ANTIBIÓTICO

Prescrição de antibióticos para crianças diminui durante pandemia

De acordo com um novo estudo, uma vez que durante a pandemia da COVID-19 as crianças foram menos vezes encaminhadas para unidades de saúde e tiveram um maior distanciamento social, o número de crianças que recebeu medicamentos prescritos diminuiu consideravelmente.

Prescrição de antibióticos para crianças diminui durante pandemia
ANTIBIÓTICOS, USAR COM MODERAÇÃO

MEDICINA E MEDICAMENTOS

ANTIBIÓTICOS, USAR COM MODERAÇÃO

No geral, o número de medicamentos prescritos para crianças diminuiu mais de um quarto durante os primeiros oito meses da pandemia, em comparação com o ano anterior.

Os declínios mais acentuados foram observados em medicamentos relacionados com infeções, como antibióticos e remédios para tosse e gripe.

A prescrição de antibióticos para crianças e adolescentes diminuiu quase 56 por cento entre abril e dezembro de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019.

Os cientistas também registaram uma diminuição nas prescrições de medicamentos para doenças crónicas, como transtorno de défice de atenção e hiperatividade e asma.

Ainda assim, de acordo com o estudo, publicado na revista Pediatrics, não foram observadas quaisquer alterações no número de antidepressivos prescritos.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS