Anidulafungina

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
A Anidulafungina é uma equinocandina semi-sintética usada como um medicamento antifúngico.

Há evidência preliminar de que tem um perfil de segurança semelhante à caspofungina.

Tem eficácia comprovada contra a candidíase esofágica, mas o seu uso principal será, provavelmente, nos casos de infecção invasiva por Cândida. Também pode ter aplicação no tratamento de infecção invasiva por Aspergillus.

É um dos membros da classe de medicamentos antifúngicos conhecidos como as equinocandinas; o seu mecanismo de acção é por inibição de (1 → 3)-β-D-glucano-sintase, uma enzima importante na síntese da parede celular dos fungos.
Usos comuns
No tratamento de certos tipos de infecções fúngicas.
A Anidulafungina é um antifúngico equinocandina.
Funciona eliminando os fungos sensíveis.
Tipo
Molécula pequena.
História
A Anidulafungina foi originalmente fabricada e submetida à aprovação da FDA pela Vicuron Pharmaceuticals.
A Pfizer adquiriu o fármaco a partir da aquisição da Vicuron no outono de 2005.
A Pfizer obteve a aprovação da Food and Drug Administration (FDA) em 21 de fevereiro de 2006, do produto que anteriormente era conhecido como LY303366.
Indicações
Para uso no tratamento das seguintes infecções fúngicas: candidémia e outras formas de infecções por Candida (abcesso intra-abdominal e peritonite), infecções por Aspergillus, e candidíase esofágica.

Também considerado um tratamento alternativo na canaidiasis orofaríngea.
Classificação CFT

01.02 : Antifúngicos

Mecanismo De Ação
A Anidulafungina é uma equinocandina semi-sintética com actividade antifúngica.
A Anidulafungina inibe a glucano-sintase, uma enzima presente nas células dos fungos, mas não das células dos mamíferos.

Daqui resulta a inibição da formação do 1,3-β-D-glucano, um componente essencial da parede das células fúngicas, levando à instabilidade osmótica e morte da célula.
Posologia Orientativa
População adulta (posologia e duração do tratamento)
Deve ser administrada uma dose de carga única de 200mg no Dia 1, seguida de 100mg diários a partir daí.
A duração do tratamento deve ser baseada na resposta clínica do doente.
Geralmente, a terapêutica antifúngica deve ser mantida pelo menos durante 14 dias após a última cultura positiva.
Administração
Via intravenosa.

O tratamento com Anidulafungina deve ser iniciado por um médico com experiência no tratamento de infecções fúngicas invasivas.
Contraindicações
Hipersensibilidade à Anidulafungina.
Hipersensibilidade a outros medicamentos da classe das equinocandinas.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Efeitos indesejáveis graves
- informe o médico ou outro profissional de saúde imediatamente se ocorrer alguma das seguintes situações:
- Convulsões (ataque)
- Vermelhidão
- Erupção na pele, prurido (comichão)
- Rubor com calor
- Urticária
- Contracção repentina dos músculos ao redor das vias aéreas, resultando em respiração ruidosa ou tosse
- Dificuldade em respirar

Outros efeitos indesejáveis
Os efeitos indesejáveis muito frequentes (podem afetar mais de 1 em 10 pessoas) são:
- Potássio sérico baixo (hipocaliemia)
- Diarreia
- Náusea

Os efeitos indesejáveis frequentes(podem afetar até 1 em 10 pessoas) são:
- Convulsão (ataque)
- Dor de cabeça
- Vómito
- Alterações nos testes de função do fígado
- Erupção na pele, prurido (comichão)
- Alterações nos testes sanguíneos de função do rim
- Fluxo anómalo da bílis da vesícula para o intestino (colestase)
- Açúcar no sangue elevado
- Pressão arterial elevada
- Pressão arterial baixa
- Contracção repentina dos músculos ao redor das vias aéreas, resultando em respiração ruidosa ou tosse
- Dificuldade em respirar

Os efeitos indesejáveis pouco frequentes(podem afetar até 1 em 100 pessoas) são:
- Perturbação do sistema de coagulação
- Vermelhidão
- Rubor com calor
- Dor de estômago
- Urticária
- Dor no local de injeção

Desconhecido (não pode ser calculado a partir dos dados disponíveis) são:
- Reações alérgicas com risco de vida
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Todos os trimestres: B - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiência em animais não foram encontrados riscos, mas foram encontrados efeitos colaterais que não foram confirmado nas mulheres, especialmente durante o último trimestre de gravidez.
Precauções Gerais
Fale com o médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar Anidulafungina.
O médico pode decidir monitorizá-lo:
- quanto à função hepática mais atentamente se desenvolveu problemas no fígado durante o seu tratamento
- se lhe foram administrados anestésicos durante o seu tratamento com Anidulafungina, quanto a sinais de uma reacção alérgica, tais como comichão, pieira, pele manchada
- quanto a sinais de uma reacção relacionada com a perfusão que podem incluir erupção na pele, urticária, comichão, vermelhidão
- quanto à falta de ar/dificuldades ao respirar, tonturas ou sensação de desmaio

Anidulafungina não deve ser administrado a doentes com idade inferior a 1 mês.

Informe o médico ou farmacêutico se você ou o seu filho estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Uma vez que este medicamento lhe será administrado sob cuidadosa supervisão médica, é pouco provável que não lhe tenha sido administrada uma dose. No entanto, deverá informar o médico ou farmacêutico se pensar que não lhe foi administrada uma dose. Não lhe deve ser administrada uma dose a dobrar pelo médico.
Cuidados no Armazenamento
Guarde os frascos de solução reconstituída e solução diluída para perfusão entre 2° e 8° C.
Não congelar.
A solução reconstituída pode ser armazenada até 1 hora, a solução diluída para perfusão deve ser administrado dentro de 24 horas.
Este medicamento é armazenado em meio hospitalar.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Sem efeito descrito

Anidulafungina + Ciclosporina

Observações: A anidulafungina não é um substrato indutor ou inibidor clinicamente relevante das isoenzimas do citocromo P450 (1A2, 2B6, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 3A). De notar que os estudos in vitro não excluem por completo a possibilidade de interações in vivo. Foram realizados estudos de interação medicamentosa com a anidulafungina e outros fármacos passíveis de serem coadministrados. Apenas foram realizados estudos de interação em adultos.
Interacções: Não é recomendado o ajuste da dose de nenhum dos fármacos quando a anidulafungina é coadministrada com a ciclosporina, voriconazol ou tacrolimus, e não é recomendado ajuste da dose de anidulafungina quando é coadministrada com anfotericina B ou rifampicina. - Ciclosporina
Sem efeito descrito

Anidulafungina + Tacrolímus

Observações: A anidulafungina não é um substrato indutor ou inibidor clinicamente relevante das isoenzimas do citocromo P450 (1A2, 2B6, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 3A). De notar que os estudos in vitro não excluem por completo a possibilidade de interações in vivo. Foram realizados estudos de interação medicamentosa com a anidulafungina e outros fármacos passíveis de serem coadministrados. Apenas foram realizados estudos de interação em adultos.
Interacções: Não é recomendado o ajuste da dose de nenhum dos fármacos quando a anidulafungina é coadministrada com a ciclosporina, voriconazol ou tacrolimus, e não é recomendado ajuste da dose de anidulafungina quando é coadministrada com anfotericina B ou rifampicina. - Tacrolímus
Sem efeito descrito

Anidulafungina + Voriconazol

Observações: A anidulafungina não é um substrato indutor ou inibidor clinicamente relevante das isoenzimas do citocromo P450 (1A2, 2B6, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 3A). De notar que os estudos in vitro não excluem por completo a possibilidade de interações in vivo. Foram realizados estudos de interação medicamentosa com a anidulafungina e outros fármacos passíveis de serem coadministrados. Apenas foram realizados estudos de interação em adultos.
Interacções: Não é recomendado o ajuste da dose de nenhum dos fármacos quando a anidulafungina é coadministrada com a ciclosporina, voriconazol ou tacrolimus, e não é recomendado ajuste da dose de anidulafungina quando é coadministrada com anfotericina B ou rifampicina. - Voriconazol
Sem efeito descrito

Anidulafungina + Anfotericina B

Observações: A anidulafungina não é um substrato indutor ou inibidor clinicamente relevante das isoenzimas do citocromo P450 (1A2, 2B6, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 3A). De notar que os estudos in vitro não excluem por completo a possibilidade de interações in vivo. Foram realizados estudos de interação medicamentosa com a anidulafungina e outros fármacos passíveis de serem coadministrados. Apenas foram realizados estudos de interação em adultos.
Interacções: Não é recomendado o ajuste da dose de nenhum dos fármacos quando a anidulafungina é coadministrada com a ciclosporina, voriconazol ou tacrolimus, e não é recomendado ajuste da dose de anidulafungina quando é coadministrada com anfotericina B ou rifampicina. - Anfotericina B
Sem efeito descrito

Anidulafungina + Rifampicina

Observações: A anidulafungina não é um substrato indutor ou inibidor clinicamente relevante das isoenzimas do citocromo P450 (1A2, 2B6, 2C8, 2C9, 2C19, 2D6, 3A). De notar que os estudos in vitro não excluem por completo a possibilidade de interações in vivo. Foram realizados estudos de interação medicamentosa com a anidulafungina e outros fármacos passíveis de serem coadministrados. Apenas foram realizados estudos de interação em adultos.
Interacções: Não é recomendado o ajuste da dose de nenhum dos fármacos quando a anidulafungina é coadministrada com a ciclosporina, voriconazol ou tacrolimus, e não é recomendado ajuste da dose de anidulafungina quando é coadministrada com anfotericina B ou rifampicina. - Rifampicina
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções da Anidulafungina
Informe o Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Desconhece-se o efeito de Anidulafungina em mulheres grávidas. Assim, Anidulafungina não é recomendado durante a gravidez. Deve-se utilizar um método contraceptivo eficaz nas mulheres em idade fértil.
Contacte o médico imediatamente caso fique grávida enquanto está a tomar Anidulafungina.

Desconhece-se o efeito de Anidulafungina em mulheres a amamentar. Consulte o médico ou farmacêutico antes de tomar Anidulafungina enquanto amamenta.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 24 de Março de 2021