Resistência a fármacos poderá existir há mais tempo do que se pensava

Resistência a fármacos poderá existir há mais tempo do que se pensava

MEDICINA E MEDICAMENTOS

  Tupam Editores

0

A capacidade de identificação de fármacos pelas bactérias, que origina a resistência, pode ser mais antiga do que se pensa, afirmam investigadores da Universidade de Osaka, no Japão, num estudo publicado na revista Communications Biology.

Para o estudo, foram analisadas as relações evolucionárias entre centenas de proteínas bombas de efluxo do tipo RND. Estas proteínas bombeiam os diferentes tipos de antibióticos para fora da célula bacteriana, tornando-a multirresistente.

Martijn Zwama, investigador principal, afirma que a bomba de efluxo do tipo RND AcrB da bactéria H. influenzae era mais antiga, mas exportava a mesma quantidade de antibiótico que a sua homóloga mais evoluída E. coli.

O cientista verificou ainda que a H. influenzae só não conseguiu bombear tão bem os sais biliares quanto a E. coli, possivelmente por que estes se encontram mais no ambiente natural da E. coli.

Microscópio-investigação

Enquanto isto aponta para a evolução das bombas nos seus ambientes naturais, também sugere que o reconhecimento de vários fármacos é uma característica antiga, sendo que a maioria das bactérias adquire genes ou mutações de resistência perante a pressão seletiva do seu ambiente.

Os investigadores descobriram ainda que, apesar de a AcrB da H. influenzae a proteger de vários antibióticos, por razões desconhecidas é permeável ao β-lactams and novobiocin.

Este estudo ajuda a compreender melhor a resistência das bactérias, podendo ser uma ajuda no combate à multirresistência, que tem consequências devastadoras e até fatais nos doentes.

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
19 de Fevereiro de 2020

Referências Externas:

Música pode reduzir ansiedade durante cirurgia

MEDICINA E MEDICAMENTOS

Música pode reduzir ansiedade durante cirurgia

Pacientes submetidos a um bloqueio de nervo periférico têm uma alteração semelhante nos scores de ansiedade ao ouvirem uma música, em comparação com o uso do medicamento midazolam.
NOOTRÓPICOS - Aumente o poder da sua mente

MEDICINA E MEDICAMENTOS

NOOTRÓPICOS - Aumente o poder da sua mente

Desde o início da civilização que os seres humanos recorrem a substâncias externas ao organismo para alcançar estados alterados de consciência, prazer, analgesia, euforia, relaxamento, entre outros.
MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

MENTE E RELACIONAMENTOS

MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

De forma razoavelmente simplificada, a memória humana pode ser definida como a capacidade inata do cérebro para obter, armazenar e evocar informações disponíveis no cérebro – a chamada memória biológi...
CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

Popularmente conhecida por dor de cabeça, a cefaleia é um problema muito frequente e uma das queixas mais comuns nas consultas de clínicos, pediatras ou neurologistas.
0 Comentários