Alimentar cães com carne de frango crua pode causar paralisia

  Tupam Editores

Alimentar os cães com carne de frango crua pode aumentar em cerca de 70 por cento o risco de os animais desenvolverem paralisia. A conclusão é de um estudo realizado por uma equipa de cientistas da Universidade de Melbourne, na Austrália, que analisou a relação entre a bactéria Campylobacter e a Polirradiculoneurite Aguda em cães – uma condição que já desconcerta a comunidade veterinária há muito tempo.

A polirradiculoneurite aguda é a forma mais comum de polineuropatia aguda em cães sendo considerada o equivalente à síndrome de Guillain-Barré no homem. E se em medicina humana o estudo da doença está mais aprofundado, na medicina veterinária muitos factos permanecem por esclarecer.

Cão a comer frango cru

Trata-se de uma condição rara, mas debilitante, que numa primeira fase faz com que as pernas traseiras dos cães fiquem fracas. Depois pode progredir e afetar as pernas frontais, o pescoço, a cabeça e o focinho. Se o peito dos animais também ficar paralisado estes podem chegar a morrer da doença.

De acordo com a comunidade científica, a paralisia pode resultar do facto de o sistema nervoso do animal ficar desregulado e começar a “atacar” as suas próprias terminações nervosas, uma condição quer tem tendência para piorar de forma gradual.

A investigação envolveu uma amostra de 27 cães com sintomas de Polirradiculoneurite Aguda e 47 cães sem qualquer tipo de sintomas da patologia que foram submetidos a vários exames físicos, nomeadamente a uma recolha de matéria fecal que foi analisada para a presença da bactéria Campylobacter.

O estudo, recentemente publicado na revista científica Journal of Veterinary Internal Medicine, sugere que a bactéria Campylobacter, presente em carne de frango crua ou mal cozinhada, leite não pasteurizado ou água contaminada, pode ser a responsável por despoletar esta condição em cães.

ARTIGO

Relacionados

CÃES GRANDES EM CASA

Mas será que um cão grande não pode viver num apartamento? O genoma do cão parece ser quase infinitamente maleável, existindo atualmente cerca de 400 raças. Desde que o Homem começou a domesticar este...

JOGOS PARA EDUCAR O SEU CÃO

Tal como os humanos, também os cães gostam de brincar! E gostam tanto que levam a brincadeira para lá da adolescência. Se convive com cães sabe que muita da interação acontece naturalmente: atirar uma...

Destaques

0 Comentários