HIPERTENSÃO

SPH alerta para “pandemia silenciosa”

A Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) assinala, a partir de 16 de maio, a 3ª Semana da Hipertensão tendo em conta os cuidados necessários devido à pandemia. A semana, que decorre de 16 a 24 de maio, quer sensibilizar a comunidade para o tema e alertar para a importância da prevenção e do tratamento adequado da hipertensão arterial (HTA), mais uma vez através de canais digitais para chegar a todos, em casa ou fora dela.

SPH alerta para “pandemia silenciosa”
1500 MILHÕES DE HIPERTENSOS EM 2025!?

DOENÇAS E TRATAMENTOS

1500 MILHÕES DE HIPERTENSOS EM 2025!?

As atividades online previstas passam por webinares temáticos em formato digital através de plataformas web que permitem esclarecer dúvidas, orientar na prática do exercício físico e de uma alimentação adequada.

A SPH quer desconstruir mitos relacionados com o dia-a-dia de um doente hipertenso, incentivar a atividade física regular e uma alimentação saudável com baixo teor de sal. E relembrar a importância de cumprir a toma da medicação prescrita.

Luís Bronze, presidente da SPH, refere que “a hipertensão é apropriadamente apelidada de ‘doença silenciosa’, não tem sintomas, não se manifesta e, em grande parte dos casos, só é detetada quando é ativamente avaliada. Está intrinsecamente ligada a doenças cardiovasculares graves, como o acidente vascular cerebral ou o enfarte do miocárdio – entidades clínicas prevalentes, associáveis quer a mortalidade aguda, quer a incapacidade crónica. A hipertensão arterial já é uma pandemia, a única diferença, em relação à pandemia em que atualmente vivemos, é a de que o contágio não depende de um vírus agressivo. O contágio é cultural, mas tem, como é reconhecido, dimensões virais e semelhante perigosidade”.

Durante a Semana da HTA assinala-se o Dia Mundial da Hipertensão a 17 de maio, promovido mundialmente pela World Hypertension League com o objetivo de aumentar a consciencialização sobre a HTA em toda a população no mundo. Este ano a tónica é ‘Meça sua pressão arterial, controle-a, viva mais’.

Fonte: Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH)

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS