Azatadina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência na Insuficiência Hepática DCI com Advertência na Condução
O que é
A azatidina é um anti-histamínico.

Bloqueia os efeitos da histamina química que ocorre naturalmente no corpo humano.
Usos comuns
Azatidina é usada para tratar espirros, nariz a pingar, comichão, olhos lacrimejantes, urticária, erupções cutâneas, comichão, e outros sintomas de alergias e de constipação comum.

Azatidina também pode ser utilizado para outros fins que não aqueles listados aqui.
Tipo
pequena molécula
História
Sem informação.
Indicações
Rinite alérgica sazonal e perene, urticária crónica, prurido e picadas de insetos.
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
Os anti-histamínicos, tais como azatadina parecem competir com a histamina nos locais dos receptores da histamina H1 sobre as células efectoras.

Os anti-histamínicos antagonizam esses efeitos farmacológicos de histamina, que são mediadas através da activação dos locais de receptor H1 e, assim, reduzir a intensidade de reacções alérgicas e de resposta à lesão de tecidos que envolvem a libertação de histamina.
Posologia Orientativa
Dose usual adulta para Reação alérgica: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia

Dose usual adulta para Rinite alérgica: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia

Dose usual adulta para Urticária: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia

Dose usual pediátrica para Reação alérgica: menos de 12 anos: não recomendado.

Maior ou igual a 12 anos: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia

Usual Dose pediátrica para Rinite alérgica:
Menos de 12 anos: não recomendado
Maior ou igual a 12 anos: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia

Dose usual pediátrica para Urticária:
Menores de 12 anos: não recomendado
Maiores ou igual a 12 anos: 1 a 2 mg por via oral duas vezes por dia.
Administração
Tomar cada dose com um copo cheio de água.
Contraindicações
Não há evidência de efeitos mutagénicos, carcinogénicos ou teratogénicos.

Não recomendado o seu uso durante a gravidez a não ser em situações absolutamente necessárias.

Não se recomenda antes de 1 ano.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Deve parar de tomar azatidina e procurar atendimento médico de emergência se experimentar uma reação alérgica (dificuldade em respirar, fechamento da garganta, inchaço dos lábios, língua, face ou urticária).

Outros efeitos colaterais menos graves têm maior probabilidade de ocorrer. Deve continuar a tomar azatidina e falar com o médico se sentir:
sonolência, fadiga ou tonturas;
dor de cabeça;
boca seca, ou
dificuldade em urinar ou aumento da próstata.
Advertências
Insuf. Hepática
Insuf. Hepática:Evitar; Ver Anti-histamínicos.
Conducao
Conducao:Pode alterar a capacidade de condução.
Gravidez
Gravidez:Todos os trimestres: B - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiência em animais não foram encontrados riscos, mas foram encontrados efeitos colaterais que não foram confirmado nas mulheres, especialmente durante o último trimestre de gravidez.
Precauções Gerais
Não tomar azatidina se tiver tomado um inibidor da monoamina oxidase (IMAO), tais como isocarboxazid, fenelzina, ou tranilcipromina nos últimos 14 dias.

Pode ocorrer uma interacção muito perigosa à substância, conduzindo a efeitos secundários graves.

Antes de tomar este medicamento, deve informar o médico se tiver:
– glaucoma ou aumento da pressão no olho;
– uma úlcera de estômago;
– um aumento da próstata, problemas de bexiga ou dificuldade em urinar;
– uma tiroide hiperativa (hipertireoidismo);
– hipertensão ou qualquer tipo de problemas cardíacos, ou
– asma.

É possível que não possa tomar azatidina, ou que tenha de tomar uma dose mais baixa ou tenha de ser alvo de uma monitoração especial durante o tratamento se tiver alguma das condições listadas atrás.

No FDA a azatidina na gravidez é categoria B.
Isto significa que é improvável que prejudique o feto.

Se estiver grávida não tomar azatidina sem primeiro falar com o médico.

A azatidina passa para o leite materno.

As crianças são especialmente sensíveis aos efeitos dos anti-histamínicos, podendo ocorrer sérios problemas secundários a um bebé em amamentação.

A azatidina não é recomendada se está a amamentar um bebé.

Não tomar azatidina sem primeiro falar com o médico se estiver a amamentar.

Se tiver mais de 60 anos de idade, pode ter maior propensão para sentir os efeitos colaterais da azatidina.

Pode necessitar de uma dose menor da medicação.
Cuidados com a Dieta
A azatidina pode ser tomado com ou sem alimentos.
Terapêutica Interrompida
Tomar a dose assim que se lembrar.

No entanto, se estiver quase na hora da próxima dose, ignorar a dose esquecida e tomar apenas a dose seguinte programada regularmente.

Não tomar uma dose dupla da medicação salvo indicado pelo médico.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Guardar azatidina à temperatura ambiente longe da humidade e calor.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Tenha cuidado ao conduzir, operar máquinas, ou executar outras atividades perigosas.

Azatidina pode causar tonturas ou sonolência.

Se sentir tonturas ou sonolência, evitar tais atividades.

A ingestão de álcool deve ser feita com cautela.

O álcool pode aumentar a sonolência e as tonturas enquanto estiver a tomar azatidina.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017