Viver perto da natureza faz bem à saúde

100


Viver perto da natureza faz bem à saúde

  Tupam Editores

Viver perto da natureza ou passar uma temporada junto de áreas verdes traz benefícios para a saúde significativos e abrangentes, conclui um estudo internacional de meta-análise.

A exposição a espaços verdes reduz o risco de diabetes tipo 2, doença cardiovascular, morte prematura, parto prematuro, stress, pressão alta e ainda gera uma imagem positiva de si mesmo.

No geral, populações com níveis mais altos de convivência com a natureza têm maior probabilidade de relatar boa saúde.

Durante o estudo, foram avaliados dados mundiais de mais de 290 milhões de pessoas de 20 países.

A investigação foi liderada pelo cientista Caoimhe Twohig Bennett, da Universidade East Anglia, no Reino Unido, que publicou os resultados na revista científica Environmental Research.

Mulher - flores no jardim

“Estar junto à natureza certamente faz-nos sentir mais saudáveis, mas, até agora, o impacto no nosso bem-estar a longo prazo não tinha sido totalmente compreendido. Reunimos evidências de mais de 140 estudos envolvendo mais de 290 milhões de pessoas para ver se o contacto com a natureza realmente promove uma melhor saúde”, explicou o cientista.

Os espaços verdes foram definidos como regiões abertas e não urbanizadas, com vegetação natural, bem como espaços verdes urbanos, que incluíam parques urbanos e vegetação de rua.

A equipa analisou a saúde das pessoas com pouco acesso a espaços verdes em comparação com a saúde das pessoas com uma maior exposição à natureza.

“Nós descobrimos que passar um tempo, ou viver perto, de espaços verdes naturais está associado a diversos e significativos benefícios para a saúde. Isto reduz o risco de diabetes tipo 2, doença cardiovascular, morte prematura e parto prematuro e aumenta a duração do sono”, disseram os cientistas.

“As pessoas que vivem mais perto da natureza também têm menor pressão arterial diastólica, menor frequência cardíaca e menos stress. Na verdade, um dos dados realmente interessantes que descobrimos é que a exposição aos espaços verdes reduz significativamente os níveis de cortisol salivar das pessoas - um marcador fisiológico de stress”, acrescentaram ainda.

ARTIGO

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
15 de Outubro de 2018

Referências Externas:

Relacionados

ESTÉTICA E AUTOESTIMA - Na saúde e bem-estar pessoal

Engana-se quem pensa que os conceitos e padrões de beleza são invenções modernas. Já na Grécia antiga existiam padrões de beleza muito bem estabelecidos. Estes modelos sofreram alterações ao longo dos...

Destaques

HERPES

O nome da doença não disfarça os seus efeitos! Com origem no termo grego “herpein”, que significa “alastrar” ou “rastejar”, herpes é a palavra usada para designar uma doença viral da pele, altamente c...
0 Comentários