OBESIDADE

Aumento de peso precoce associado a menor produção de leptina

Crianças de ascendência africana correm um maior risco de desenvolver obesidade se possuírem uma variante genética que reduz a sua capacidade de produzir a hormona leptina.

Aumento de peso precoce associado a menor produção de leptina

Adultos com a variante não têm o mesmo risco, o que sugere que a leptina desempenha um papel no desenvolvimento da obesidade numa idade jovem, mas não na idade adulta.

Esta descoberta foi realizada por um estudo internacional que contou com a colaboração de cientistas da Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, da Universidade de Exeter, no Reino Unido, e da Escola de Medicina Icahn, nos Estados Unidos, que investigaram o papel da genética no controlo dos níveis de leptina.

Segundo os cientistas, os resultados sugerem que crianças pequenas podem ser particularmente sensíveis ao efeito da leptina no controlo do seu peso corporal.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS