CÉREBRO

Meditação baseada no silêncio pode fortalecer redes cerebrais

Um estudo recente, realizado em parceria pelas universidades Jaume I e La Laguna, ambas em Espanha, pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos e pelo Kings College London, no Reino Unido, revelou que a prática prolongada de meditação Sahaja Yoga, uma técnica que ensina os praticantes a alcançar um estado de silêncio mental em que os pensamentos são suprimidos ou substancialmente reduzidos, pode estar associada a um fortalecimento das redes cerebrais de atenção e de controlo executivo e uma diminuição da divagação mental.

Meditação baseada no silêncio pode fortalecer redes cerebrais
MEDITAÇÃO - Para uma vida mais Zen

SOCIEDADE E SAÚDE

MEDITAÇÃO - Para uma vida mais Zen

O estudo mostra que a prática de longo prazo da meditação Sahaja Yoga produz um aumento na conectividade funcional do cérebro, especificamente nas redes de atenção frontal e executiva em estado de repouso

Este tipo de meditação também melhorou a capacidade de desconectar de divagações mentais durante tarefas cognitivas, o que poderia traduzir-se numa melhor cognição e atenção.

O artigo foi publicado na revista Frontiers in Human Neuroscience.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS