PARKINSON

Dieta mediterrânica previne doença de Parkinson

Um estudo suíço descobriu que mulheres que adotaram a dieta mediterrânica quando tinham entre 30 e 40 anos de idade tiveram um risco muito menor de desenvolver doença de Parkinson mais tarde na vida.

Dieta mediterrânica previne doença de Parkinson

O estudo, que avaliou dados sobre os hábitos alimentares de 47 128 mulheres que já haviam participado de um estudo de longa duração sobre o estilo de vida e saúde, descobriu que aquelas que seguiram de forma mais restrita a dieta mediterrânica tiveram, de uma forma geral, um risco 46 por cento menor de desenvolver doença de Parkinson mais tarde na vida, em comparação com as suas contrapartes que não foram capazes de seguir este regime alimentar.

De acordo com cientistas do Instituto Karolinska, que reviram os resultados desta investigação, as descobertas foram ainda mais percetíveis entre mulheres com 65 anos, ou mais de idade.

Os cientistas observaram que as mulheres dessa faixa etária que aderiram a esta dieta tiveram um risco 57 por cento menor de desenvolver doença de Parkinson.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS