SONO

Pessoas fisicamente ativas dormem melhor

Durante a pandemia causada pela COVID-19, investigadores da Universidade de Ciência e Tecnologia, na Noruega, conduziram uma investigação que tentou analisar quais os efeitos da prática de atividade física na saúde daqueles que a praticam.

Pessoas fisicamente ativas dormem melhor

Realizada durante o confinamento obrigatório, a investigação questionou os participantes sobre se estes haviam alterado os seus hábitos de exercícios como resultado da pandemia de COVID-19.

O objetivo destas análises iniciais foi o de mapear a saúde mental e os problemas de sono, e investigar se as mudanças nos hábitos de exercícios tinham consequências para o sono.

Os investigadores descobriram que a incidência de ansiedade e depressão foi significativamente mais baixa entre pessoas que, mesmo durante o confinamento, tentaram manter ao máximo os seus hábitos de exercício. Para além disso, a qualidade de sono também foi melhor entre esta população.

Apesar dos resultados, as descobertas não surpreenderam os cientistas, uma vez que a conexão entre a saúde física e mental está já estabelecida há algum tempo.


TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS