Proteína cerebral contribui para o desenvolvimento da obesidade

  Tupam Editores

Cientistas da Universidade de Montreal, no Canadá, descobriram que a proteína ligante de Acil-CoA (ACBP, na sigla em inglês) tem influência direta nos neurónios que permitem aos roedores e humanos manter um peso saudável. O estudo foi publicado no Journal of Clinical Investigation.

Thierry Alquier, investigador da equipa que conduziu o estudo, já tinha descoberto que esta proteína permite aos astrócitos comunicar aos neurónios variações nos ácidos gordos e lípidos no sangue.

Graças a esta informação, o cérebro pode ajustar a quantidade de comida a ingerir com o gasto de energia e, consequentemente, controlar o peso.

Obesidade-paciente

“Agora mostrámos que os neurónios reduzem a quantidade de comida a ingerir. Chamam-se neurónios pro-opiomelanocortina (POMC) e estão em estreita comunicação com os astrócitos”, explica Thierry Alquier. Estes neurónios têm como função promover a redução da ingestão de comida e um maior dispêndio de energia.

As mutações genéticas explicam cinco a dez por cento dos casos de obesidade e muitos destes devem-se a perturbações nesta ligação neuronal.

Em testes realizados com ratinhos, verificou-se que a eliminação do gene ACBP faz promover a obesidade. Nos animais geneticamente modificados para serem obesos, a injeção diária de ACBP levou a uma redução da ingestão de comida e perda de peso na ordem dos cinco por cento em cinco dias. Este mecanismo depende da ativação dos neurónios POMC (presentes em animais e seres humanos).

ARTIGO

Relacionados

CONTAMINAÇÕES HOSPITALARES

O conceito geral de hospital tem a sua origem no vocábulo latino hospes (hóspede ou hospedeiro) do qual resulta hospitalitas (hospitalidade), noção que ao longo do tempo passou a dizer respeito à qual...

Destaques

HERPES

O nome da doença não disfarça os seus efeitos! Com origem no termo grego “herpein”, que significa “alastrar” ou “rastejar”, herpes é a palavra usada para designar uma doença viral da pele, altamente c...
0 Comentários