CARDIOLOGIA

Consumo de álcool afeta risco de fibrilação auricular

O consumo de álcool parece ter um efeito imediato - ou quase imediato - no ritmo cardíaco, aumentando significativamente a probabilidade de um episódio de fibrilação atrial, de acordo com novos dados apresentados no evento anual da Sociedade Americana de Cardiologia.

Consumo de álcool afeta risco de fibrilação auricular
ALCOOLISMO

DOENÇAS E TRATAMENTOS

ALCOOLISMO

Os dados revelaram que o consumo de apenas um copo de vinho, de uma cerveja ou de uma outra qualquer bebida alcoólica foi associado a uma probabilidade duas vezes maior de uma pessoa sofrer de fibrilação auricular quatro horas após ter consumido a bebida. Em pessoas que ingerem um mínimo de duas bebidas alcoólicas por dia, a probabilidade aumenta ainda mais.

Através de um sensor de álcool colocado nos tornozelos dos participantes, os cientistas descobriram que cada aumento de 0,1 por cento na concentração inferida de álcool no sangue nas 12 horas anteriores estava associado a uma probabilidade aproximadamente 40 por cento maior de um episódio de fibrilação auricular.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS