Taxa de mortalidade por insuficiência cardíaca é maior entre mulheres

  Tupam Editores

Apesar da redução na incidência geral de insuficiência cardíaca e mortalidade em pacientes ambulatoriais de 2009 a 2014, as taxas de mortalidade permanecem mais altas nas mulheres do que nos homens, de acordo com um estudo publicado recentemente na CMAJ, a revista da Associação Médica do Canadá.

Cientistas do Instituto do Coração da Universidade de Ottawa, no Canadá, identificaram 90 707 pacientes com diagnóstico de insuficiência cardíaca (1 de abril de 2009 a 31 de março de 2014). Diferenças sexuais na incidência de insuficiência cardíaca, mortalidade e internação hospitalar foram avaliadas.

Mulher com dor no peito

Os investigadores descobriram que, entre os pacientes diagnosticados com insuficiência cardíaca, as mulheres eram mais propensas a serem mais velhas e mais frágeis que os homens.

Comorbidades diferiram entre homens e mulheres. Durante o período do estudo, a incidência de insuficiência cardíaca diminuiu em ambos os sexos, assim como a taxa de mortalidade.

No entanto, a mortalidade permaneceu mais elevada entre as mulheres do que entre os homens, com uma taxa de mortalidade feminina padronizada por idade de 89 por mil em 2009 e 85 por mil em 2013 versus uma taxa de mortalidade masculina padronizada por idade de 88 em 2009 e 83 em 2013.

As taxas de internamentos hospitalares após o diagnóstico de insuficiência cardíaca incidente diminuíram entre homens e aumentaram entre mulheres durante o período do estudo.

ARTIGO

Relacionados

JET LAAAAAG… Contrariando o ciclo circadino

Expressão de origem inglesa tornada universal, a expressão “jet lag”, não tem tradução literal em português, mas pode ser definida como a alteração do ritmo biológico de 24 horas consecutivas causada...

VACINAR-SE ESTÁ FORA DE QUESTÃO?

Tem vergonha de o confessar, mas tem pavor de agulhas? Lamentavelmente, trata-se de um medo que vai ter de superar para se manter saudável e à comunidade. Todos os anos as vacinas salvam a vida a cerc...

Destaques

DOENÇAS DE VIAGENS

As viagens internacionais aumentaram surpreendentemente nos últimos anos. Segundo as estatísticas disponíveis mais recentes (2006) do World Tourism Organization, o número de viagens internacionais de...

CELULITE, UM PRIVILÉGIO FEMININO

O pesadelo da maior parte das mulheres tem nome e sobrenome: hidrolipodistrofia ginoide – mais conhecida por celulite. E não é à toa que é tão temida, pois ataca as partes mais sensuais do seu corpo,...
0 Comentários