DM

ULS Nordeste dispõe de robô de desinfeção

A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste dispõe agora de um inovador robô que une a radiação ultravioleta e a robótica para desinfeção, sem intervenção humana, de espaços com risco de estarem contaminados por vírus e bactérias.

ULS Nordeste dispõe de robô de desinfeção
INVISTA NA SUA SAÚDE

MEDICINA E MEDICAMENTOS

INVISTA NA SUA SAÚDE

Oferecido pela Comissão Europeia, o robô, no valor de 60 mil euros, e fruto de avançada tecnologia dinamarquesa, está alocado ao Serviço de Medicina Interna da Unidade Hospitalar de Bragança, representando uma “arma” preciosa na luta contra a pandemia. 

De acordo com o Grupo de Coordenação Local do PPCIRA – Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos da ULS do Nordeste, são várias as vantagens na utilização deste equipamento, nomeadamente: taxa de destruição de vírus e bactérias de 99,9 por cento. Quando expostos a alta radiação ultravioleta os micro-organismos sofrem mutações no seu ADN e RNA, ficando assim inativos, quer em superfícies, quer no ar;

Elevada segurança no processo de desinfeção, protegendo profissionais e utentes. Os ultravioletas não atuam com químicos, permitindo que se possa entrar no compartimento logo após a desinfeção, sem necessidade de este ser arejado;

Autonomia do equipamento, que se movimenta de forma completamente independente, permitindo que a desinfeção seja realizada em toda a área pretendida, e não deixando zonas “sombra” por desinfetar, ao contrário de um aparelho estático;

Rapidez, bastando cerca de dez minutos para a desinfeção de uma enfermaria e baixo custo por desinfeção;

E monitorização de resultados através da emissão de relatórios individualizados de cada operação de desinfeção, possibilitando uma melhoria contínua.

A funcionar de modo complementar aos procedimentos habituais de limpeza, o novo robô marca, assim, a diferença pela sua eficiência, segurança e autonomia, prevenindo e reduzindo a propagação de doenças infeciosas e fazendo face à pandemia de COVID-19.

Fonte: SNS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS