Ingleses pedem proibição de fogo-de-artifício para proteger animais

Ingleses pedem proibição de fogo-de-artifício para proteger animais

COMPANHIA

  Tupam Editores

0

“Os fogos-de-artifício podem causar sérios problemas aos animais. Eles não sofrem apenas psicologicamente, mas também fisicamente, uma vez que muitos tentam fugir ou esconder-se (…)” – é desta forma que tem início a petição online que pede a revisão urgente da lei que permite o uso de fogo-de-artifício em vários eventos no Reino Unido.

O que a desencadeou foi a morte de uma cadela da raça Terrier (Molly), com 18 semanas. Segundo a dona – Susan Paterson, de South Yorkshire –, a cadelinha morreu em consequência de um ataque cardíaco, originado pelo susto ao ouvir os fortes estrondos dos rebentamentos de fogo-de-artifício.

A história foi partilhada por Susan nas redes sociais e levou à criação de uma petição online que pede a revisão urgente da lei que permite o uso de fogo-de-artifício no Reino Unido.

A petição conta já com 500 mil assinaturas, o que obriga o parlamento britânico a colocar o assunto em discussão. Neste momento, está já em cima da mesa a possibilidade de o parlamento vir a proibir a venda de fogo-de-artifício e a restringir o seu uso privado a festejos tradicionais, como a noite de Guy Fawkes, a véspera de Ano Novo, o Ano Novo Chinês e Festival das Luzes (Diwali).

Cão com medo fogo-artificio

A Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA) lançou recentemente uma campanha – #BangOutOfOrder – a pedir a proibição do fogo-de-artifício em alguns eventos no Reino Unido. O objetivo é proteger os animais de companhia do stress e ansiedade associados ao fogo-de-artifício e que todos os anos motivam centenas de chamadas e pedidos de ajuda à organização.

De acordo com os dados divulgados pela RSPCA, 62 por cento dos cães revelam sinais de stress durante o fogo-de-artifício, uma percentagem que chega aos 54 por cento no caso dos gatos, e aos 55 por cento no caso dos cavalos. Segundo a British Horse Society, desde 2010, já morreram 20 cavalos devido a incidentes com fogo-de-artifício.

Para ajudar os donos a acalmar os seus animais durante o rebentamento de fogo-de-artifício e para tratar algumas fobias, a RSPCA publicou no seu website uma página com várias dicas.

ROUPAS PARA ANIMAIS - Necessidade ou moda?

Companhia

ROUPAS PARA ANIMAIS - Necessidade ou moda?

Alguns donos recorrem ao uso de roupas para animais – um tema algo polémico. Mas serão essas roupas uma necessidade para os nossos melhores amigos ou mera vaidade dos donos e tentativa de humanização?
CADELA PRENHA, E AGORA?

CANÍDEOS

CADELA PRENHA, E AGORA?

É difícil controlar o cio de uma cadela. Mesmo que o tutor tente isolá-la durante esse período, é normal que aconteça alguma escapadela, originando uma gravidez. Umas semanas depois os tutores mais at...
0 Comentários