PANDEMIA

Falta de exercício durante confinamento aumenta mortalidade

O distanciamento social e o confinamento podem ajudar a prevenir a transmissão do novo coronavírus, mas, de acordo com um novo estudo, estas medidas preventivas podem também levar a um aumento de comportamentos não saudáveis, como a alimentação ou o sedentarismo em excesso.

Falta de exercício durante confinamento aumenta mortalidade
A MORTE

MENTE E RELACIONAMENTOS

A MORTE

Os investigadores acreditam que a redução dos níveis de atividade física observada durante os primeiros meses da pandemia pode levar a um aumento anual de mais de 11,1 milhões de novos casos de diabetes tipo 2 o que, em última instância, pode resultar em mais de 1,7 milhão de mortes.

Estas estimativas foram retiradas de um estudo realizado pela Universidade Estadual de São Paulo, no Brasil; os cientistas enfatizam que existe uma necessidade urgente de recomendar a prática de atividade física durante a pandemia.

O estudo foi publicado na revista Frontiers in Endocrinology.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS