SÍNDROME

SPG lança campanha sobre Síndrome do Intestino Irritável

“Vamos falar de Sii” é o mote da campanha que a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia apresentou recentemente.

SPG lança campanha sobre Síndrome do Intestino Irritável

Os sintomas desta doença podem ser facilmente atribuídos a outras causas, o que dificulta o seu diagnóstico e tratamento. Não raramente podem mascarar outras doenças mais graves.

Apesar de afetar cerca 10% da população portuguesa, a Síndrome do Intestino Irritável (SII), não é compreendida e valorizada. Muitas pessoas não procuram ajuda médica por um lado, pela falta de informação e, por outro, pela facilidade de atribuição dos sintomas a outras doenças. A SII é a principal causa de consultas de Gastrenterologia (doenças do Aparelho Digestivo).

A campanha “Vamos falar de Sii” da SPG, com o apoio da farmacêutica Norgine, pretende sensibilizar os portugueses para esta doença incapacitante, que tem grande impacto na qualidade de vida das pessoas. Com esta iniciativa, a SPG pretende dar continuidade à sua missão de utilidade pública, de informação e formação aos cidadãos.

“Queremos informar para melhor diagnosticar e tratar, contribuindo para o conhecimento de um problema de saúde que afeta a qualidade de vida de muitos portugueses. Vamos dar a conhecer mais sobre esta situação crónica alertando para os seus sintomas para que todos possam identificá-la e tratá-la. Queremos contribuir de forma positiva para auxiliar quem sofre”, afirma o Prof. Doutor Rui Tato Marinho, presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia.

A SII é considerada a patologia mais frequente do tubo digestivo dita funcional. Os seus sintomas principais são pouco específicos. Na maioria dos casos: dor abdominal, diarreia, obstipação. Torna-se assim complexo, à partida, relacionar diretamente estes sintomas com esta síndrome. Por vezes, pode esconder e confundir-se com outras doenças mais graves.

“O impacto na vida dos doentes com SII é muito elevado. Ter, por exemplo, diarreia e cólicas abdominais no local de trabalho, ou antes de uma situação stressante como um exame ou uma prova desportiva é muito desconfortante. É, pois, importante aumentar o conhecimento existente, para que as pessoas procurem ajuda no seu médico gastrenterologista”, esclarece o presidente da SPG. Ele tem a capacidade de diagnosticar, pedir outros exames, aconselhar e tratar.

É essencial salientar que a SII é uma doença que, por se tratar de um problema intestinal, tem um certo estigma associado. Esta iniciativa tem também essa função, desmistificar, desconstruir e informar, aumentando a literacia da população sobre a Síndrome do Intestino Irritável.

Para esta campanha a SPG criou um website e uma página de Facebook, onde poderá esclarecer as suas dúvidas e encontrar informação fidedigna sobre a SII. Ao longo dos próximos meses, vão ser desenvolvidas outras iniciativas de sensibilização.

Fonte: Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG)

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS