SAÚDE E BEM-ESTAR

Tempo em família contribui para felicidade dos progenitores

O tempo passado em família contribui significativamente para a felicidade das mães e pais quando comparado a estar sozinho, de acordo com uma investigação realizada pela Universidade College London, no Reino Unido, que também descobriu que o tempo do casal passado sozinho sem filhos contribui para o maior aumento no bem-estar.

Tempo em família contribui para felicidade dos progenitores
AVÓS E NETOS - Uma ligação insubstituível

MENTE E RELACIONAMENTOS

AVÓS E NETOS - Uma ligação insubstituível

Publicado na revista Sociology, o estudo analisou dados recolhidos entre 2014 e 2015 de 236 casais – os resultados mostraram que os pais relataram desfrutar mais do tempo com a família do que as mães.

As atividades que os progenitores foram solicitados a avaliar o seu prazer foram: trabalho remunerado (incluindo educação e deslocamento), cuidados pessoais (incluindo sono), cuidados infantis, alimentação, trabalho não remunerado (trabalho doméstico), lazer (incluindo TV, desporto, leitura e voluntariado), viagens e outras atividades.

As atividades foram avaliadas numa escala de um a sete para diversão, com o trabalho remunerado e não remunerado a ser o mais desagradável, e o sono e o lazer (por exemplo, assistir TV) sendo relatados como as atividades mais agradáveis.

De acordo com os cientistas, o tempo em família e o tempo a sós com os filhos contribui significativamente para o bem-estar das mães e pais. No entanto, o tempo do casal sem os filhos tem um efeito mais positivo sobre os pais.

Parte da razão para esse aumento de felicidade vem das atividades que as famílias fazem juntas, como ler ou jogar, o que demonstra a importância do contato direto e das interações para a felicidade.

O estudo destaca que o tempo que os pais passam com os filhos desempenha um papel importante na formação de seu bem-estar, e que os pais são afetados negativamente por não estarem com os filhos nos fins de semana.

Os resultados mostram que os pais têm mais tempo de lazer do que as mães nos finais de semana, mesmo quando as famílias estão juntas. Nos dias de semana, durante o tempo com a família, as mães dispensam em média 38 minutos com cuidados infantis, em comparação com 29 minutos para os pais, e nos fins de semana, as mães dispensam 70 minutos de cuidados infantis, em comparação com 57 minutos para os pais.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS