DIETA

Dietas de jejum podem ter impacto na saúde geracional

As dietas de jejum podem ter um grande impacto na saúde das gerações futuras, de acordo com uma nova investigação realizada pela Universidade de East Anglia, nos Estados Unidos, que teve como foco a avaliação de vermes.

Dietas de jejum podem ter impacto na saúde geracional
JEJUM - Uma estratégia saudável?

DIETA E NUTRIÇÃO

JEJUM - Uma estratégia saudável?

Publicada na revista Proceedings of the Royal Society, a investigação revelou que a ingestão reduzida de alimentos em lombrigas teve um efeito prejudicial em três gerações de descendentes - particularmente quando esses descendentes tiveram acesso a alimentos ilimitados.

A equipa investigou o efeito do jejum limitado no tempo de vida e reprodução das lombrigas e em três gerações dos seus descendentes. No total, foram estudados mais de 2 500 vermes divididos em quatro gerações.

A primeira geração de vermes foi colocada em um de quatro ambientes, incluindo a possibilidade de comer o quanto quisesse e seguir uma dieta de jejum.

As quatro gerações de descendentes desses pais foram então colocadas em dietas de alimentação completa ou de jejum. A equipa avaliou os efeitos de diferentes cenários na reprodução e longevidade das gerações futuras.

Segundo os cientistas, o estudo descobriu que o jejum aumentou a expetativa de vida e também melhorou o desempenho dos filhos em termos de reprodução, quando os próprios descendentes estavam a jejuar; no entanto, o jejum também reduziu o desempenho da prole quando a prole tinha acesso a comida ilimitada.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS