VACINA

COVID-19: países devem preparar-se para vacinação em massa

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC, na sigla em inglês) avisa que os países têm de começar a preparar-se já para uma campanha de “vacinação em massa”, de modo a agir com rapidez e eficácia quando forem disponibilizadas as vacinas contra o novo coronavírus.

COVID-19: países devem preparar-se para vacinação em massa

“É preciso preparar e treinar recursos humanos dedicados a uma campanha de vacinação em massa”, adverte o ECDC num relatório elaborado com o objetivo de ajudar os países a planearem o processo de administração de uma vacina que se espera que chegue dentro de pouco tempo.

Para além de profissionais de saúde, o ECDC revela que é necessária ainda logística, comunicação e gestão para que a campanha de vacinação funcione bem.

Embora ainda não tenha sido aprovada nenhuma vacina na Europa contra a COVID-19, o ECDC afirma que, quando esse momento chegar, deve haver uma “monitorização ativa e passiva de eventos adversos após a imunização”, “dados robustos e oportunos de cobertura de vacinação” e “monitorização da aceitabilidade da vacina e pesquisa comportamental”.

Tendo em conta que as doses, inicialmente disponibilizadas, não vão abranger toda a população, o ECDC sublinha ainda a importância de garantir um “acesso ético e equitativo à vacinação”.

A imunização deve, por isso, ser distribuída a alguns grupos, como pessoas dos grupos de risco, trabalhadores de setores essenciais e grupos mais vulneráveis, tendo em conta a idade e as doenças pré-existentes.

Fonte: TSF

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS