Acetonido de fluocinolona + Lidocaína + Subgalhato de bismuto

DCI com Advertência na Gravidez DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
Anti-hemorroidários.
Usos comuns
Hemorroidas internas e externas, eczema anoperienal, proctite, prurido anal, fissuras anais, terapêutica pré e pós-operatória dos processos anorretais.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Hemorroidas internas e externas, eczema anoperineal, proctite, prurido anal, fissuras anais, terapêutica pré e pós-operatória dos processos anorretais.
Classificação CFT
06.07     Anti-hemorroidários
Mecanismo De Ação
Destina-se ao tratamento dos processos congestivos e inflamatórios anorrectais caractarizados por dor, prurido e sensação de ardor.

À acção antiexsudativa, anti-inflamatória-antiproliferativa e antialérgica-antipruriginosa do Acetonido de fluocinolona junta-se a actividade anestésica local da lidocaína o efeito adstringente e antisséptico do subgalhato de bismuto.

O Acetonido de fluocinolona é um corticosteróide sintético que possui propriedades anti-inflamatórias, antipruriginosa e vasoconstritoras.

A atividade anti-inflamatória encontra-se descrita devido à sua capacidade de controlar a biossíntese de potentes mediadores da inflamação.

O Acetonido de fluocinolona estimula a fosfolipase A(2), as proteínas inibidoras e posteriormente bloqueia a libertação do ácido araquidónico (percursor comum das prostaglandinas e leucotrienos.

A lidocaína é um anestésico local tipo amida.
A atividade anestésica da lidocaína é devida ao bloqueio da iniciação e condução dos impulsos nervosos, com consequente diminuição do fluxo iónico através da membrana neuronal.
A penetração da lidocaína através da pele intacta produz um efeito analgésico.

O grau da anestesia depende do tempo de aplicação e da dose.

O mecanismo de ação pelo qual o subgalhato de bismuto apresenta propriedades adstringentes e antissépticas não se encontra definido na bibliografia.
Posologia Orientativa
Aplicar a pomada duas ou três vezes por dia na zona afetada. Pode também aplicar-se por via intrarrectal mediante a cânula fornecida na embalagem.
Administração
Via rectal.
Contraindicações
Não utilizar:
– se tem alergia (hipersensibilidade) às substâncias ativas
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Com o uso tópico de corticosteroides foram referidos os seguintes efeitos secundários locais: sensação de queimadura, prurido, irritação, secura, dermatite de contacto alérgica, maceração da pele, infeção secundária, atrofia da pele, estrias.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Precauções Gerais
Tomar especial cuidado:
Como acontece com todos os corticosteroides tópicos existe a possibilidade de absorção sistémica que pode provocar efeitos sistémicos particularmente com o uso excessivo ou prolongado do produto.

Em presença de uma infeção deve instituir-se terapêutica antibacteriana, antivirica ou antifúngica adequada.
Se não se obtem rapidamente uma resposta favorável o tratamento deve ser interrompido até a infeção estar devidamente controlada.

O uso de corticosteroides tópicos pode produzir atrofia da pele, membranas mucosas e tecidos subcutâneos.

A administração crónica dos sais insolúveis de bismuto tem sido associada com alterações neurotóxicas (encefalopatia) num muito reduzido número de doentes, há uma possibilidade teórica de efeitos neurotóxicos com este produto.

Se durante o tratamento surgir qualquer sintoma que indique alteração neurológica ou do conhecimento, deve o mesmo ser interrompido.

Nos doentes com função hepática diminuida existe predisposição para a toxicidade da lidocaína.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
Se for omitida a administração de uma ou mais doses o tratamento deve continuar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Conservar a temperatura inferior a 25ºC.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Os corticosteróides tópicos não devem utilizar-se durante a gravidez em grandes quantidades ou por períodos prolongados, particularmente durante o primeiro trimestre.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 10 de Março de 2016