GRAVIDEZ

Cafeína em excesso na gravidez pode promover parto prematuro

Em mulheres grávidas, a cafeína pode atravessar a placenta e chegar ao feto que, segundo investigações, tem dificuldades em metabolizar a cafeína.

Cafeína em excesso na gravidez pode promover parto prematuro
CAFÉ

DIETA E NUTRIÇÃO

CAFÉ

Alguns estudos relacionaram a alta ingestão de cafeína durante a gravidez a um risco aumentado de aborto, parto prematuro e baixo peso ao nascer.

De uma forma geral, é recomendado que mulheres grávidas limitem a sua ingestão a 100–200 mg de cafeína por dia - cerca de uma a duas chávenas de café; no entanto, muitos especialistas recomendam evitar o café completamente durante a gravidez.

Fonte: Healthline

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS