VITAMINA D

Suplementação com vitamina D deve ser monitorizada

Atualmente, a ingestão de suplementos de vitamina D está a aumentar, pois muitas pessoas acreditam que esta vitamina pode diminuir a gravidade dos sintomas da COVID-19.

Suplementação com vitamina D deve ser monitorizada
SUPLEMENTOS ALIMENTARES

DIETA E NUTRIÇÃO

SUPLEMENTOS ALIMENTARES

O motivo prende-se com o facto desta vitamina ser conhecida por potenciar o sistema imunitário, uma vez que diminui os níveis de inflamação no corpo; ainda assim, especialistas reiteram que são necessários mais estudos para corroborar tais afirmações, pois faltam evidências suficientes para apoiar a teoria de que a suplementação com vitamina D pode ser útil na prevenção ou tratamento da COVID-19.

Ainda assim, tomar suplementos de vitamina D não é prejudicial à saúde, a não ser que seja em excesso; homens e mulheres adultos devem consumir 15 microgramas (mcg) desta vitamina por dia; já pessoas com mais de 70 anos de idade, a dose recomendada é de 20 mcg.

Em alguns casos, os profissionais de saúde prescreverão doses mais altas do suplemento para pacientes com baixo teor desta vitamina. No entanto, tomar altas doses quando os níveis estão bons não só não é necessário, como também pode ser perigoso.

Por isso, especialistas aconselham as pessoas a, antes de iniciarem um regime de suplementação, consultarem um profissional de saúde de forma a certificarem-se de que os níveis de vitamina D sejam monitorizados continuamente.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS