SUBSTÂNCIA

Zinco eficaz a destruir bactérias

Cientistas internacionais descobriram que o zinco é capaz de eliminar de forma eficaz bactérias na água e noutros materiais. “A contaminação bacteriana das superfícies de uso comum e a contaminação da água potável têm sido tradicionalmente as principais vias de infeção e transmissão de doenças graves, muitas vezes levando à morte”, disse Abinash Tripathy, do Instituto de Tecnologia de Zurique, na Suíça.

Zinco eficaz a destruir bactérias

O cientista liderou um estudo que tinha como objetivo criar um material capaz de combater essa ameaça para a saúde pública. E descobriu uma solução: recorrer ao óxido de zinco.

Os cientistas submergiram o zinco metálico em água quente por 24 horas, o que fez o metal oxidar, formando uma superfície de óxido de zinco. Os investigadores observaram que essa superfície não era lisa como o metal original, mas composta por uma “malha” de nano agulhas afiadas.

Quando essa superfície foi exposta a bactérias E. coli, quase todas as bactérias cultivadas foram eliminadas.

E, quando exposta a água contaminada, a superfície de óxido de zinco eliminou todas as E. coli transmitidas pela água em três horas - mesmo as bactérias que não tocaram na placa, mostrando que o efeito não é simplesmente mecânico.

Essa desinfeção da água funciona porque o processo gera uma espécie reativa de oxigénio, que danifica as paredes celulares das bactérias. E essa espécie reativa de oxigénio, ou oxidante, espalha-se pela água, atingindo todas as bactérias.
“Essa superfície pode ser usada para desinfetar água em áreas remotas a um custo muito baixo”, afirmou Tripathy, acrescentando que “a técnica de fabrica é ecológica, simples e económica”.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS