Dieta à base de ácidos gordos polinsaturados reduz formação de cálculos urinários em gatos

100


Dieta à base de ácidos gordos polinsaturados reduz formação de cálculos urinários em gatos

  Tupam Editores

A desidratação, o stress, a obesidade, doenças ou uma dieta menos adequada são alguns dos fatores que podem contribuir para a formação de cálculos urinários (pedras na bexiga) nos gatos.

Já a adição de ácidos gordos polinsaturados à dieta dos felinos pode ajudar a reduzir a formação de cálculos urinários.

A conclusão é de um estudo que analisou os efeitos do aumento de ácidos gordos polinsaturados na dieta dos gatos nas características da urina dos animais.

Para chegar a esta conclusão os investigadores distribuíram de forma aleatória vários gatos domésticos com uma idade média de cinco anos por dois grupos. Durante uma semana, antes do início do estudo, todos os gatos consumiram alimentos que continham 0,07 por cento de ácido araquidónico (AA).

O primeiro grupo de animais manteve essa alimentação durante 56 dias. O segundo grupo, por sua vez, manteve essa alimentação, mas foi também alimentado com alimentos de controlo à base de óleo de peixe e óleos com elevado teor de AA. Após um período de 56 dias, os grupos trocaram a alimentação dos animais.

Gato a comer

Os resultados apurados revelaram que uma alimentação rica em ácidos gordos polinsaturados pode ser benéfica em animais com cálculos urinários, na medida em que reduz a sua formação.

Em gatos predispostos ao desenvolvimento de cálculos, pode-se evitar a sua recorrência, escolhendo alimentos levemente enriquecidas com cloreto de sódio (sal), pois isso estimulará o animal a beber água e a esvaziar a bexiga regularmente, evitando a permanência da urina no órgão por muito tempo.

ARTIGO

Relacionados

A ALIMENTAÇÃO DO SEU ANIMAL É SAUDÁVEL?

Uma boa alimentação é fator fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos, e no caso dos animais de companhia não é diferente. Providenciar os nutrientes adequados a cada etapa da vida do a...

REABILITAÇÃO ANIMAL

Em Portugal, o interesse pela reabilitação e pela fisioterapia – as áreas da medicina veterinária que permitem resolver as desordens de movimento – tem vindo a expandir-se, principalmente na classe do...

Destaques

0 Comentários