Folheto Informativo - Informação para o utilizador
VIGANTOL
Colecalciferol (ou Vitamina D3)
VIGANTOL

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém informação importante para si.

- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.

- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.

- Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.

- Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.

1. O que é Vigantol e para que é utilizado



Vigantol é uma solução oral de vitamina D3 e está indicado nas seguintes situações:

- Prevenção do raquitismo e osteomalacia em crianças e adultos;

- Prevenção do raquitismo em recém-nascidos prematuros;

- Prevenção de deficiência em vitamina D em crianças e adultos com risco reconhecido;

- Prevenção de deficiência em vitamina D em crianças e adultos com malabsorção, por exemplo, devido a doenças crónicas intestinais, cirrose biliar do fígado, ressecção gastrointestinal extensa;

- Tratamento do raquitismo e osteomalacia em crianças e adultos;

- Tratamento de suporte da osteoporose em adultos;

- Tratamento do hipoparatiroidismo e pseudohipoparatiroidismo em adultos.

2. O que precisa de saber antes de tomar Vigantol



Não tome Vigantol

- se tem alergia (hipersensibilidade) ao colecalciferol ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6);

- se os seus níveis de cálcio no sangue estão elevados (hipercalcemia).


Advertências e precauções

- Se estiver fazer um tratamento prolongado com uma dose diária de vitamina D superior a 1.000 UI, o seu médico poderá pedir-lhe que faça análises para controlar os seus níveis de cálcio no sangue;

- se estiver a tomar medicamentos diuréticos, nomeadamente benzotiadiazinas;

- se tiver pedra nos rins;

- se tiver uma doença denominada sarcoidose;

- se estiver grávida;

- se já estiver a tomar vitamina D, por exemplo, através de outros medicamentos;

- se tem uma doença da glândula paratiroide (pseudohipoparatiroidismo);

- se foi operado à tiroide e tem pseudohipoparatiroidismo.


Outros medicamentos e Vigantol

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, ou se vier a tomar outros medicamentos.


É particularmente importante informar o seu médico ou farmacêutico nas seguintes situações:

- Se está a tomar medicamentos para o coração (digitálicos);

- se está a tomar medicamentos para o tratamento da tensão arterial elevada (diuréticos tiazídicos como a benzotiadiazina);

- se está a tomar medicamentos para a epilepsia (barbitúricos, como por exemplo o fenobarbital);

- se está a tomar corticosteroides;

- se está a tomar medicamentos que contenham vitamina D ou derivados da vitamina D (como por exemplo, o calcitriol);

- se está a tomar medicamentos para o tratamento da tuberculose (rifampicina e isoniazida).


Gravidez e amamentação

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.


Durante a gravidez e o aleitamento é importante que ingira a dose adequada de vitamina D. No entanto, doses excessivas podem prejudicar o desenvolvimento do feto e causar atrasos físicos ou mentais.


A vitamina D e os seus derivados passam através do leite materno, mas não foi observada sobredosagem em lactentes induzida pelo aleitamento.


Condução de veículos e utilização de máquinas

Não são conhecidos quaisquer efeitos negativos do produto sobre a capacidade de condução e utilização de máquinas.

3. Como tomar Vigantol



Tomar este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.


Prevenção do raquitismo nos lactentes:

Uma gota diária de Vigantol (667 UI de Vitamina D3);

Lactentes prematuros: 2 gotas diárias de Vigantol (1.334 UI de vitamina D3).


Os lactentes devem tomar Vigantol desde a segunda semana de vida até ao final do primeiro ano de vida. No segundo ano de vida são recomendadas doses adicionais de Vigantol, especialmente nos meses de inverno.


As gotas são administradas numa colher cheia de leite ou de papa.


Se as gotas forem adicionadas ao biberão ou aos alimentos, deve ter-se em atenção para que os alimentos sejam ingeridos na totalidade, caso contrário não é ingerida a dose completa.


Tratamento do raquitismo e osteomalácia induzidos pela deficiência em vitamina D:

Duas a oito gotas diárias de Vigantol (1.334-5.336 UI de vitamina D3).

O tratamento deve ser continuado por um ano.


Tratamento de suporte na osteoporose:

Duas a cinco gotas diárias de Vigantol (1.334-3.335 UI de vitamina D3).


Prevenção no risco reconhecido de síndrome de deficiência em vitamina D:

Uma a duas gotas diárias de Vigantol (667-1.334 UI de vitamina D3).


Prevenção dos sintomas de deficiência na malabsorção:

Cinco a oito gotas diárias de Vigantol (3.335-5.336 UI de vitamina D3).


Tratamento do hipoparatiroidismo e pseudohipoparatiroidismo:

A dose diária é de 15-30 gotas (equivalente a 10.005-20.010 UI de vitamina D3).


O seu médico irá ajustar a dose de acordo com os resultados das suas análises.


Se tomar mais Vigantol do que deveria

Caso tome mais Vigantol do que deveria contacte imediatamente um médico ou o hospital mais próximo. A sobredosagem aguda ou crónica com vitamina D3 pode aumentar os seus níveis de cálcio no sangue. A sobredosagem por vitamina D3 requer a interrupção do tratamento e hidratação, assim como medidas para combater os sintomas.


Caso se tenha esquecido de tomar Vigantol

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Retome o tratamento tal como o seu médico lhe recomendou.


Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4. Efeitos secundários possíveis



Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos sec ndários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.


Os efeitos secundários observados com Vigantol incluem prisão de ventre, gases, náuseas, dor abdominal ou diarreia.


Podem também ocorrer reações ao nível da pele como comichão, exantema ou urticária.


Com a administração prolongada deste medicamento, os níveis de cálcio no sangue e na urina poderão ficar elevados.


Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos secundários directamente (ver detalhes abaixo). Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram

(preferencialmente)

ou através dos seguintes contactos:

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos

Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53

1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)

E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

5. Como conservar Vigantol



Conservar na embalagem de origem para proteger da luz.


Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.


Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após "VAL.". O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Depois de aberto o frasco, o produto é estável por um período de, pelo menos, seis meses.

O frio pode tornar a solução opaca e sólida. Mergulhe o frasco bem fechado em água quente para voltar a ter uma solução líquida.


Não deite for a quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico.

Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza.

Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

6. Conteúdo da embalagem e outras informações



Qual a composição de Vigantol

A substância ativa é o colecalciferol.


Os outros componentes são triglicéridos de cadeia média.

Qual o aspeto de Vigantol e conteúdo da embalagem

Vigantol apresenta-se na forma de solução oral, ligeiramente amarelada, límpida e oleosa em embalagens com 1 frasco conta-gotas de vidro âmbar de 10 ml.


Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante


Titular da Autorização de Introdução no Mercado

P&G Health Germany GmbH

Sulzbacher Strasse 40,

65824 SChwalbach am Taunus,

Alemanha


Representante local

Procter & Gamble Portugal – Produtos de Consumo, Higiene e Saúde, S.A.

Quinta da Fonte, Edf. Álvares Cabral, 3º andar

2774-527, Paço de Arcos

Portugal


Fabricante

Lusomedicamenta - Sociedade Técnica Farmacêutica, S.A.

Estrada Consiglieri Pedroso, 69-B

Queluz de Baixo

2730-055 Barcarena

Portugal