SONO

Alterações do sono aumentam risco de mortalidade para diabéticos

As doenças não transmissíveis, incluindo a diabetes, são parcialmente responsáveis pela redução da expetativa de vida em muitos países. A diabetes também está associada a distúrbios do sono.

Alterações do sono aumentam risco de mortalidade para diabéticos
NÃO SE ESQUEÇA DE DORMIR!

DOENÇAS E TRATAMENTOS

NÃO SE ESQUEÇA DE DORMIR!

O objetivo de um novo estudo publicado na revista Journal of Sleep Research foi determinar se os distúrbios do sono, particularmente em pessoas com diabetes, estavam associados ao aumento do risco de mortalidade.

Os autores analisaram dados de quase meio milhão de participantes de meia-idade que constavam do UK Biobank Study.

Os autores afirmam que este é o primeiro estudo a avaliar o efeito da combinação de insónia e diabetes sobre o risco de mortalidade. Os participantes tinham predominantemente diabetes tipo 2.

Em modelos ajustados para idade e sexo, os distúrbios do sono frequentes foram associados a um risco aumentado de mortalidade por todas as causas (razão de risco [HR], 1,31), que permaneceu significativo em modelo totalmente ajustado.

A presença de diabetes e distúrbios frequentes do sono foi associada a um maior risco de mortalidade por todas as causas do que qualquer uma das condições isoladamente.

O risco de mortalidade foi maior em pessoas com diabetes e distúrbios frequentes do sono. As queixas de dificuldade em adormecer ou manter o sono merecem atenção dos médicos, disseram os cientistas.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS