Presença de cachorros contribui para melhorar comportamento de cães adultos

Presença de cachorros contribui para melhorar comportamento de cães adultos

Etologia

  Tupam Editores

0

A presença de cachorros pode contribuir para melhorar os problemas comportamentais em cães adultos. A conclusão é de uma investigação realizada por uma equipa de cientistas da Faculdade de Veterinária da Universidade de Santiago de Compostela, em Espanha.

O estudo permitiu apurar que a presença de cães adultos em sessões de socialização com cães com menos de três meses (cachorros) e cães jovens (com mais de três meses) pode ajudar a corrigir o comportamento potencialmente perigoso. De uma amostra de 80 cães, 32 participaram em sessões de comportamento, e 48 não participaram em qualquer tipo de treino comportamental.

Durante a experiência foram analisados fatores relacionados com a sensibilidade ao tato e os níveis de excitabilidade, que permitiram concluir que a exposição de cães adultos a cachorros e às pessoas que os acompanham gera uma associação positiva que, a longo prazo, induz uma melhoria no comportamento do animal.

Cão-adulto-e-cachorro

Segundo Rosana Álvarez Bueno, médica veterinária acreditada pela Associação de Veterinários Espanhóis de Pequenos Animais (AVEPA) em Medicina do Comportamento, as "puppy parties" ou festas de cachorros – encontros que reúnem cães de várias idades para socialização e treino de ordens básicas e que usam metodologias como o jogo para ensinar determinados comportamentos –, podem ajudar a formar os seus padrões de conduta.

Neste tipo de sessões os animais aprendem a desenvolver determinados sentidos e a coordenação motora necessária para interagir com o ambiente que os rodeia e processar os estímulos que recebem. De acordo com a especialista, quanto mais expostos a este tipo de sessões, mais equilibrados serão.

Da mesma forma, o contacto com outros animais e até com pessoas promove o reconhecimento de outras espécies, prevenindo possíveis comportamentos relacionados com o medo, reforçam ainda os hábitos de higiene, o que pode criar uma experiência mais agradável para o animal.

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
02 de Outubro de 2020

Referências Externas:

FURÕES

ETOLOGIA

FURÕES

Dono de uma personalidade incrível, simpático, agitado e curioso – talvez a sua característica mais marcante e a que mais chama a atenção – o furão já está entre os animais de companhia que os portugu...
AQUARIOFILIA: A FUGA PARA O PARAÍSO

AQUARIOFILIA

AQUARIOFILIA: A FUGA PARA O PARAÍSO

Há-os de vários tipos e para todos os gostos: de água doce, salgada, fria, quente, comunitários – onde habitam várias espécies de peixes, biótipo – onde apenas existem peixes e plantas provenientes da...
0 Comentários