Combinação de ioga e aeróbica melhora fatores de risco de doença cardíaca

Combinação de ioga e aeróbica melhora fatores de risco de doença cardíaca

EXERCÍCIO FÍSICO

  Tupam Editores

5

Pacientes com doença cardíaca que praticam ioga e exercícios aeróbicos tendem a ter uma redução duas vezes maior na pressão arterial, índice de massa corporal e níveis de colesterol, quando comparados com pacientes que praticam apenas uma das modalidades.

As conclusões foram apresentadas no 8.º Congresso da Sociedade Cardíaca dos Emirados, que decorreu na última semana de outubro no Dubai.

A intervenção no estilo de vida mostrou uma redução no risco de morte e nas comorbidades nas doenças cardíacas quando é feita a par com um acompanhamento médico adequado.

O estudo analisou 750 pacientes que já haviam sido diagnosticados com doença cardíaca; um grupo de 225 pacientes realizou exercícios aeróbicos, outro grupo de 240 pacientes praticou ioga e um terceiro grupo de 285 participou em sessões de ioga e de exercícios aeróbicos. Cada grupo realizou três sessões por semana durante seis meses.

idosos-exercicio

Em separado, o exercício aeróbio e o ioga reduziram a pressão arterial, colesterol total, triglicerídeos, LDL, peso e circunferência da cintura. O grupo que fez as duas modalidades em conjunto teve uma redução duas vezes maior em relação aos outros grupos e também teve uma melhoria significativa na fração de ejeção do ventrículo esquerdo, função diastólica e capacidade de exercício.

Os investigadores acreditam assim que o exercício combinado de ioga e aeróbica reduz o stress mental, físico e vascular e pode levar à diminuição da mortalidade e morbidade cardiovascular.

MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

MENTE E RELACIONAMENTOS

MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

De forma razoavelmente simplificada, a memória humana pode ser definida como a capacidade inata do cérebro para obter, armazenar e evocar informações disponíveis no cérebro – a chamada memória biológi...
CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

Popularmente conhecida por dor de cabeça, a cefaleia é um problema muito frequente e uma das queixas mais comuns nas consultas de clínicos, pediatras ou neurologistas.
0 Comentários