PORTO É "RESERVATÓRIO GENÉTICO DE ESTIRPES" DA TUBERCULOSE

PORTO É "RESERVATÓRIO GENÉTICO DE ESTIRPES" DA TUBERCULOSE

DOENÇAS E TRATAMENTOS

  Tupam Editores

2

O projeto Menos TB Porto concluiu que, relativamente às dinâmicas de transmissão da tuberculose, o Porto é "um reservatório genético de estirpes da bactéria Mycobacterium tuberculosis", o que lhe confere "estatuto endémico de tuberculose".

A coordenadora do projeto, Raquel Duarte, salienta que, "embora a tuberculose tenha vindo a diminuir no país, concentra-se cada vez mais nos grandes centros urbanos em grupos vulneráveis" e "o Porto é a prova disso".

"O Porto constitui-se assim como um importante modelo para a diminuição de incidência numa área endémica para tuberculose", refere a investigadora do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e coordenadora do Centro de Referência Nacional para a Tuberculose Multirresistente.

O Projeto Menos TB Porto, que tem como objetivo principal estabelecer uma estratégia eficaz de diagnóstico e tratamento precoce de tuberculose e identificar fatores de risco específicos para o desenvolvimento da doença nos grupos vulneráveis, nomeadamente junto dos sem-abrigo, encontra-se na sua fase final.

O programa resultou da colaboração entre o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, o Instituto de Ciências da Vida e da Saúde da Universidade do Minho, a Administração Regional de Saúde do Norte, o ACeS Porto Ocidental e o ACeS Porto Oriental.

Os rastreios realizados pelas Unidades de Saúde Pública do Porto Oriental, do Porto Ocidental e do Centro de Diagnóstico Pneumológico (CDP), em parceria com as organizações de apoio aos sem-abrigo, permitiram rastrear 403 indivíduos e identificar dois casos de tuberculose.

Médico a ver Raio X

"A incidência de tuberculose na população em geral é de 20 casos por cada 100 mil habitantes, e, só no Porto, este projeto permitiu detetar dois casos em apenas 403 indivíduos, o que se traduz numa taxa de incidência de 496 por cada 100 mil sem-abrigo", sublinha a responsável.

Os resultados do projeto sugerem que as equipas de rua têm um papel muito importante na proximidade com os sem-abrigo e outras populações vulneráveis, cuja articulação com as unidades de saúde pública e CDP são fundamentais, afirma a responsável.

Raquel Duarte considera que o término do projeto não deve implicar a diminuição destas sinergias e, por isso, foi proposto "um cronograma de rastreios para 2017, que visa a articulação, sensibilização e acompanhamento de casos entre os ACES do Porto e as equipas de rua".

Os autores do estudo referem que a caracterização genética, aliada à georreferenciação, em conjunto com a informação epidemiológica, permitiram a identificação das cadeias de transmissão da doença.

Cafeína pode desencadear enxaqueca

DOENÇAS E TRATAMENTOS

Cafeína pode desencadear enxaqueca

Níveis mais altos de ingestão de bebidas com cafeína podem ser um fator desencadeante para a enxaqueca.
Canela ajuda a controlar diabetes e diminui apetite

DOENÇAS E TRATAMENTOS

Canela ajuda a controlar diabetes e diminui apetite

A canela é uma especiaria que traz vários benefícios para a saúde. De acordo com especialistas em nutrição, consumir canela pode ajudar a controlar a diabetes e a diminuir o apetite.
REMÉDIOS NATURAIS: CONSTIPAÇÕES, RESFRIADOS

TRATAMENTOS NATURAIS

REMÉDIOS NATURAIS: CONSTIPAÇÕES, RESFRIADOS

Desde os primórdios que procuramos a alívio nas virtudes curativas das plantas e alimentos. Esse conhecimento subsistiu durante milénios, aprofundou-se e diversificou-se, até aos nossos dias.
PNEUMONIAS

DOENÇAS E TRATAMENTOS

PNEUMONIAS

Embora haja grupos e estações de risco, a pneumonia pode afetar qualquer pessoa, em qualquer altura do ano. Quanto mais depressa identificar os sinais, melhor será a sua recuperação.
0 Comentários