PREVENÇÃO

Plataformas digitais previnem aparecimento de demência

Investigadores das universidades de Manchester e de West London, ambas no Reino Unido, descobriram que pessoas mais velhas que usam frequentemente plataformas digitais, como o Zoom, para comunicar com outras pessoas, juntamente com interações sociais tradicionais pessoalmente ou por telefone, mostraram um menor declínio na capacidade de se lembrarem eventos significativos, um sinal de uma das principais formas de demência.

Plataformas digitais previnem aparecimento de demência
DEMÊNCIA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

DEMÊNCIA

O estudo analisou os hábitos de interação social de 11 418 pessoas, homens e mulheres, com idades entre os 50 e os 90 anos, ao longo de 15 anos.

Publicadas no Journal of Gerontology, as descobertas sugerem que pessoas mais velhas que usam apenas as comunicações tradicionais, como encontros presenciais ou comunicações por telefone, experimentaram um declínio de memória mais acentuado do que os participantes que enriqueceram a sua atividade social através de plataformas online.

O estudo mostrou ainda que, quanto mais diversos os métodos de comunicação, maior o benefício para a função cognitiva a longo prazo, principalmente em idosos com perda auditiva, onde foi observado um impacto benéfico ainda maior.

Fonte: The Guardian

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS