Dupilumab pode ver a ser utilizado no tratamento de asma severa

100


Dupilumab pode ver a ser utilizado no tratamento de asma severa

  Tupam Editores

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) alargou a recomendação de utilização de Dupilumab em caso de asma severa. No entanto, o novo tratamento só estará disponível para adultos ou crianças com mais de 12 anos depois de aprovado pela Comissão Europeia (CE).

O Dupilumab é um anticorpo monoclonal humano que reduz a inflamação das vias respiratórias através da inibição de duas proteínas chave (interleucina- 4 e interleucina-13).

A sua utilização por pacientes que não conseguem controlar os sintomas da doença com os tratamentos habituais, mesmos com elevadas doses de corticoides, já foi aprovada pela EMA.

Asma - menino

Os benefícios e segurança desta substância ativa foram avaliados em três ensaios clínicos que incluíram 2 888 pacientes, tendo os estudos demonstrado eficácia na redução dos sintomas de asma severa, melhorando a função pulmonar.

Os efeitos adversos associados ao Dupilumab são infeções, conjuntivite e reações cutâneas.

A opinião do Comité de Medicamentos para Uso Humano aguarda agora o parecer da CE.

A asma é uma doença inflamatória crónica das vias respiratórias, provocada por diversos estímulos, nomeadamente pela interação de fatores genéticos e ambientais.

A exposição a estes estímulos desencadeia uma resposta imunológica, que leva à inflamação das vias aéreas e, consequente, dificuldade em respirar. Entre os sintomas mais frequentes estão a dificuldade respiratória, pieira, tosse e opressão torácica.

ARTIGO

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
27 de Maio de 2019

Referências Externas:

Relacionados

NOOTRÓPICOS - Aumente o poder da sua mente

Desde o início da civilização que os seres humanos recorrem a substâncias externas ao organismo para alcançar estados alterados de consciência, prazer, analgesia, euforia, relaxamento, entre outros.

Destaques

STRESS, COMO CONVIVER COM ELE

Nunca se falou tanto de stress como agora. Todos se queixam, mas poucos sabem que não se pode viver sem ele.

CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

Popularmente conhecida por dor de cabeça, a cefaleia é um problema muito frequente e uma das queixas mais comuns nas consultas de clínicos, pediatras ou neurologistas.
0 Comentários