Alginato de sódio (Ácido algínico, Algina)

O que é
Algina, ácido algínico ou alginato refere-se a uma substância presente na parede celular de algas marinhas pardas da classe Phaeophyta e na cápsula celular de algumas bactérias, em que desempenha funções primariamente estruturais.

Trata-se de um polissacarídeo, mais especificamente um poli-uronídeo, formado por dois monómeros de base, β-D-manuronila e α-L-guluronila, conectados entre si por ligações glicosídicas entre seus carbonos de número 1 e 4.

As cadeias poliméricas são assim lineares, e constituem-se essencialmente de três tipos de 'blocos' de comprimento variável: blocos compostos apenas por guluronila, blocos compostos apenas por manuronila e blocos alternando um e outro monómero.

As alginas comerciais são extraídas de algas, e são vendidas principalmente sob forma de sais (donde o nome 'alginato') de sódio.

Em meio aquoso, tais substâncias podem formar uma solução coloidal (sol) viscosa, um gel ou um precipitado, de acordo com a força iónica e o pH do meio.

A gelificação, em particular, ocorre quando certos sais divalentes estão presentes, notadamente o cálcio, ou quando o polímero é acidificado (transformado em ácido algínico).

As soluções coloidais de alginatos comportam-se como fluidos não-newtonianos, exibindo pseudoplasticidade e, sob certas condições, tixotropia.

As principais aplicações dos alginatos fazem uso de suas propriedades espessantes e gelificantes, sobretudo na indústria têxtil, alimentícia e cosmética.
Usos comuns
Tem aplicação na gelificação.

Para geleificar, o alginato de sódio reage com íons cálcio (ou com outros elementos parecidos com o cálcio) e formar um gel termo irreversível (não retorna ao estado líquido com o calor) que constituí a película que reveste as esferas resultantes da esferificação, em uma das técnicas de gelificação externa.

Essa técnica consiste em aprisionar um líquido qualquer em uma esfera perfeita, (esferas preparadas com gel).

Na esferificação básica trabalha-se com proporções de 0,4% a 0,7% de alginato de sódio no produto.

É usado na indústria alimentícia como aditivo estabilizante para alterar a viscosidade de sorvetes, leite com chocolate, molhos de salada, glacês e outras variedades semelhantes (geleificante em geléias e pudins, agente de suspensão e espessante em sucos de frutas e outras bebidas, estabilizante de espuma em cerveja, emulsificante em molho - por exemplo maionese - e agente formador de filme em invólucro de carne, peixe e outros produtos).
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Tem aplicação na gelificação.

Para geleificar, o alginato de sódio reage com íons cálcio (ou com outros elementos parecidos com o cálcio) e formar um gel termo irreversível (não retorna ao estado líquido com o calor) que constituí a película que reveste as esferas resultantes da esferificação, em uma das técnicas de gelificação externa.

Essa técnica consiste em aprisionar um líquido qualquer em uma esfera perfeita, (esferas preparadas com gel).

Na esferificação básica trabalha-se com proporções de 0,4% a 0,7% de alginato de sódio no produto.

É usado na indústria alimentícia como aditivo estabilizante para alterar a viscosidade de sorvetes, leite com chocolate, molhos de salada, glacês e outras variedades semelhantes (geleificante em geléias e pudins, agente de suspensão e espessante em sucos de frutas e outras bebidas, estabilizante de espuma em cerveja, emulsificante em molho - por exemplo maionese - e agente formador de filme em invólucro de carne, peixe e outros produtos).
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
É um hidrocolóide e agente geleificante pois tem propriedades úteis para formação de géis.
Posologia Orientativa
O uso do alginato deve ser feito a uma concentração entre 2 a 10g por kg de solução.
Administração
Método clássico de esferificação: dissolver o alginato no líquido com o qual se pretende fazer as esferas.

Dissolver o cloreto de cálcio em água.

Deve-se gotejar a mistura de alginato na água com cloreto de cálcio.

Essa mamneira pode agregar sabor ao preparado.

Proporção: 0,8% de alginato e 0,5% de cloreto de cálcio.

Misturar os dois ingredientes por agitação, não é necessário aquecimento.

Fazer uma agitação vigorosa para a mistura apanha ar.

Esse ar é perdido e se deixa a mistura em repouso.

É possível também preparar a mistura suavemente, deixando que se hidrate devagar.
Contraindicações
Sem informação.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Sem informação.
Advertências
Precauções Gerais
Sem informação.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Não utilizar uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar/aplicar.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017