Proteína de semente de árvore brasileira inibe progressão de cancro

100


Proteína de semente de árvore brasileira inibe progressão de cancro

  Tupam Editores

Uma proteína extraída de sementes da árvore brasileira Enterolobium contortisiliquum (tamboril ou orelha-de-macaco), poderá ser uma esperança para o tratamento eficaz de algumas formas mais agressiva de cancro.

Uma equipa de cientistas da Universidade Federal de São Paulo, no Brasil, descobriu que uma proteína extraída da planta é capaz de inibir a migração e a metástase do cancro da mama triplo-negativo e de outros tipos de tumor agressivos, como o gástrico e o da pele (melanoma).

Um dos tumores mais agressivos e para o qual houve menos avanços no desenvolvimento de terapias nos últimos anos, o cancro da mama triplo-negativo, ainda não tem disponível um tratamento específico e um agente farmacológico que o consiga combater.

“Constatámos que a proteína em causa inibe a invasão, a proliferação e a metástase do tumor da mama triplo-negativo em testes in vitro [em células] e, no caso do melanoma, tanto em modelo in vitro como in vivo [em animais],” afirmou a investigadora Maria Luiza Vilela Oliva.

Enterolobium contortisiliquum

Denominada Enterolobium contortisiloquum inibidor de tripsina (EcTI, na sigla em inglês), a proteína foi isolada pela cientista Maria Luiza Oliva.

“Temos estudado os efeitos fisiopatológicos dessas proteínas isoladas de leguminosas em alguns tipos de cancro na tentativa de descobrir novos agentes que possam, se não curar, pelo menos ajudar a comprender a patologia dessas doenças”, explicou a cientista.

As análises dessas moléculas em diferentes modelos fisiopatológicos, como de inflamação, trombose e tumor, indicaram que, além de antitumoral, essas proteínas apresentam propriedades anti-inflamatória, antimicrobiana e antitrombótica.

“O tumor, a inflamação e a trombose são patologias que estão de certa forma interligadas, porque, às vezes, o paciente oncológico pode morrer não por causa da doença, em si, mas em decorrência de um quimioterápico que pode levar ao desenvolvimento de uma trombose”, rematou a cientista.

ARTIGO

Relacionados

Fitoterapia - A terapia pelas plantas

Com origem nos étimos gregos phyton+therapeia (vegetal+tratamento), fitoterapia é o termo usado para designar o estudo das plantas medicinais e suas aplicações na cura de doenças. Independentemente da...

MEDICAMENTOS DA FEIRA

À velocidade a que os dias de hoje correm, mais tarde ou mais cedo, tudo acaba por sofrer alguma mudança, por mais insignificante que seja. Todas as rotinas se alteram e com elas os hábitos, incluindo...

Destaques

CONHECE O PODER DO SORRISO?

Dias cansativos, trabalho que nunca mais acaba, stress, correrias, casa para arrumar, filhos para acompanhar, contas para pagar, para além daqueles problemas ou situações mais negativas que, por vezes...

BIOTECNOLOGIA: A ALQUIMIA DOS TEMPOS MODERNOS

O toque de alvorada da indústria da biotecnologia soou quando se realizaram as primeiras experiências de splicing genético, isto é, a modificação da informação genética do DNA para o RNA após a transc...
0 Comentários