com ou sem receita (OTC), fitoterapêuticos ou suplementos vitamínicos.

Não tome Deferasirox com antiácidos contendo alumínio.
Cuidados com a Dieta
A dispersão em bebidas carbonatadas ou leite não é recomendada devido à formação de espuma e dispersão lenta, respectivamente.

A alimentação provoca aumentos inconsistentes na biodisponibilidade deste produto.

Os comprimidos devem ser completamente dispersos em água, sumo de laranja ou sumo de maçã e a suspensão resultante deve ser ingerida imediatamente (depois de engolir a suspensão, qualquer resíduo deve ser ressuspenso em pequeno volume de líquido e engolido).

Os comprimidos devem ser tomados com o estômago vazio, pelo menos 30 minutos antes de uma refeição, de preferência ao mesmo tempo, todos os dias.
Terapêutica Interrompida
Se se esquecer de tomar uma dose, tome-a logo que se lembre nesse dia.

Tome a sua próxima dose conforme planeado.

Não tome uma dose a dobrar no dia seguinte para compensar o(s) comprimido(s) que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Como precaução, recomenda-se que Deferasirox não seja usado durante a gravidez, a não ser que seja claramente necessário.

Deferasirox pode diminuir a eficácia dos contracetivos hormonais.

A amamentação não é recomendada durante o tratamento com deferasirox.

Os doentes que sintam tonturas como reação adversa frequente devem ter precaução quando conduzem ou utilizam máquinas.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 08 de Setembro de 2020