Aspartato de arginina

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
O aspartato de arginina é um dipéptido constituído pela união de dois aminoácidos cuja atividade é de fundamental importância para o metabolismo celular.

Intervém em todas as situações em que seja necessária uma ação desintoxicante anti-amoniémica, um aporte dietético suplementar de aminoácidos de rápida assimilação, uma estimulação do processo metabólico-eutrófico e uma melhoria do rendimento físico e psíquico.

Na dose adequada é capaz de promover o anabolismo proteico, desempenhando uma importante ação hepatoprotectora e psicotrófica.
Usos comuns
Estados de astenia (fadiga) de causa identificada (física, psíquica ou sexual).
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Utilizado na fadiga física, psíquica, ou sexual de causa identificada.
Classificação CFT

02.13.01 : Medicamentos utilizados no tratamento sintomático das alterações das funções cognitivas

Mecanismo De Ação
O aspartato de arginina é um dipéptido constituido pela união de dois aminoácidos cuja atividade é de fundamental importância para o metabolismo celular.

Intervém em todas as situações em que seja necessária uma ação desintoxicante anti-amoniémica, um aporte dietético suplementar de aminoácidos de rápida assimilação, uma estimulação do processo metabólico-eutrófico e um melhoramento do rendimento físico e psíquico.

Na dose adequada é capaz de promover o anabolismo proteico, desempenhando uma importante ação hepatoprotectora e psicotrófica.
Posologia Orientativa
A dose usual recomendada é de 1 ampola 2 a 3 vezes por dia.
Administração
Deve ser tomado, de preferência, no início das principais refeições, devendo o conteúdo das ampolas ser diluído num pouco de água.

O tempo médio de um ciclo de tratamento não deve ser inferior a três semanas.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao aspartato de arginina
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Não foram descritos.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Não representa risco para o feto de mães normais ou heterozigóticas, mas para aquelas com fenilcetonúria, se o consumo for elevado porque o aspartamo é uma fonte de fenilalanina. Ausência de risco fetal, demonstrada em experimentação animal ou em estudos humanos ou risco fetal desconhecido, por falta de estudos alargados (na mulher com fenilcetanilase).
Precauções Gerais
O corante E 110 poderá ser a causa de reações de tipo alérgico ou asma.

A alergia é mais comum nos casos de alergia à aspirina.

Os conservantes presentes na composição deste medicamento podem causar reações de hipersensibilidade (possivelmente retardadas).

Os doentes com problemas hereditários raros de intolerância à frutose, má absorção da glucose-galactose ou deficiência em sacarase-isomaltase, não devem tomar este medicamento.
Cuidados com a Dieta
Tomar no início das refeições.

A acção do Aspartato de arginina não é influenciada pela ingestão de alimentos.
Terapêutica Interrompida
Não tomar uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Se se esquecer de tomar uma dose deve prosseguir o tratamento de acordo com o modo de tomar previamente estabelecido.
Cuidados no Armazenamento
Não conservar acima de 25ºC.

Manter o medicamento fora do alcance e da vista das crianças.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 08 de Setembro de 2020